Cardiomiopatias - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Cardiomiopatias

Os especialistas falam sobre a Cardiomiopatias

O termo cardiomiopatias refere-se a um grupo de doenças que afetam o músculo do coração. Elas são divididas em dilatadas (coração grande), hipertrófica (o coração não dilata, mas as paredes do coração são espessas; tem origem genética) e restritivas (quando o coração tem força para contrair, mas o relaxamento está prejudicado, como na amiloidose). O tratamento inicial dessas doenças é feito com medicamentos e, em alguns casos, procedimentos cirúrgicos podem ser feitos.
Dr. Humberto Villacorta
Dr. Humberto Villacorta Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

|

Rio de Janeiro

Tem perguntas sobre Cardiomiopatias?

Nossos especialistas responderam 12 perguntas sobre Cardiomiopatias.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Existem várias causas de "aceleramento cardíaco e fraqueza", podendo ser essas causas primárias ou secundárias. As primárias relacionam-se a alterações no próprio coração como taquiarritmias e doenças cardíacas descompensadas. Também existem causas secundárias ( extrínsecas ao coração ), sendo as mais frequentes os distúrbios da glândula tireóide e anemias. No caso você necessariamente terá que passar por uma avaliação com cardiologista, onde após exame físico detalhado ele poderá avaliar se há necessidade de exames complementares, como: eletrocardiograma, holter de ECG 24 horas ( grava as batidas do coração por 24 horas ), Ecocardiograma ( ultrassom do coração ) e exames hematológicos ( de sangue ).

  • 3
  • 5
  • 32
Dr. Benedito Edilson da Silva Ramos

Cardiologista

Londrina

A cardiomioplastia é um procedimento cirúrgico em desuso, não mais realizado para tratamento de cardiomiopatia dilatada onde o músculo grande dorsal é envolto em torno do coração e estimulado durante a sístole ventricular. Um grande estudo que avaliava pacientes submetidos a tal procedimento foi terminado precocemente pela pouca demonstração de benefícios.

  • 29
  • 15
  • 20
Fernanda Arrua Vares Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médica clínica geral

Vitoria

Não dá para responder sem antes consultar seu marido e proceder aos exames complementares.

  • 50
  • 6
  • 31
Dra. Helena Hertha Weibel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médica clínica geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Não existe uma regra quanto a recuperação ou não da função cardíaca após cardiotoxicidade por quimioterápicos. Em alguns casos existe uma melhora parcial ou total e em outros não. É muito importante o tratamento da insuficiência cardíaca para trazer boas condições em seu coração se recuperar. Caso não haja melhora da função e das alterações anatômicas, o tratamento é capaz de estagnar o problema e melhorar muito os seus sintomas. Não deixe de tomar as medicações e acompanhe sempre com seu cardiologista!

  • 92
  • 39
  • 320
Leonardo Fernando Ferrari Nogueira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 12 perguntas sobre Cardiomiopatias