Cárie Dentária - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Cárie Dentária

Informação sobre Cárie Dentária

O que é a cárie dentária?

É uma doença que destrói os dentes, tanto de adultos quanto de crianças. É uma doença que ataca os tecidos duros do dente, ou seja, o esmalte e a dentina (tecido abaixo do esmalte) e pode levar à inflamação ou infecção da polpa dentária (parte do dente, onde tem seus nervos, arteríolas e vênulas).

As bactérias normalmente presentes na alimentação  sobre os açúcares nos alimentos,  produzem enzimas e ácidos que são responsáveis ??pela cárie dentária. Portanto, desempenham um papel importante no desenvolvimento desta doença: as cáries são desenvolvidas de forma mais ampla, se a alimentação é doce, sintética, pobre em fibras e não natural.

É uma doença extremamente comum e é difundida em todo o mundo ocidental, principalmente nos países em desenvolvimento chamados desenvolvidos. Regiões geográficas onde a comida tradicional é preservada e os da "junk food" ("fast food") e bebidas açucaradas não foram implementadas ainda são muito menos afetados.

Decadência do dente afeta tanto homens quanto mulheres.

Quais são os principais sintomas?

  • A cárie de superfície não são dolorosas.
  • A dor geralmente ocorre normalmente no início, mas o limiar de sensibilidade de cada paciente pode ser muito variável.
  • Isso geralmente é pequena dor, aumentando em importância, em contacto com o frio, doces e, em seguida, calor, indicando que a deterioração no crescimento vem mais e mais sobre a polpa dental.
  • A dor pode tornar-se praticamente permanente, mas de pouca importância, ou mais ou menos agudas de acordo com os indivíduos.
  • Em alguns casos, a cárie dentária pode desenvolver-se plenamente, sem permitir que ele seja notada a destruição total ou quase total do dente, sem dor ou alarme verdadeiramente significativo.
  • No entanto, mais frequentemente como a decadência progride para o nervo do dente, a dor vai se tornar cada vez mais importante.
  • A dor geralmente é muito localizada, eo paciente geralmente localizar o dente causador, mas pode se espalhar para áreas vizinhas, por vezes, ser paciente difícil saber por que causa dor de dente.

O que pode acontecer se não for tratadas as cáries?

Cárie não tratada pode causar um abcesso dentário, embora, em princípio, seja geralmente localizado, pode se espalhar para áreas vizinhas e pode causar sérias complicações.

Não confunda com cavidades

  • Dentes muito desgastadas às vezes pode ser muito sensível ao frio. Em outros casos, o chiclete pode ter retraído expondo parte da raiz, ou pulou uma pequena parte da coroa esmalte dos dentes, e uma parte do dente normalmente cobertos pela gengiva ou o esmalte, é descoberto, tornar-se sensível às variações de temperatura. Essas dores podem às vezes ser confundido com cárie dentária, uma vez que eles são do mesmo tipo e pode ser localizado de forma muito precisa também.
  • Outras doenças da gengiva podem levar a erros de diagnóstico do paciente, mas não ao dentista. Este vai logo perceber a verdadeira causa da dor, principalmente graças à observação clínica de sinais de difícil percepção para não-especializados, como uma determinada cor ou um reflexo do dente, visível por transparência. Quando decaimento é muito grande, obviamente, existe uma cavidade significativa.

O que o dentista pode fazer?

  • O dentista  pode aliviar o paciente de imediato anestesiar a área. Proceder com a remoção de todos os tecidos cariados, quaisquer depósitos de alimentos e bactérias apresentado na área.
  • Se o risco de formação de abscessos dentários, o dentista diretrizes de tratamento antibiótico. Iniciar o tratamento com antibióticos por conta própria, sem consultar um especialista.
  • Enquanto todas as tentativas para libertar o dente de seus depósitos estrangeiros e placa, para recuperar uma superfície limpa e saudável em que para levar a cabo a reabilitação (reconstrução) do dente.
  • Em certos casos, você pode colocar uma bandagem para proteger o nervo do dente. Se a cárie está bem avançada e atinge a cavidade da polpa, o dentista irá realizar uma limpeza do mesmo e, em seguida, preenchê-lo com um material de vedação, este procedimento é conhecido como endodontia (matar o nervo).
  • Mais tarde, em uma segunda intervenção, prossiga para a reconstrução do dente. Você pode usar materiais diferentes, dependendo dos desejos do paciente e da importância da cárie original: amálgama, materiais compósitos, tais como estética, coroas de porcelana, etc.

O que pode ser feito em casa em caso de ocorrência de dor de dente ou suspeita?

  • A primeira coisa a fazer é entrar em contato o mais rapidamente possível com o seu dentista. O tratamento é indicado mais cedo, mais simples e menos dispendioso será. O dentista  pode diagnosticar a causa dos sintomas e eliminá-los completamente, ou pelo menos, de uma forma notável.
  • Enquanto aguarda o momento da consulta, o paciente deve absolutamente evitar bebidas açucaradas e de  qualquer coisa que esteja muito quente ou fria. Deve prestar atenção à higiene, escovar os dentes com água quente após cada refeição e usar fio dental para remover restos alimentares entre os dentes restantes. Se você não pode sempre escovar os dentes é uma boa alternativa mastigar chicletes sem açúcar.
  • Você pode tomar analgésicos se tiver certeza de que eles não são contra-indicados em seu caso, e em caso de dúvida consulte o seu médico ou dentista.

