Cefaléia (dor de cabeça) - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Cefaléia (dor de cabeça)

Informação sobre Cefaléia (dor de cabeça)

O que é uma enxaqueca ou dor de cabeça?

Dor de cabeça é uma dor que pode ser leve ou grave, em uma ou mais partes da cabeça e no pescoço, costas e membros superiores. As causas são múltiplas e diferentes tipos de dor de cabeça. Apesar de dolorosa, a maioria das dores de cabeça não indica uma doença grave e pode melhorar com medicamentos e / ou alterações no estilo de vida.

O que causa dores de cabeça?

Existem várias causas que podem ser divididos em duas categorias gerais:

Cefaléia tensional

Esta dor é causada pela contração dos músculos da cabeça e pescoço é a forma mais comum, cerca de 70% dos casos. Ela ocorre em ambos os sexos e todas as idades, mas é mais comum em adultos e adolescentes. Ela é acionada com eventos relacionados  isolados e transitórios, mas pode se tornar crônica em alguns pacientes. As principais causas da contração muscular são:

  • Estresse
  • Fadiga
  • Má postura
  • Dor nos olhos
  • Ingestão de álcool
  • Fumaça
  • Alterações hormonais em mulheres antes e após o período menstrual.

Enxaqueca

A enxaqueca é 20% de todas as dores de cabeça. Muitas vezes, há  necessidade da avaliação de um especialista. De uma forma simplista, pode-se dizer que a enxaqueca ocorre quando há constrição (fechamento) dos vasos sangüíneos da cabeça e pescoço, causando diminuição do fluxo sanguíneo para os vasos.

A dor pulsátil é geralmente em um lado da cabeça, vai de leve a grave associada a mal-estar, maior sensibilidade à luz e som. Elas são mais comuns em mulheres que em homens, e geralmente são crônicas. Eles identificaram alguns fatores associados com a ocorrência de enxaquecas:

  • História familiar da enxaqueca
  • Tensão muscular prolongada e estresse
  • Álcool
  • Tabagismo, de exposição ou à fumaça de cigarro
  • Falta de sono
  • O ciclo menstrual e o uso de contraceptivos em mulheres
  • Alguns alimentos como chocolate, castanhas, condimentos fermentados, aqueles que contêm tiramina (um aminoácido), tais como queijo, vinho tinto, peixe fumado, e alimentos com conservantes e adoçantes artificiais.

Quais são os sintomas da cefaléia tensional e enxaqueca?

Cefaléia tensional

  • A dor é generalizada em toda a cabeça e pescoço.
  • Pode ser na parte de trás da cabeça e pescoço e testa.
  • Acompanhada por uma sensação de aperto no pescoço.
  • É curta quando se trata de tempo.

Enxaqueca

  • Latejante, geralmente em apenas um lado da cabeça.
  • Ela pode ser leve ou grave, começa de manhã e piora em uma hora.
  • Acompanhada por outros sintomas como náuseas, vômitos e tonturas.
  • Visual apresenta como uma visão de luzes (fotopsia), corte no campo visual (escotoma).
  • Aumento da sensibilidade à luz e ao barulho.
  • A sua duração varia de minutos, horas ou mesmo um ou dois dias em alguns casos.

Quando você deve consultar o seu médico se você tem dor de cabeça de tensão?

Dores de cabeça tensionais são geralmente tratadas com analgésicos ou AINEs, com bons resultados. Elas também dão um resultado com técnicas de relaxamento e manter um bom sono. Quando a dor de cabeça se torna crônica, você deve consultar o seu médico para descartar outras causas e fazer tratamento preventivo.

Se desenvolver algum dos seguintes sintomas, é sempre melhor pedir ao conselho de um médico, de preferência um especialista (neurologista):

  • Uma dor de cabeça severa e grave, com náuseas e vômitos.
  • Cefaléia associada a distúrbios de memória persistentes e recorrentes.
  • Dificuldades na atenção e concentração e cansaço.
  • Febre com rigidez do pescoço (incapaz de dobrar o pescoço e limitação na tentativa de colocar o queixo no peito).
  • Convulsões.
  • Persistentes distúrbios visuais.
  •  Distúrbios de movimento nas pernas e nos braços.
  • Perda de sensibilidade nos braços e pernas.
  • Fadiga, apatia, dificuldades de comunicação.

