Quais prós e contra do tratamento neoadjuvante para câncer de reto, em...

Após 1960, a radioterapia pré operatório (neoadjuvante) passou a ser utilizada por ter vantagens biológicas, podendo ser capaz de aumentar o poder de cura das lesões. A Radioterapia atua sobre o tumor: diminuindo o número de células do tumor, de células tumorais nos vasos linfáticos e adjacentes (diminuindo o tumor e melhorando a progressão da doença - "estágio"). Desta forma aumenta a sobrevida do paciente e diminui a rescidiva do tumor (retorno).
Mas existe efeitos negativos:
1. Precoces - Irritação da pele, Náuseas e vômitos e fadiga
2. Tardios - Estreitamento do reto, incontinencia urinária e intestinal, impotência sexual, etc.

De uma maneira geral, os benefícios são muito maiores do que os potenciais malefícios. Hoje a radioterapia está muito bem estabelecida em combinação com quimioterapia (5-fluorouracil na veia ou capecitabina por via oral) no tratamento neoadjuvante (ou seja, antes da cirurgia) de tumores de reto baixo e médio (aqueles que aparecem até a 10 cm da borda anal). Há importante redução do risco do tumor voltar na região, além de proporcionar maior chance do paciente não necessitar de uma colostomia definitiva.

Atenciosamente,

Olá, concordo com o colega, mas gostaria de acrescentar, que o maior benefício da radioterapia, no câncer de reto, é a possibilidade de diminuição da lesão, diminuir a disseminação tumoral e à possibilidade da preservação do reto, evitando uma cirurgia de amputação do reto (com colostomia definitiva). E dos efeitos negativos lembrar da enterite actínica. Mas certamente, seu médico irá lhe explicar tudo isso. Espero ter ajudado.
Atenciosamente.

A quimio-radioterapia neoadjuvante para o cancer de reto baixo e médio seguida de cirurgia (retossigmoidectomia) é o principal tratamento para este tipo de tumor. A intenção de fazer este tratamento antes da cirurgia é melhorar a taxa de cura, diminuindo a chance de recorrência local da doença. Além disso, no caso de o tumor ser muito próximo ao ânus, a radioterapia ajuda a diminuir o tumor e garantir uma margem de segurança para que se possa retirar o reto sem ter que retirar o canal anal (amputação do reto) que obriga a uma colostomia definitiva e aumenta o risco de complicações pós operatórias. Os efeitos desta radioterapia nestes casos são menos deletérios do que quando feitos após a cirurgia. A dose é mais baixa do que a utilizada para o câncer de próstata, por exemplo, e causa menos efeitos colaterais sobre a bexiga e os intestinos.

A radioterapia neoadjuvante está indicada nos casos de cancer de reto para permitir uma cirugia oncologica adequada , preservar o esfincter anal ( evitando a colostomia definitva - o que nem sempre é possivel) , mas principalmente reduzindo o risco de recidiva local .
Os efeitos colaterais tendem a ser manejaveis durante o tratamento e com as tecnicas mais modernas de radioterapia ( IMRt) são minimizados , os riscos de a longo prazo sao muito pequenos.

Ver as 34 perguntas sobre Câncer colorretal

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Câncer colorretal?

Nossos especialistas responderam 34 perguntas sobre Câncer colorretal.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.