Dependência Química - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Dependência Química

Os especialistas falam sobre a Dependência Química

Sindrome Amotivacional em usuários crônicos _ Alterações comportamentais (isolamento social, retardo psicomotor, autonegligência e passividade) _ Alterações cognitivas (déficits de atenção, diminuição da capacidade para concentrar-se, prejuízo da memória, prejuizo academico, diminuição para capacidade em resolver problemas, prejuizo na capacidade de julgamento e dificuldades para tomar decisões) _ Alterações volitivas (diminuição de interesses pela aparência pessoal, apatia, inércia, falta de objetivos na vida, diminuição da vontade, diminuição da produtividade, falta de motivação.
Rosana Britzki De Sordi
Rosana Britzki De Sordi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São Bernardo do Campo

Dependencia química ocorre quando o paciente não consegue mais ficar sem a droga, pois sem ela tem sintomas de abstinência (irritabilidade, taquicardia, agitação..), precisa de doses cada vez mais altas para ter o mesmo efeito com a substancia (tolerância) e principalmente porque a droga vem trazendo inúmeros prejuízos para a vida social, familiar e no trabalho. O acompanhamento deve ser continuo, necessita exames laboratoriais e neurológicos. A psicoterapia é aliada à medicação. Solicito que, quando possivel, familiares também estejam presentes na consulta, pois a abordagem familiar traz mais sucesso ao tratamento. Quando necessário, internações breves também são usadas como recurso.
Dra. Vivian Machado
Dra. Vivian Machado Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Rio de Janeiro

Dependência Química é uma doença, infelizmente sem cura, mas há tratamento, e o doente pode permanecer livre das drogas, importante o doente aceitar ajuda terapêutica, pois assim conseguirá manter-se limpo, trabalhando os motivos que o levam a drogar-se, como enfrentar as situações de fissura, como trabalhar suas recaídas e alcançar a eficácia longe do consumo, é possível.
Renata S Hagge

Psicóloga

|

Itaborai

A maconha é a droga ilícita mais usada no Brasil. O uso da maconha pode ocasionar deficit de aprendizagem, distúrbios da memória e da atenção e diminuição da capacidade motora e da motivação. Em algumas pessoas pode desencadear transtornos do humor, da ansiedade e transtornos psicóticos.
Dr. João Paulo Vasconcelos
Dr. João Paulo Vasconcelos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Brasilia

Um esclarecimento muito importante, objetivo e claro deve sempre ser feito a respeito dos medicamentos utilizados em Psiquiatria: a grande maioria dos medicamentos psiquiátricos é livre do risco de Dependência Química. Esta é uma excelente informação e um conhecimento que deve ser compartilhado, pois algumas pessoas evitam tratamentos bem indicados por medo de ficarem "viciadas" no remédio prescrito. Cautela e prudência são sempre bem-vindas, mas não devem se transformar em medos desnecessários e decisões irracionais que, sob a desculpa de proteger, acabam prejudicando uma pessoa por tirar dela os benefícios que um tratamento correto pode trazer.
Dr. Renan Rocha
Dr. Renan Rocha Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Criciúma

Ver mais

Tem perguntas sobre Dependência Química?

Nossos especialistas responderam 34 perguntas sobre Dependência Química.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Fato importante para se livrar de dependência de múltiplas drogas é que vc tem motivação para deixá-las. O conceito de dependência vai muito além de afetar as atividades laborativas ou intelectuais e sim a necessidade do consumo da substância. Vc deve procurar um profissional especializado em dependência química, pois realmente sozinho é muito dificil vc abandonar o uso. Será necessário, além do aconselhamento, uso de medicamentos que diminuam o comportamento no uso das drogas. Sucesso. Att.

  • 921
  • 1474
  • 1713
Dr. Hugo Leonardo Rodrigues Soares

Psiquiatra

Sim, trata-se de algo muito complexo e que exige acompanhamento de diversos profissionais da saúde mental. A medicação ajuda, porém, importante que também faça acompanhamento psicológico para que consiga superar esta situação, bem como é um espaço para dizer de si, das suas angústias e sobretudo apoio psicológico para lidar com esta situação. Importante ressaltar que a dependência química é algo complexo e exige uma rede de cuidado e apoio para que o sujeito consiga deixar de fazer uso da substância de que é dependente. Existe o CAPS ad, que é o "Centro de Atenção Psicossocial - álcool e drogas" que oferta atendimento multidisciplinar à dependentes químicos pelo SUS. Mas se preferir pode buscar profissionais separadamente. O importante não deixar de cuidar. Espero ter ajudado.

  • 16
  • 5
  • 16
Mariana Grassi do Nascimento Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

São Paulo

Marcar consulta

Boa tarde, a dependência química é uma doença psiquiátrica, e em muitos casos concomitante com outras doenças psiquiátricas, como ansiedade, depressão, alterações da personalidade. Para melhor avaliação do caso é necessário uma avaliação com um especialista. É sempre difícil para os familiares saber lidar com esses pacientes, e por isso orientamos um seguimento psicoterápico aos familiares. Atentamente.

  • 72
  • 65
  • 84
Dra. Renata Carvalho de Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São Paulo

Marcar consulta

Sim. A abstinência a benzodiazepínicos se inicia até 48 horas depois do último uso, os sintomas mais intensos ocorrem na primeira semana mas podem durar até duas. Depois disso pode ocorrer retorno de sintomas que estavam sendo tratados, como ansiedade e insônia.

  • 544
  • 530
  • 496
Tomás Rotelli de Olivieira Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Uberaba

Ver as 34 perguntas sobre Dependência Química