Compulsão alimentar - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Compulsão alimentar

Os especialistas falam sobre a Compulsão alimentar

Trato compulsão alimentar, uma das principais causas de obesidade, de forma segura, efetiva e duradouro , através de tratamentos modernos e inovadores.
Dra. Christina de Almeida
Dra. Christina de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Curitiba

Compulsão alimentar é um transtorno alimentar caracterizado pela ingestão de alimentos em grande quantidade e sem controle. A pessoa com compulsão alimentar nem sempre está com fome ou sem se alimentar por muito tempo, a consequência disso é o aumento de peso que pode ser prejudicial à saúde. As causas principais desse transtorno são fatores genéticos, sociais e culturais, como depressão, ansiedade, valorização de um padrão estético corporal idealizado etc. O tratamento baseia-se em acompanhamento psicológico, psiquiátrico e nutricional.
Sueli Cabral Midlej
Sueli Cabral Midlej Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Salvador

Para o tratamento de compulsão alimentar as sessões são realizadas para diagnosticar quais são as emoções, situações e comportamentos voltados a compulsão alimentar, fazendo com que o paciente reflita sobre a sua alimentação e lide com seus problemas reais e não o abuso da comida. A prática da hipnose também é realizada para auxiliar no tratamento.
Jéssica Moura Piovan
Jéssica Moura Piovan Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São Paulo

É um dos distúrbios alimentares mais comuns, onde a pessoa perde o controle sobre o consumo de alimentos, normalmente ela vem acompanha de culpa, vergonha e angústia em frente à situação, são sentimentos que podem levar à uma compulsão excessiva. É comum os pacientes geralmente terem sobrepeso ou obesidade.
Karla Cardozo da Conceição
Karla Cardozo da Conceição Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Vila Velha

É comum ter uma relação emocional com os alimentos e isso facilita o comer exagerado Uma das maiores dificuldades de quem quer emagrecer é controlar o desejo por comida e saber se alimentar de forma equilibrada. Ao cuidar da sua mente, automaticamente você estará também cuidando da saúde do seu corpo. Tudo está interligado Os pontos emocionais ligados aos distúrbios alimentares mais comuns são: ansiedade, compulsão, depressão e/ou fatores psicológicos negativos. Quem sofre com essas questões psicológicas, às vezes, acaba por descontar na comida e comer em excesso.Muitas pessoas buscam na comida a recompensa , o prazer, o bem-estar. Dessa forma, é difícil conseguir o autocontrole.
Adriana Santos
Adriana Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Osasco

Ver mais

Tem perguntas sobre Compulsão alimentar?

Nossos especialistas responderam 13 perguntas sobre Compulsão alimentar.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Recomendo um tratamento de abordagem psicanalítica, que possibilitará uma investigação profunda das causas desse comportamento recorrente. As compulsões podem estar relacionadas às memórias infantis e dificuldades em lidar com frustrações e exigências do mundo adulto levando à busca de satisfação imediata.

  • 3
  • 5
  • 5
Mônica Nogari Damaceno

Psicanalista, Psicóloga

O tratamento para compulsão alimentar, deve envolver também o tratamento com Nutricionista para desenvolvimento de atividades de educação nutricional e equilíbrio nutricional em conjunto com a terapia psicológica/psiquiátrica.

  • 51
  • 53
  • 88
Dra. Juliana Vidal Vieira Guerra

Nutricionista

Niterói

O vazio, como dói não é? A fumaça do cigarro que preenche ou a comida não dão conta, parece que este vazio sempre quer mais... e mais... Não acha que é hora de procurar algum profissional psi para falar deste vazio que tanto deseja ser preenchido? Posso lhe garantir que valerá a pena e que o processo de falar de si mesma pode ser de grande ajuda. No caso dos medicamentos que lhe fazem sentir mal, que tal procurar algo diferente como um homeopata? Não desanime, há saídas que você mesma poderá criar em um processo de análise.

  • 31
  • 41
  • 19
Hudson Augusto Rodrigues Bonomo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Olá! A compulsão alimentar é de ordem psicológica, que afeta como sintoma o corpo e o metabolismo. Assim como a ansiedade. Ambas, principalmente juntas, dificultam o processo de manutenção de peso ou emagrecimento. Mas o tratamento deve ser concomitante com psicólogo, nutricionista, endocrinologista e atividades físicas. O endocrino auxilia com a parte de medicações, o nutricionista com a orientação alimentar (que faz muita diferença) e o psicólogo faz um trabalho que ajudará a vencer a compulsão. Compulsão é um fator emocional que pode ser de diversas ordens, como bebida, comida, drogas, sexo, entre outras. No caso da compulsão alimentar é difícil perceber, pois não lida com nada ilícito. Mas é bastante sofrido, pois é algo muito acessível. Sugiro que procure um psicólogo da sua confiança e comece a se cuidar emocionalmente, pois o corpo é um só e todas as áreas se interligam! Boa sorte!

  • 58
  • 55
  • 160
Dra. Fabiana Fuchs Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 13 perguntas sobre Compulsão alimentar