Deficiência De Vitamina D - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Deficiência De Vitamina D

Os especialistas falam sobre a Deficiência De Vitamina D

A deficiência de Vitamina D em adultos pode contribuir para o desenvolvimento da osteoporose por exemplo. É necessário realizar o exame de Vitamina D, para verificar se existe uma insuficiência ou deficiência desta vitamina. O tratamento é composto por uma alimentação equilibrada associado com uma suplementação da vitamina D se necessário. Funções da vitamina D: Ação no sistema imunológico, reprodução, secreção de insulina. Também estimula o sistema de transporte ativo de fosfato no intestino. Em conjunto com o paratormônio, mobiliza cálcio dos ossos e aumenta a reabsorção tubular renal de cálcio e de fosfato.
Dra. Luci Souza

Nutricionista

|

São Paulo

A deficiência de vitamina D vem afetando muitas pessoas, devido ao estilo de vida atual, que nos expomos pouco aos raios solares. A longo prazo ela pode afetar a produção de hormônios, saúde óssea e mental. Por isso, é muito relevante a reposição e tratamento adequado da sua deficiência.
Bárbara Costa Santos
Bárbara Costa Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

|

Belo Horizonte

Essa é uma dúvida muito frequente ! A vitamina D está associada a osteoporose, aumento do risco de quedas e aumento do risco de fraturas. Não existe recomendação para dosagem de rotina para a população em geral ou em grávidas. Quem deve dosar ? Idosos, institucionalizados, obesos, usuários de anticonvulsivantes, portadores de osteopenia / osteoporose, doença inflamatória intestinal. Por isso não esqueçam, as vitaminas também são consideradas medicações e possuem riscos, caso não sejam prescritas por um profissional especializado.
Dra. Laís Abreu
Dra. Laís Abreu Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Geriatra, Médica clínica geral

|

Natal

Ver mais

Tem perguntas sobre Deficiência De Vitamina D?

Nossos especialistas responderam 5 perguntas sobre Deficiência De Vitamina D.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

O melhor a fazer é entrar em contato com sua médica, pois ela receitou a dosagem de acordo com o resultado do seu exame. A dosagem varia de acordo com o índece sanguíneo de Vit D.

Sugiro que você procure um nutricionista que avaliando a quantidade de vitamina D na sua dieta (e ao montar um Plano Alimentar Individualizado) poderá determinar a quantidade a ser suplementada, já que existe essa impossibilidade de se expor ao sol (de onde vem 85% da absorção da vitamina). Abraços.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 17
  • 13
  • 25
Dra. Tamara Nobres de S. O. Araujo

Nutricionista

Rio de Janeiro

Certamente é prejudicial não tomar sol! Mas este fato é muito comum na população urbana em geral, mesmo para quem não trabalha à noite. A maioria das pessoas que vivem na cidade tomam bem menos sol direto do que deveriam. Estudos mostram que dependendo da localidade onde o indivíduo mora e estilo de vida, até 90% da população pode ter deficiência desta vitamina. A vitamina D é importantíssima para o sistema imune, para regulação hormonal, prevenção de doenças crônicas e auto imunes, além de contribuir para manutenção do peso e metabolismo do cálcio (saúde óssea), dentre outras inúmeras funções. Hoje a suplementação é muito utilizada, visto que para muitas pessoas é difícil incluir banhos de sol na sua rotina. Converse com seu médico ou nutricionista para que ele possa avaliar como estão seus níveis de Vitamina D. Se estiverem muito abaixo da recomendação é só corrigir com suplemento oral ou sublingual. Depois faça check ups regulares para monitorar.

  • 9
  • 13
  • 23
Nathália Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

Belo Horizonte

A resposta a reposição da vitamina D varia de indivíduo para indivíduo. No caso da deficiência, o esquema preconizado é uma dose de ataque de 50.000UI/semana durante seis a oito semanas, seguida de reavaliação da dosagem no sangue. Caso o valor de normalidade, maior igual a 30ng/ml, tenha sido atingido, inicia-se uma dose de manutenção que deverá se adequar às suas necessidades.

  • 26
  • 19
  • 19
Dra. Valeria Vasconcelos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médica clínica geral

Ilhéus

Marcar consulta

Ver as 5 perguntas sobre Deficiência De Vitamina D