Como o médico faz o diagnóstico?

A história médica completa com a história pessoal e familiar, os detalhes do estilo de vida e a dieta do paciente, que indicaria a necessidade de mais estudos.

O médico irá perguntar sobre o tipo de duração de cabeça, localização, sintomas associados, triggers e / ou circunstâncias agravantes.

Quando os testes adicionais são necessários para descartar a existência de uma lesão orgânica são executadas:

  • Tomografia cerebral (TC)
  • MRI estudos
  • Seio de raios-X
  • Biópsia da artéria temporal
  • Punção lombar

Que tipo de tratamento existe para a dor de cabeça?

É importante, se a dor de cabeça é diária, registrar a data de cada episódio para ajudar o médico. Ela deve incluir o tempo de início do tipo dor, e duração. Também é útil observar os fatores associados, tais como alimentos e bebidas consumidos, os medicamentos em uso, atividades diárias, as condições meteorológicas e, se do sexo feminino, detalhes sobre o período.

Esta revista seria bom fazer pelo menos um ou dois meses. Você pode evitar os gatilhos quando eles são identificados. Muitas vezes o médico, usando o diário, pode identificar os agravantes ou precipitar a dor.

Para cada pessoa existe um tratamento individual:

  • Analgésicos como o paracetamol
  • Anti-inflamatórios como a aspirina, ibuprofeno naproxeno, são bons a dor de cabeça alívio da dor do tipo tensional
  • Quando se trata de enxaqueca, muitas vezes requerem medicação prescrita pelo seu médico.

O tratamento melhor e mais eficaz da enxaqueca é a explicação do problema e identificar e gerenciar as causas.

Os melhores medicamentos para tratamento preventivo da enxaqueca são:

  • Beta-bloqueadores como o propranolol
  • Antidepressivos como a amitriptilina
  • Antiepiléticos como o valproato de sódio.

Para tratar o episódio agudo, não tem havido nenhuma droga ideal  alcançada ainda. Hoje, com boa resposta na enxaqueca leve, há compostos chamados triptanos, como o sumatriptano, zolmitriptano e rizatriptano, embora vários efeitos colaterais têm sido relatados.

Se você tem uma história de úlcera tipo de dor ou azia, você não deve usar aspirina ou AINEs.

Em crianças, recomenda-se cautela com estes fármacos.

Como você pode ajudar a si mesmo?

Uma vez verificada pelo seu médico, afastando as doenças do sistema nervoso, essas dicas são úteis:

  • Evite o consumo excessivo de álcool e tabaco.
  • Manter a postura adequada. O tipo de cadeira é importante e deve ser confortável, e alcançar uma boa postura.
  • Fazer técnicas de relaxamento regularmente.
  • Aproveite ao máximo o ar fresco e exercício físico regular.

Sintomas da enxaqueca podem diminuir se:

  • Descansar em um quarto com as luzes apagadas e em silêncio.
  • Evitar alimentos e bebidas que desencadeiam a dor.

Possui uma dúvida concreta sobre Cefaléia (dor de cabeça)? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Cefaléia (dor de cabeça)

A maior parte das cefaléias vistas em consultório ou é o que chamamos de cefaléia tensional ou é um dos muitos tipos de enxaqueca ou uma combinação das duas coisas. Se for isto tem solução em 99% dos casos. E tem prevenção também. Não basta tratar a crise. Se forem crises muito frequentes você fica tomando um remédio preventivo e as crises podem sequer aparecer novamente. Falo destas duas porque são as mais comuns mas evidentemente existem muitas outras causas de dor de cabeça que o médico identificará e orientará a conduta correta. Cuidado com a automedicação;paracetamol pode prejudicar o fígado e dipirona dar aplasia de medula.
Dr. Irineu Umberto Librenza
Dr. Irineu Umberto Librenza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral

|

Paranavaí

Assim como para as demais condições neurológicas que atende, avalia amplamente o paciente, buscando, a cada consulta, possíveis gatilhos para as crises de dor de cabeça, incluindo qualidade do sono, fatores alimentares, hormonais, privação de sono, dentre outros. Orienta o preenchimento do diário de cefaleia on-line no endereço www.diariosmedicos.com onde pode acompanhar em tempo real as crises de seus pacientes. Em geral, após algumas consultas com ajustes alimentares, do padrão de sono, do emprego de suplementos e medicamentos preventivos consegue controle adequado das crises, retirando aos poucos as medicações, possibilitando a alta do paciente.
Dr. Thiago de Faria Junqueira
Dr. Thiago de Faria Junqueira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Salvador

