Diabetes Tipo 1 - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Diabetes Tipo 1

Os especialistas falam sobre a Diabetes Tipo 1

O Diabetes tipo 1 é uma doença na qual pouca ou nenhuma insulina é liberada pelo corpo. Assim, a glicose não consegue ser usada como energia e fica no sangue - a famosa hiperglicemia. Estima-se que mais de 30 mil brasileiros sejam portadores de Diabetes tipo 1 e que o Brasil ocupe o terceiro lugar em prevalência no mundo, segundo a International Diabetes Federation. É mais comum em crianças e adolescentes, mas pode ocorrer em qualquer idade. Essa doença é sempre tratada com insulina, que pode ser administrada por S.I.C.I ("bomba de insulina"), canetas ou seringas. Uma dieta equilibrada e atividade física regular complementam uma boa terapia para o alcance de um bom controle glicêmico.
Dra. Denise Mendonca  Coelho de Araujo
Dra. Denise Mendonca Coelho de Araujo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista

|

Brasília

Quando a família se depara frente ao diagnóstico de Diabetes Melitus tipo 1 feito em uma criança geralmente são muitas as dúvidas e as preocupações; O objetivo do médico endocrinologista infantil vai além de ajustar as doses de insulina e ensinar nas aplicações das injeções. É necessário propiciar a educação, ajudando na mudança de atitude da criança e de toda a família, tornando-a participativa, pois isto preserva a criança de hospitalizações por complicações agudas como hipoglicemia (queda do açúcar no sangue) e hiperglicemia (elevação de açúcar no sangue), o coma e as complicações crônicas futuras decorrente do diabetes tipo 1.
Dra. Renata Atihe
Dra. Renata Atihe Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrica

|

São Paulo

As pessoas com diabetes tipo 1 (DM1) não produzem insulina (hormônio produzido pelo pâncreas que ajudar o corpo a usar ou armazenar a glicose dos alimentos). O tratamento é feito com injeções de insulina. A maioria dos casos de DM1 aparece na infância ou no início da adolescência. SINTOMAS Os principais sintomas que mostram que o nível de glicose está elevado no sangue são cansaço, muita sede e fome excessiva, grande quantidade de urina, perda de peso e visão turva. TRATAMENTO A única opção de tratamento do diabetes tipo 1 é com o uso de insulina, para melhorar as glicemias antes e após as refeições. As formas de aplicação são: seringa, caneta ou bomba de insulina.
Dr. Thiago Santos Hirose
Dr. Thiago Santos Hirose Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrico

|

Ribeirão Preto

O Diabetes tipo 1 refere-se a ausência de produção de insulina pelo pâncreas. A insulina é um hormônio responsável por manter os níveis de açúcar normais no sangue. A sua falta leva a níveis de açúcar muito elevados no sangue, manifestando-se com perda de peso, muita sede, urinar com muita frequência, desidratação, vômitos, dor abdominal e até o coma. A longo prazo, há prejuízo da visão, dos rins, dos nervos, do coração e do cérebro. O tratamento consiste em repor a insulina através de injeções subcutâneas tentando imitar a secreção normal pelo pâncreas e assim evitar suas complicações e melhorar a qualidade de vida dos pacientes.
Dalva Castro de Oliveira
Dalva Castro de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista pediátrica, Pediatra

|

São Paulo

O Diabetes tipo 1 é uma doença ocasionada pela queda da produção de insulina no pâncreas. Isso acontece porque o indivíduo sofre um ataque auto-imune, quando suas células de defesa destroem partes do pâncreas responsáveis pela produção do hormônio. Quando a destruição atinge pelo menos 50% do pâncreas aparecem os primeiros sintomas, que podem ser boca seca, emagrecimento, muita urina, muita sede, muita fome, tontura, desmaios. Se esses sintomas ocorreram não pode esperar e a pessoa deve se dirigir a alguma emergência para evitar um quadro chamado cetoacidose que expõe o paciente a risco de morte. Depois de estabilizado o quadro deve ser acompanhado por um endocrinologista para ajustar doses.
Dr. Victor França de Almeida
Dr. Victor França de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Nutrólogo

|

Salvador

Ver mais

Tem perguntas sobre Diabetes Tipo 1?

Nossos especialistas responderam 83 perguntas sobre Diabetes Tipo 1.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Primeiro é importante observar se essa medida foi feita em jejum. Segundo ponto é procurar um nutricionista para oferecer o diagnóstico nutricional, observando além dos exames de sangue, antropometria (peso, altura, circunferências), histórico alimentar da criança. Faça acompanhamento também com o pediatra para que ele possa acompanhar o crescimento do seu filho de forma adequada. Caso seja necessário esses profissionais podem encaminhá-lo a profissionais voltados a endocrinologia. Mas uma boa alimentação é um fator essencial no controle da glicemia. Abraços e conte comigo!

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 47
  • 24
  • 29
Bárbara Costa Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

Belo Horizonte

Marcar consulta

O paciente diabético tipo 1, não pode viver sem uso de insulina, em algumas situações pode ocorrer apenas hiperglicemia(glicose muito alta) ou o paciente pode entrar em cetoacidose diabética, uma condição muito grave, onde o corpo utiliza as gorduras ao invés da glicose como fonte de energia, o que leva ao acumulo de ácidos no sangue, o paciente começa a se sentir mal com náuseas , vômitos , faz muito xixi e desidrata, se não for bem tratado , em ambiente de UTI pode ocorrer a morte. Siga sempre a orientação do seu médico.

  • 172
  • 76
  • 431
Daniel Di Renzo Paulo

Endocrinologista, Médico clínico geral

São Paulo

Não pode tratar apenas com homeopatia. Você pode até usar a homeopatia desde que faça uso das insulinas que são indispensáveis neste tipo de diabetes. E não existe medicação que substitua as insulinas nem na alopatia, homeopatia ou qualquer outro tipo de tratamento alternativo.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 31
  • 9
  • 13
Dr. Victor França de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Nutrólogo

Salvador

Marcar consulta

Não dá para dizer que seja em decorrência do Diabetes. Sabe se que a hipotensão postural (que é a provável causa dos seus sintomas) pode acontecer no diabetes, mas em primeiro lugar precisamos confirmar se é realmente isso que está acontecendo com você (hipotensão postural) e em segundo lugar - tratar o diabetes adequadamente. Assim, faremos a melhor prevenção das complicações do diabetes. Procure um Endocrinologista e um Cardiologista para se certificar do diagnóstico e também para controlar adequadamente a doença. Boa sorte. Sucesso.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 67
  • 79
  • 43
Dr. Thiago Limoli Bueno Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 83 perguntas sobre Diabetes Tipo 1