Perguntas sobre Depressão

Tem perguntas sobre Depressão?

Nossos especialistas responderam 568 perguntas sobre Depressão.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Depressão

568Perguntas

5194Respostas

4132Especialistas de acordo

8494Pacientes agradecidos

Olá! Minha sugestão é que, em paralelo, procure por atendimento psiquiátrico e psicológico, se possível que ambos os profissionais trabalhem em conjunto para que neste primeiro momento você possa receber um tratamento e acompanhamento assertivo.

  • 98
  • 140
  • 96
Bárbara Adele de Moraes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

Sorocaba

Marcar consulta

Ver as 41 respostas

Olá. Os sintomas informados são característicos de depressão mas para uma avaliação específica o ideal é procurar um psiquiatra que poderá lhe indicar o melhor diagnóstico e tratamento medicamentoso, paralelo é indicado também acompanhamento psicológico.

  • 25
  • 21
  • 13
Jack Leite Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

Ver as 37 respostas

Procure um psicólogo que lhe transmita segurança para expor seus sentimentos. O mais importante é que você se sinta bem com o profissional que você escolher e principalmente sinta o resultado do processo.

  • 40
  • 31
  • 18
Marina Souza Duarte Alvarenga

Psicóloga, Terapeuta complementar

Belo Horizonte

Ver as 34 respostas

Olá. A sua descrição bate muito com as características de depressão. Porém, é necessária uma avaliação profissional pra ter certeza. Muitas pessoas costumam deixar pra depois achando que vai melhorar, mas se o problema persiste mesmo sem motivo aparente é hora de tratar. Recomendo que procure dois profissionais: médico psiquiatra e psicólogo.

  • 69
  • 106
  • 35
Dennys S. Oliveira

Psicólogo

São Paulo

Ver as 34 respostas

Que bom que você tem este olhar de preocupação e busca de ajuda para sua filha! Espero que ela aceite a ajuda de que precisa. Como sua filha apresenta vários tipos de sintomas diferentes, vale a pena ter uma avaliação psiquiátrica para se definir o diagnóstico (se houver) e as formas de tratamento mais indicadas. A psicoterapia com psicólogo certamente é bem vinda, e o trabalho do psicólogo e psiquiatra se complementam.

  • 835
  • 844
  • 2135
Tomás Rotelli de Olivieira Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Uberaba

Ver as 33 respostas

Será que você não está com medo de ficar doente porque sabe que algo precisa ser resolvido ou discutido? Há algo que tenha disparado esse medo?

  • 26
  • 26
  • 22
Luciana Ernanny Legey Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 30 respostas

Sem dúvida é muito importante trabalhar essa questão. Compreender-se, antes de tudo, leva à autoconfiança e autoaceitação. Só assim se torna possível lidar com as demandas do ambiente sem descompensar o emocional. Procure um psicólogo para tratar dessas questões relacionadas à autoimagem. Você vai descobrir muitas nuances sobre você mesmo, até então desconhecidas. Boa sorte e grande abraço

  • 247
  • 308
  • 292
Rita K. A.Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 30 respostas

Olá. A depressão​ se caracteriza por uma tristeza duradoura, porém a avaliação tem que ser feita de forma individual, levando em conta todos os seus aspectos de vida e psíquico. De qualquer modo o diagnóstico ou não de depressão não muda o que você sente no momento e se quer lidar com essa dor deve sim procurar ajuda profissional, sendo depressão, tristeza ou qualquer outro caso, fazer psicoterapia é interessante para lidar melhor com quaisquer obstáculos da vida. Espero que procure um bom profissional que possa lidar com suas dores e te ajudar a sair desse estado de tristeza e desmotivação.

  • 387
  • 255
  • 315
Mariana Pavani

Psicanalista, Psicóloga

Campinas

Ver as 29 respostas

Ola, como voce não respondeu à essas medicações, as próximas estratégias terapeuticas envolvem: 1. Rever o diagnóstico. 2..Troca de medicamentos por antidepressivos de outras classes 3. Associação de outros tipos de medicamentos 4. Associação de medidas psicossociais como psicoterapia individual, em grupo, atividade física e meditação 5. Neuro-Estimulação. Vale a pena conversar com seu médico psiquiatra de confiança sobre quais sao as estratégias mais adequadas para o seu caso. Um abraço.

  • 138
  • 82
  • 460
Dr. Marco Antonio Abud Torquato Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 29 respostas

O ideal é cuidar dessas três queixas (depressão, fibromialgia e traumas da relação familiar), pois elas provavelmente tem relação e a melhora de uma influencia na outra. A psicoterapia é o cuidado recomendado para cuidar dos traumas e depressão, o que será que nao funcionou na sua? Talvez seja interessante tentar outro psicoterapeuta. Avalie como se sentia na terapia, quanto tempo fez, o que não estava bem, e procure um com quem possa estabelecer uma relação diferente, mais ajustada para o que precisa. Um fisiatra ou reumatologista especializado em fibromialgia podem ver um tratamento e medicações adequadas para seus sintomas. Atividade física e acupuntura tambem ajudam, em alguns casos de fibromialgia. Espero ter ajudado. Estou à disposição e espero que encontre um tratamento eficaz. Abç.

  • 16
  • 18
  • 35
Heloisa Hanada

Psicóloga

São Paulo

Ver as 28 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: