Coronariopatia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Coronariopatia

Os especialistas falam sobre a Coronariopatia

Coronariopatia ou doença das coronárias é uma condição que atinge principalmente as paredes das artérias que nutrem o coração, formando placas que obstruem a passagem de sangue podendo até interromper este fluxo, ocasionando sofrimento, ou perda do tecido se não for revertida em tempo hábil. Neste sentido existem as técnicas de reperfusão de emergência. A técnica mais eficiente em reduzir morte ou sequelas por infarto do miocárdio é a Angioplastia Coronaria, geralmente associada a implante de um ou mais Stents (Próteses intra-coronarianas), que ajudam a manter a artéria que foi desobstruída com fluxo de sangue normal.
Dr. Otavio Eboli
Dr. Otavio Eboli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

|

São Paulo

A coronariopatia é a doença das artérias do coração, causada mais frequentemente por obstruções das artérias coronárias por placas ateromatosas (gordura), impedindo o fluxo de oxigênio para determinada região da musculatura cardíaca.
Ana Carolina Lahaud Ramos

Cardiologista, Médica clínica geral

|

Teresópolis

È uma das doenças cardíacas mais prevalentes na população, consiste em obstruções parciais ou totais das artérias do coração e podem se apresentar de forma assintomática, com angina, de forma abrupta com infarto agudo do miocárdio ou com morte súbita. A partir dos 40 anos, ou se sintomas, procure seu cardiologista para uma avaliação e prevenção da doença.
Dr. Diogo da Luz
Dr. Diogo da Luz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

|

São Paulo

A doença coronariana é uma das principais causas de morte no mundo.A prevenção através de consultas com orientações, diagnóstico precoce e tratamento são a base fundamental para o seguimento da doença. Atualmente dispomos de diversas modalidades de tratamento medicamentoso ou intervencionista com destaque para terapia com stents coronarianos quando bem indicados representam uma intervenção minimamente invasiva através das artéria femorais(região da virilha) ou artérias radiais (na região dos punhos).
Dr. Lucas Novaes
Dr. Lucas Novaes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

|

Petrolina

Ver mais

Tem perguntas sobre Coronariopatia?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Coronariopatia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Boa tarde! Ela realmente tinha comprometimento importante de uma artéria principal do ventrículo esquerdo. Pelo que entendi fez revascularização há 45 dias. O resultado do eco mostra movimento anômalo septal, q não é incomum após cirurgia cardíaca e comprometimento importante das demais paredes do ventrículo esquerdo. Não há referências de sintomas . Este comprometimento é sério, mas há como oferecer tratamento medicamentoso q pode melhorar esta resposta com a terapêutica atual.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 6
  • 4
  • 4
Dra. Nereide Machado de Melo Mendes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

Recife

Sintomas mais comuns são dor no peito principalmente aos esforços, por vezes associado a sudorese, irradiação para mandíbula ou para os braços. Existem casos mais atípicos que pode se manifestar como dispneia, arritmia ou mesmo assintomáticos. Procure seu cardiologista para melhor avaliação. Boa sorte!!

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 162
  • 61
  • 253
Dr. Gustavo Trindade de Queiroz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Olá . Esse termo citado não existe. O laudo de BRD no eletrocardiograma significa Bloqueio de Ramo Direito, que quer dizer que existe uma alteração na condução do estímulo elétrico para o lado direito do coração. Geralmente essa alteração é melhor visualizada nas derivações e V1 a V3, mas não significa que exista coronariopatia associada. Converse com seu cardiologista para um melhor esclarecimento do seu caso e das alterações do eletrocardiograma

  • 91
  • 80
  • 77
Alexandre de Loyola e Silva Avellar Fonseca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Curitiba

Marcar consulta

Ver as 3 perguntas sobre Coronariopatia