Possui uma dúvida concreta sobre Cárie Dentária? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Cárie Dentária

É uma doença infecciosa, causada por bactérias que aderem aos dentes, formando uma fina camada de placa bacteriana. Esta se alimenta principalmente do açúcar que ingerimos nos alimentos e produz ácidos que vão destruindo os dentes em um processo muito lento. A cárie começa com a descalcificação da estrutura dentária, caracterizada primeiro por uma mancha branca e depois por uma cavidade. Esta cavidade pode se aprofundar se a cárie não for detida, até atingir a polpa (nervo do dente), causando dor e inflamação.
Dra. Priscila Degni Westphalen
Dra. Priscila Degni Westphalen Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

São Paulo

A cárie dentária é uma doença bacteriana que afeta tanto as coroas dos dentes, quanto as raízes. Proveniente de uma má escovação, dietas com muitos açucares, xerostomia e outras doenças sistêmicas que diminuem a quantidade de saliva bucal ou afetam a formação de coroa dentária, a doença cárie é facil de ser diagnosticada e fácil de ser tratada. O tratamento envolve um prepáro cavitário para a remoção completa do tecido cariado, seguido de restauração com resina composta da coloração similar ao dente do paciente. Se a cárie nao for tratada, ela pode causar uma inflamação da polpa dental, causando muito desconforto e dor, necessitando de um tratamento de canal.
Dr. Guilherme Negreiros
Dr. Guilherme Negreiros Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Campinas

A cárie é uma doença bacteriana de ocorrência muito comum. A bactéria pode ser transmitida, porém você só terá a doença propriamente dita caso se descuide da higiene bucal.
Rodrigo Proença Nogueira

Dentista

|

São Luis

A cárie dentária por ser uma doença transmissível e infecciosa, por ter caráter multifatorial, destruir os tecidos dentários e poder causar dor é que você deve tratá-las; por isso estou aqui para lhe atender.
Dra. Eloisa Maffeis Javaroni
Dra. Eloisa Maffeis Javaroni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Ribeirão Preto

A cárie é o nome dado a doença causada pelas bactérias que vivem na nossa boca e adoram restos de alimentos. É neles que elas vão encontrar energia para seu desenvolvimento, produzindo ácidos que corroem os elementos. O resultado são dentes muito sensíveis e cavidades! Quanto maior e mais profunda for a lesão da cárie, maiores as chances de atingir a polpa (nervo) do dente e causar a necessidade do tão temido canal! Caso a cárie se instale, é necessário à remoção da mesma e em casos mais desenvolvidos, o tratamento de canal faz-se necessário, utilizando equipamentos modernos que garantem ao máximo o conforto do paciente! Busque sempre a prevenção mantendo a saúde!
Paloma Amorim de Barros
Paloma Amorim de Barros Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Cárie Dentária?

Nossos especialistas responderam 61 perguntas sobre Cárie Dentária.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Os enxaguatórios bucais são auxiliares da higiene bucal, jamais substituirão a escovação ou o fio dental. Alguns tipos podem escurecer seus dentes. Sempre busque se consultar com seu dentista. Ele saberá qual tipo de enxaguatório é o mais recomendado para o seu caso.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 10
  • 7
  • 18
Dr. Marcello Lordello Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Não causa lesão, mas com o uso do aparelho dentário é comum maior acúmulo de placa bacteriana, e com isso o surgimento de mais cáries e a progressão das já existentes. Quando temos uma cárie ativa em um dente, os outros já estão em maior risco de iniciarem uma cárie também. Ou seja, você está aumentando mais ainda o risco de ter novas cáries ou piorar bastante as que você já tem. Além disso, com o aparelho fixo montado sobre os dentes é muito mais difícil para o dentista fazer as restauraçôes corretamente, e ás vezes necessita desmontar o aparelho. Portanto o mais lógico é tratar as cáries e problemas gengivais antes de colocar o aparelho.

  • 11
  • 21
  • 27
Dr. Luiz Renato Castellano

Dentista

Curitiba

Olá, pode ser que sim, mas para esclarecer a sua dúvida, é fundamental o exame clínico e radiológico. Procure seu cirurgião dentista para melhor orientá-lo

  • 56
  • 28
  • 27
Priscilla de Lima Bovo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Ribeirão Preto

Olá, a Clorexidina que é o princípio ativo do Perigard atua controlando a formação de biofilme dental (a placa - que quando acumulada é responsável pelo desenvolvimento da cárie). Os efeitos colaterais relatados ao uso prolongado são: alteração do paladar, manchamento dos dentes, descamação e dor da mucosa (gengiva e bochecha).

  • 46
  • 34
  • 15
Dra. Viviane Lopez Blanck Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 61 perguntas sobre Cárie Dentária