Constipação em bebês - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Constipação em bebês

Informação sobre Constipação em bebês

O que é constipação em lactentes?

Obstipação é uma alteração patológica na diminuição da freqüência de evacuações que tornam-se mais sólidas e rígidas. Quando a criança tem necessidade de evacuar e não pode fazer, ela sente dor e pode até ter medo de defecar.

Como é a constipação em crianças?

O bebê amamentado raramente tem prisão de ventre, pois o leite materno é de fácil digestão e promove a maturação intestinal pelo crescimento de bactérias intestinais benéficas para a defecação. No intestino grosso de crianças estas bactérias garantem a retenção de água, de modo que amolecem as fezes, facilitando os movimentos intestinais.

A composição do leite materno muda quando seu filho cresce, de modo que suas necessidades são cobertas em todos os momentos.

usando a mamadeira mais crianças sofrem de constipação, devido à maior dificuldade de digerir o leite adaptado. Os bebês alimentados com mamadeira têm geralmente menos peristaltismo do que aqueles criados em substitutos do leite. Suas fezes são mais grossas e têm uma cor esverdeada de forma diferente.

O recém-nascido (0-3 meses de idade)

A freqüência em evacuar de recém-nascido normal varia de uma a várias vezes ao dia. Um laxante deve ser administrado apenas antes do início de desconforto entre os intervalos de tempo sem fezes. Até dois ou três meses, a criança muitas vezes têm evacuações freqüentes, que têm normalmente de cor amarela, sendo usual a ter lugar depois de cada tiro.

A criança entre 4 e 6 meses

Quando a criança começa a ingerir alimentos sólidos ou de transição, a frequência das fezes, a aparência e consistência dependem do tipo de alimentação recebida. As fezes irão tomar a aparência normal em consistência e cheiro. A freqüência de evacuações varia, variando de um a várias vezes ao dia, até mesmo uma vez a cada dois dias. Enquanto a criança tem fezes soltas e sem desconforto, mas passa um par de dias sem evacuar não deve ser considerada ainda prisão de ventre.

No entanto, para atingir este estágio, alguns bebês podem ter prisão de ventre leve. Isto é devido à necessidade de os intestinos se acostumarem com a nova composição de nutrientes. Ao longo do tempo, como sua dieta inclui uma proporção maior de alimentos sólidos, prisão de ventre pode ser causada por umidade insuficiente (não beber água o suficiente).

O círculo vicioso

Quando a criança tem prisão de ventre pela primeira vez, pode iniciar um círculo vicioso.

As fezes acumuladas no intestino são mais rígidas, o que irá causar dor e desconforto. Ao redor do ânus podem aparecer fissuras que sangram, que aumentam a dor. Para evitar a dor, a criança começará a inconscientemente segurar suas fezes.

Assim, mais tempo permanece fezes no intestino grosso. O corpo irá absorver tanta água nas fezes, tornando-os ainda mais difícil, e este processo irá prolongar a prisão de ventre.

As cólicas em criança com constipação freqüente ocorre por causa da grande quantidade de fezes no intestino que causam a dilatação destes. Às vezes a criança não quer comer e pode até sofrer algumas náuseas.

O que os pais podem fazer para aliviar a constipação do seu filho?

