Cistos Ovarianos - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Cistos Ovarianos

Informação sobre Cistos Ovarianos

O que são cistos ovarianos?

Os ovários são as estruturas responsáveis ??pela produção dos hormônios femininos.

Cistos ovarianos são tumores benignos que podem se formar como uma variação patológica de um processo normal, como é a ovulação mensal da mulher.

O tamanho dos cistos pode variar de  milímetros até atingir oito centímetros, mas estima-se que, em média, são cerca de dois centímetros.

Geralmente têm paredes finas e são regulares, e no interior não há conteúdo sólido.

Quais são os sintomas de cistos ovarianos?

A maioria dos cistos ovarianos não produzem sintomas e são diagnosticadas por acaso em um exame ginecológico. No entanto, eles podem se apresentar como uma massa pélvica ou mudanças na regra, ou como uma ruptura da parede do cisto ou como hemorragia intra-abdominal (dentro da cavidade abdominal), demonstrando, em último caso dor abdominal e mal-estar.

Além disso, um sintoma precoce da dor genital pode ser experimentado após a relação sexual.

Como são diagnosticados cistos ovarianos?

Os poucos sintomas  são insuficientes para o ginecologista fazer um diagnóstico preciso sem ter que usar técnicas adicionais, tais como ultra-som ginecológico, acompanhado por uma análise aprofundada pélvica.

E sobre o tratamento de cistos ovarianos?

Vigilância em primeiro lugar, porque a maioria deles desaparece na próximas semanas por conta própria. Então, quando o ginecologista diz que a mulher tem um cisto ovariano, deve fazer ultra-som repetidas vezes (três ou quatro meses) para avaliar a evolução. Outras vezes, pode ser necessário a administração de contraceptivos orais (pílula) para acelerar o processo de desaparecimento do cisto.

O sucesso do tratamento depende do tamanho e número de quistes.La necessidade de implementar um tratamento é em conexão com a história apresentada pelo paciente.

É necessária a cirurgia de cistos ovarianos?

Como mencionado acima, se a parede de cistos ovarianos se romper, por ser muito fina,  ou sangrar intracísticamente (interior), resultando em dor abdominal aguda e intensa, requer cirurgia imediata.

Às vezes, quando, apesar de usar o tratamento correto dos cistos não eles não desaparecerem, e o desconforto continuar, deve ser considerada a opção de excisão cirúrgica do cisto, ou seja, a remoção do cisto, como método resolvente.

Finalmente, no caso de dúvida sobre o cisto benigno, o melhor é direcionar a análise de um ponto de vista patológico, isto é, estudo microscópico de cisto de ovário.

E se um ovário é removido?

O ideal é sempre a remoção do cisto, sem afetar a anatomia do ovário que o desenvolveu, mas às vezes essa tarefa é impossível, e o ginecologista tem a necessidade de remover o ovário. Nesta situação, e enquanto o outro ovário for saudável, a mulher vai manter o mesmo status hormonal e capacidade reprodutiva que tinha antes da cirurgia.

Possui uma dúvida concreta sobre Cistos Ovarianos? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Cistos Ovarianos

Os cistos ovarianos são patologias normalmente benigna. Ocorre o aumento do ovário, devido ao acúmulo de líquido no seu interior. Na maioria das vezes é uma resposta fisiológica, não sendo necessária a cirurgia. Quando o cisto é grande, isto é, maior que 7cm, podemos ter que intervir cirurgicamente, pela videolaparoscopia. Cistos menores podem ser tratados com pílula anticoncepcional. Cistos maiores que 10cm podem torcer ou romper, o que indicaria uma cirurgia de emergência, pois a paciente irá apresentar uma dor abdominal intensa. Sempre tentamos preservar o ovário e retirar somente o cisto, pois esse é um órgão nobre, apesar de existirem dois ovários.
Dra. Michelly Azevedo Da Motta
Dra. Michelly Azevedo Da Motta Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

Cistos ovarianos são bolinhas preenchidas por fluido identificadas nos ovários. Várias podem ser as causas, como: - Fisiológico (normal do corpo): cisto simples / ovulatório - Cisto dermóide / teratoma: alguns contém gordura, cabelos ou dentes. Devem ser retirados. - Síndrome de ovários policísticos: os ovários produzem vários pequenos cistos mensalmente devido a um eixo hormonal alterado. Não é necessário cirurgia, mas uso prolongado de medicamentos pode ser necessário. - Endometriose: pode causar cólica intensa, dor nas relações sexuais ou dificuldade para engravidar. - Câncer: ocorre em 1% dos cistos de ovário, principalmente em mulheres idosas ou com história familiar da doença.
Dra. Paula Guastaferro Magalhães
Dra. Paula Guastaferro Magalhães Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Belo Horizonte

