Comportamentos de risco - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Comportamentos de risco

Os especialistas falam sobre a Comportamentos de risco

Todo comportamento que causa dano físico imediato, ou a longo prazo, pode ser considerado comportamento de risco. O abuso de álcool e drogas ilícitas ou não, práticas sexuais sem proteção, ou perigosa de alguma forma, comportamento agressivo, automutilação, entre outros, podem ser considerados comportamento de risco. É necessário identificar a causa e tratamento do comportamento, com auxilio do acompanhamento psicológico, pois tais manifestações afetam a integridade física e emocional do paciente, assim como daqueles que estão a sua volta.
Michely Freitas

Psicanalista, Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Em saúde mental, comportamentos de risco são comportamentos que colocam em risco a própria saúde e vida ou de pessoas próximas. São considerados comportamentos de risco, automutilação, uso abusivo de álcool ou outras drogas, comportamento agressivo (causando inclusive problemas com a polícia ou com a Lei), praticas sexuais sem proteção, tentativas de suicídio. Quando estes comportamentos são decorrência de um sofrimento mental é necessário acolher e cuidar dessa pessoa, a fim de diminuir seu sofrimento e ajudá-la a superar suas dificuldades sem se envolver em situações que comprometam a própria integridade física e emocional.
Clarice Lopes Gentilli
Clarice Lopes Gentilli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

São Paulo

São considerados de risco os comportamentos que podem ter efeitos adversos sobre o desenvolvimento físico e psíquico do individuo que o pratica. Estes comportamentos podem então causar dano físico imediato ou efeitos danosos mais discretos e silenciosos. Estes comportamentos são comuns em adolescentes e jovens adultos e muitas vezes são considerados "típicos" a faixa etária, encarados com certa banalidade, como comportamento sexual de risco, abuso de substancias, envolvimentos em brigas, entre outros. É importante se atentar a estas manifestações que se tornam quase que endêmicas, afinal não afetam somente quem produz o comportamento, mas todos que estão ao redor, como o caso do suicídio.
Mariana Pavani

Psicanalista, Psicóloga

|

Campinas

Comportamento de risco se classifica como toda ação que coloca em algum grau a vida do sujeito em risco, tanto no quesito fisico quanto psicológico. Muitas vezes essas ações podem começar como um caráter exploratório, assim como por influência do meio.
Milena Cabral
Milena Cabral Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Salvador

Ver mais

Tem perguntas sobre Comportamentos de risco?

Nossos especialistas responderam 5 perguntas sobre Comportamentos de risco.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá Dentro desse contexto os riscos se tornam mais relevantes quando uma das pessoas tem alguma doença transmissível. Quando o sexo oral é feito estando ambos os envolvidos sem algum tipo de ferimento no órgão genital e boca, é menos provável que exista a transmissão de alguma doença, como o HIV, por exemplo. Mas quando existe uma porta de entrada como essas que você falou, aumentam muito as possibilidade de alguma transmissão. É recomendável evitar quando se constava ferimentos que possam permitir um contato mais severo entre os fluidos corporais. Se o pênis fica lesionado quando recebido o sexo oral nessas condições, pode ser perigoso.

  • 70
  • 106
  • 83
Leandro Winter

Psicanalista, Psicólogo

Curitiba

Olá. Se você estava usando o anticoncepcional oral adequadamente todos os dias e sempre no mesmo horário, e se você reiniciou a injeção trimestral de forma adequada e conforme a orientação do seu médico, você já estará protegida a partir do primeiro dia do uso da injeção. Fique tranquila que não corre risco de gravidez devido a troca do anticoncepcional. É um mito ter que aguardar um mês ou mais para que o anticoncepcional tenha o seu efeito, desde que você faça o uso correto da medicação. Não existe método 100% eficaz. O risco de falha da injeção trimestral é de 3 gravidezes a cada 1000 mulheres por ano (risco de 0,3%) Nunca incie um anticoncepcional sem a ajuda do seu médico. Nem todas as mulheres podem usar qualquer método. Essas medicações estão associadas a efeitos colaterais e adversos graves. Converse com o seu médico.

  • 5030
  • 2186
  • 3654
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Sugiro que procure o auxílio de um médico infectologista ou ligue direto no HEMOMINAS para se informar. Abraços.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 15
  • 8
  • 8
Alessandra Madeira de Andrade Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicopedagoga

Belo Horizonte

Olá. O risco de falha do anticoncepcional trimestral é de 3 gravidezes a cada 1000 mulheres por ano (risco de 0,3%). Se você iniciou a injeção a partir do primeiro dia menstruação e fizer uma nova dose de 3 em 3 meses, você estará protegida a partir do primeiro dia da injeção. Pode ficar tranquila. Converse com o seu médico.

  • 5030
  • 2186
  • 3654
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 5 perguntas sobre Comportamentos de risco