Você sabia que existem mais de 200 tipos diferentes de dores de cabeça? E que elas atingem uma grande parte da população brasileira? Você sabia que não existe “dor de cabeça normal”? Pois é, algumas dores de cabeça são mais comuns, como a enxaqueca e a cefaleia do tipo tensional, mas cada uma tem sua particularidade e respectivos tratamentos. Procure já seu neurologista!
Dr. Gutemberg Augusto Cruz dos Santos
Dr. Gutemberg Augusto Cruz dos Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Rio de Janeiro

Enxaqueca comum deve sempre ser tratada, pois afeta a qualidade de vida na época mais produtiva da vida. Afeta mais as mulheres do que os homens, iniciando muitas vezes após a primeira menstruação. Cerca de 10% da população em todo o mundo tem enxaqueca comum. Enxaqueca é uma doença neurológica genética, podendo ser herdado dos pais. Existe um núcleo no cérebro chamado núcleo trigeminal que é responsável por gerar a crise de enxaqueca. Ocorre uma dilatação das artérias cerebrais e os nervos que recebem as informações destas artérias ficam inflamadas. Por isso paciente sente dor latejante ou pulsátil, com a sensação que o coração estivesse batendo na cabeça.
Dr. Marcio Rafael de Araujo Siega
Dr. Marcio Rafael de Araujo Siega Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Brasília

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cefaléia, existem mais de 150 tipos de dores de cabeça. A abordagem consiste de entrevista em consulta médica para compreender o padrão da "dor de cabeça" que pode ser mista (ter mais de 1 tipo). Exames complementares podem ser solicitados. Enfatizo que a consulta é importante pois utilizo de questionários clínicos, protocolos e o método de abordagem centrada no paciente. Dependendo do quadro clínico, outras abordagens podem ser necessárias, principalmente quando o manejo da dor exigir tratamento de manutenção e/ou abortar crises de dor.
Gustavo Camargo Silverio

Médico clínico geral, Médico de família

|

Belo Horizonte

Ver mais

Tem perguntas sobre Cefaléia (dor de cabeça)?

Nossos especialistas responderam 104 perguntas sobre Cefaléia (dor de cabeça).

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

O ideal é ir a uma consulta médica e avaliar a causa dessa cefaléia (dor de cabeça) e aí sim tratar a causa.

  • 27
  • 30
  • 25
Dra. Paula Stockler

Terapeuta complementar

Rio de Janeiro

Oxigenio é muito bom para cefaléia em salvas. Alguns paciente tem O2 em casa para isso. Para os outros tipos de dor de cabeça não é eficaz

  • 95
  • 46
  • 313
Dr. Glauber de Menezes Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Fortaleza

Marcar consulta

Olá. Alterações de forma nas tonsilas cerebelares nada têm a ver com dor de cabeça. Faça-o consultar um verdadeiro especialista, daqueles como eu que fazem consultas demoradas, de 1 hora na primeira vez e que não se vendem para os convênios medíocres e para a indústria farmacêutica. Tenho certeza que ele receberá o diagnóstico correto e o tratamento eficaz. Não se faz diagnóstico de dor de cabeça com tomografia e sim com anamnese detalhada!

  • 63
  • 15
  • 39
Dr. Abouch Valenty Krymchantowski Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Olá! Parece que seu caso indica uma avaliação mais detalhada. A dor tem causas multifatoriais e vários gatilhos da dor podem ser descobertos e tratados. Certamente profissionais com especialização em dor podem acrescentar no tratamento.

  • 248
  • 48
  • 127
Sarah Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 104 perguntas sobre Cefaléia (dor de cabeça)