Cisto é uma bolsa cheia de líquido que se forma dentro ou ao redor do ovário, podendo provocar dor na região pélvica, atraso na menstruação ou até mesmo dificuldade para engravidar. Tipos: Cisto folicular: forma-se quando não há ovulação ou quando o óvulo não sai do ovário durante o período fértil. Geralmente, não apresenta sintomas e não necessita de tratamento; Cisto de corpo lúteo: pode surgir após a liberação do óvulo e, normalmente, desaparece sem tratamento; Cisto hemorrágico: acontece quando há sangramento na parede do cisto para o seu interior, podendo causar dor pélvica; Cisto dermoide: também chamado de teratoma, o tratamento é cirúrgico E outros...
Dra. Viviane Ferreira Ferling
Dra. Viviane Ferreira Ferling Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São José dos Campos

A ocorrência de cisto no ovário, ou síndrome dos ovários policísticos (SOP), é uma patologia causada por uma alteração na produção dos hormônios sexuais femininos onde ocorre um quadro de aumento dos androgênios (hormônio masculino), levando assim a sinais de hiperandrogenismo. Entre eles: acne, queda cabelos, aumento dos pelos (hirsutismo), a alterações no ciclo menstrual com tendência a atraso/ausência da menstruação (amenorreia). Ocorre também a ausência de ovulação (anovulação) causando dificuldade para engravidar (infertilidade), maior frequência de obesidade. Como característica principal, pequenos múltiplos cistos nos ovários com aumento do volume ovariano (ovários polimicrocisticos).
Dr. Roberto Buenfil de Faria
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Existem diversos tipos de cistos ovarianos. O mais comum deles é o cisto funcional, que também possuem dois tipos distintos: os foliculares e os lúteos.Os outros tipos de cistos existentes não estão relacionados ao ciclo menstrual e são bem menos comuns. São os casos dos cistos dermoide, cistadenoma.O tratamento depende muito da idade da paciente, dos sintomas do tamanho e do tipo do cisto. Muitas vezes, o cisto desaparece por conta própria, dispensando a tratamento. Isso pode demorar alguns meses. Para ter controle que o cisto se foi completamente, o médico poderá pedir ultrassons e exames pélvicos periódicos.
Dr. Fabio Leal
Dr. Fabio Leal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Vitoria

Ver mais

Tem perguntas sobre Cistos Ovarianos?

Nossos especialistas responderam 114 perguntas sobre Cistos Ovarianos.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá.. a maioria dos cistos de conteúdo anecóico são cistos simples, a ausência de vascularização é um componente importante de benignidade.. sugiro conversar com seu médico, sobre a necessidade cirúrgica ou acompanhamento clinico! á disposição

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 112
  • 23
  • 3100
Dr. Thiago do Carmo Araujo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Olá. O cisto anecoico tem baixo critério de malignidade. No entanto, outros critérios deverão ser avaliados como fluxo ao doppler, presença de septos, espessura de septos e cápsula, presença de aceite. A presença de ecos no interior pode sugerir um endometrioma. Unicamente pelo tamanho 0não se indica cirurgia. Se você tem dor pelvixa

  • 2055
  • 1122
  • 1188
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Olá. O mioma é um tumor benigno do útero muito frequente, presente em 40 a 80% das mulheres, com risco de malignidade muito baixo. Apenas 20% das mulheres com miomas terão algum sintoma como sangramento uterino anormal, dor pélvica, dor nas relações, cólicas menstruais e infertilidade. O seu mioma por ser muito pequeno e estar situado dentro do músculo do útero (intramural) não deve dificultar a gravidez ou reduzir sua fertilidade. O cisto no ovário descrito por você tem características benignas e deve não dificultar a gravidez ou reduzir sua fertilidade. A sua avaliação clínica através da sua história clínica e exame físico é importante na liberação para uma futura gravidez. Existem outros fatores mais importantes que podem dificultar a gravidez. Agende uma consulta com o seu médico. Lembre de iniciar o ácido fólico antes das tentativas de gravidez.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 2055
  • 1122
  • 1188
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Olá. Pela sua descrição é um cisto de pequenas dimensões e de características benignas. Tem grande chance de desaparecer sem nenhum tratamento. A cirurgia não é necessária. Os anticoncepcionais não irão ajudar no tratamento. Não irá dificultar a sua gravidez, não reduz a sua fertilidade, não provoca nenhum dano ao seu futuro filho. A sua avaliação clínica através das sua história, queixas e exame físico também é importante. Converse com o seu médico. Se desejar engravidar em breve, lembre de iniciar o ácido fólico.

  • 2055
  • 1122
  • 1188
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 114 perguntas sobre Cistos Ovarianos