Conjuntivite Alérgica - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Conjuntivite Alérgica

Os especialistas falam sobre a Conjuntivite Alérgica

A Conjuntivite Alérgica apresenta fotofobia, lacrimejamento, prurido (coceira) e dor ocular. Em 80% dos casos está associada à Rinite Alérgica, portanto, têm que tratar as duas doenças! O prurido ocular pode levar ao Ceratocone, deformidade na Córnea irreversível!
Orlei Kantor Junior - MD
Orlei Kantor Junior - MD Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

|

Curitiba

Existem certas épocas do ano em que observamos uma ocorrência maior de quadros de conjuntivite alérgica. Seja em crianças ou adultos. A época mais propicia a tal é entre o inverno e o final da primavera, principalmente em climas subtropicais como o nosso! O tratamento atual é eficaz com os colírios adequados e relativamente simples. Consulte - nos para maiores orientações.
Dr. Gustavo Martins Baptista de Deus
Dr. Gustavo Martins Baptista de Deus Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Curitiba

A Conjuntivite alérgica é importante ser diagnosticada e tratada, pois pode levar a cegueira e alteração da corneá chamada ceratocone, pelo ato de coçar. O tratamento consiste em usar colírios, e imunoterapia (vacinas) quando não responde ao tratamento com medicamentos e retirar o alérgeno do local, como poeira (ácaros), pelos de animais etc. O diagnóstico é realizado com o teste cutâneo ou IgE especifica colhido no sangue.
Dra. Elisangela Lemos da Costa
Dra. Elisangela Lemos da Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Alergista, Pediatra

|

Barueri

A conjuntivite é uma inflamação na conjuntiva dos olhos. Podendo ser de origem viral, bacteriana, irritativa e/ ou alérgica. Em geral, qdo o paciente apresenta um quadro repetitivo de conjuntivite associado à rinite, essa conjuntivite é causada por ácaros e poeira. É importante o tratamento correto dessa doença pois a inflamação crônica ds olhos pode causar sequelas ao longo dos anos (ceratocone) levando a alteração da visão.
Dra. Pilar Blanco

Alergista, Pediatra

|

São Paulo

Tratar coceira nos olhos, vermelhidão nos olhos, lacrimejamento, inchaço nos olhos.
Dra. Karla Vianna de Souza

Alergista

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Conjuntivite Alérgica?

Nossos especialistas responderam 22 perguntas sobre Conjuntivite Alérgica.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Além do acompanhamento com o médico alergista e das precauções com relação aos fatores ambientais, procure um oftalmologista, de preferência um especialista em córnea/segmento anterior ou um oftalmopediatra. O simples fato de coçar os olhos pode causar deformidades na córnea e existem medicações específicas que amenizam esses sintomas.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 6
  • 2
  • 17
Dra. Lorena Grangeiro de Melo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Juazeiro Do Norte

Carissimo, procure um Médico Alergista e peça uma Bateria de Testes de Inalantes. Com o laudo médico nas mãos faça a Imunoterapia Específica Para os alérgenos positivos. O tratamento é longo. Entre 3 a 5 anos. Geralmente com muito sucesso. Siga as orientações médicas do colega e que sua mãe tenha uma excelente qualidade de vida . Saúde.

  • 572
  • 127
  • 417
Dr. Isaac Aisenberg Ferenhof Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Alergista

Florianópolis

Sim, o tracolimus é um inibidor da cascata de eventos alérgicos e bastante seguro para uso preventivo a longo prazo evitando a reação alérgica

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 292
  • 88
  • 688
Dr. Ataualpa Pereira dos Reis

Alergista, Pneumologista

Belo Horizonte

Boa tarde. Intolerância à lactose é um quadro não relacionado com mecanismos alérgicos, mas sim com deficiência na enzima (lactase) que quebra o açúcar presente no leite (lactose). Os sintomas relacionados ao quadro são de origem gastrointestinal (diarreia, distensão abdominal, cólicas) e não têm relação com conjuntivite alérgica. As principais substâncias relacionadas com a conjuntivite alérgica são os aeroalergenos (ácaro da poeira, pelo de animais, proteínas da barata... etc). A disposição

  • 86
  • 67
  • 339
Dr. Alex Lacerda Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Alergista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 22 perguntas sobre Conjuntivite Alérgica