  • Massagem no abdômen da criança: a partir de massagem suave do umbigo e ir em círculos para fora na direção dos ponteiros do relógio. Um óleo ou creme em seus dedos torna isso mais fácil. Continue a massagem apenas se a criança gosta e sente-se confortável e relaxado.
  • Deitado de costas, segure as pernas e faça  suavemente movimentos circulares e rápido. Isso estimula o movimento dos músculos do abdômen e, aliás, ele exerce uma leve pressão sobre os intestinos para induzir movimento.
  • Com o bebê um banho quente irá relaxar e fezes passam mais facilmente. Uma vez que você está relaxado no banheiro, você pode receber uma massagem no estômago, como descrito acima.
  • Ao lavar o bebê, deve aplicar um pouco de vaselina ao redor do ânus.
  • Se você tem um grave desconforto também pode ser administrado supositórios de glicerina, que lubrificam e estimular a defecação.
  • Sem termômetros ou outros objetos entrar no ânus para estimular os movimentos intestinais, pois pode machucar.
  • Se o bebê é alimentado com fórmulas adaptadas, é importante ler atentamente as instruções ea dose especificado na embalagem. As instruções devem ser seguidas com cuidado, pois uma overdose pode causar prisão de ventre e outros problemas de saúde. Às vezes, a constipação é resolvido através da diluição do leite com um pouco de água.
  • No mercado existem várias marcas de fórmulas adaptadas, a qualidade apenas diferente. É importante usar sempre a mesma marca. Como fluidos suplementar, a criança pode beber água fervida em uma garrafa.
  • Quando a criança atinge 4-6 meses de idade, sua dieta pode aumentar mais frutas e purês de legumes. Eles são ricos em fibras ajuda a prevenir a constipação.
  • Como temos o alimento laxante laranja, alface, espinafre, lentilha, aveia e fibras de cereais e tomar uma boa quantidade de água.
  • Como os alimentos que causam a constipação, fezes mais difícil que causam, temos bananas, maçãs descascadas, batata, cenoura e arroz, principalmente. Estes alimentos são exibidos como um guia, para cada criança reage de forma diferente para cada alimento.

E se a constipação continuar ?

Se as recomendações e sugestões não forem suficientes, você deve consultar o seu médico para tratamento da constipação crônica com laxantes especiais (parafina ou lactulose, por exemplo), é aconselhável manter várias semanas até que a criança evacue espontaneamente, com uma freqüência e consistência adequadas, e sem muita dor.

Outras causas de constipação em lactentes

  • A causa mais comum de constipação em crianças é muitas vezes uma falta de desenvolvimento intestinal, que amadurece com a idade.
  • Pode ser motivada pela ingestão de alimentos, que podem ter um alto teor de gordura.
  • Uma dieta ou ingestão inadequada de líquidos.
  • Por fissuras anais.

Em alguns casos, a constipação pode ser sintoma de doenças mais graves encobertas.

Quando a criança não está ganhando peso ou mostra qualquer outro sintoma incomum, você deve consultar o seu médico.

Possui uma dúvida concreta sobre Constipação em bebês? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Constipação em bebês

Este é um problema bastante comum aos bebês e com acompanhamento adequado, feito em meu consultório, podemos melhorar este quadro rapidamente. Na maioria das vezes algumas medidas, sem uso de medicamento, são o suficiente para o bebê não sofrer mais com esta condição. Na consulta vou precisar que me conte toda a rotina e alimentação, além de realizar um exame clínico minucioso.
Dra. Thalita Feitosa Costa

Pediatra

|

São Paulo

Tem perguntas sobre Constipação em bebês?

Nossos especialistas responderam 37 perguntas sobre Constipação em bebês.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Dificilmente casos de alergia levam à constipação intestinal. A maioria dos caso é decorrente de uma alimentação pobre em água e fibras. Independente disto, deverá ser sempre avaliado por um pediatra.

  • 201
  • 83
  • 207
Dr. Thiago Santos Hirose Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrico

Ribeirão Preto

Marcar consulta

A alimentação correta é o melhor tratamento para a constipação. Mas é necessária uma avaliação da dieta e do hábito intestinal, atuais e progressos da criança, para chegarmos a uma conclusão sobre o tratamento.

  • 5
  • 13
  • 0
Dra. Denise Uesugui Santana

Pediatra

São Paulo

Como a criança está internada a senhora deve conversar com o medico assistente, perguntando da necessidade de indicar um especialista. Espero ter ajudado

  • 135
  • 41
  • 70
Dra. Maria da Gloria de Alencar Araripe Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

Belo Horizonte

Marcar consulta

Realmente isso é comum acontecer. A maior parte do leite materno que consome ele utiliza para ganhar peso e quase não sobra para a formação das fezes. Se houver mais algum outro sintoma procure um pediatra.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 28
  • 22
  • 26
Dra. Renata de Castro Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

Manaus

Marcar consulta

Ver as 37 perguntas sobre Constipação em bebês