Diabetes Tipo 1 - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Diabetes Tipo 1

Os especialistas falam sobre a Diabetes Tipo 1

O Diabetes tipo 1 é uma doença na qual pouca ou nenhuma insulina é liberada pelo corpo. Assim, a glicose não consegue ser usada como energia e fica no sangue - a famosa hiperglicemia. Estima-se que mais de 30 mil brasileiros sejam portadores de Diabetes tipo 1 e que o Brasil ocupe o terceiro lugar em prevalência no mundo, segundo a International Diabetes Federation. É mais comum em crianças e adolescentes, mas pode ocorrer em qualquer idade. Essa doença é sempre tratada com insulina, que pode ser administrada por S.I.C.I ("bomba de insulina"), canetas ou seringas. Uma dieta equilibrada e atividade física regular complementam uma boa terapia para o alcance de um bom controle glicêmico.
Dra. Denise Mendonca  Coelho de Araujo

Endocrinologista

|

Brasília

Quando a família se depara frente ao diagnóstico de Diabetes Melitus tipo 1 feito em uma criança geralmente são muitas as dúvidas e as preocupações; O objetivo do médico endocrinologista infantil vai além de ajustar as doses de insulina e ensinar nas aplicações das injeções. É necessário propiciar a educação, ajudando na mudança de atitude da criança e de toda a família, tornando-a participativa, pois isto preserva a criança de hospitalizações por complicações agudas como hipoglicemia (queda do açúcar no sangue) e hiperglicemia (elevação de açúcar no sangue), o coma e as complicações crônicas futuras decorrente do diabetes tipo 1.
Dra. Renata Atihe

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrica

|

São Paulo

Experiência em Bomba de Insulina, médica do Programa de Bomba de Insulina do Hospital Regional de Taguatinga/SES/DF
Dra. Roberta Kelly Menezes Maciel Falleiros
Dra. Roberta Kelly Menezes Maciel Falleiros Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista pediátrica, Pediatra

|

Brasília

As pessoas com diabetes tipo 1 (DM1) não produzem insulina (hormônio produzido pelo pâncreas que ajudar o corpo a usar ou armazenar a glicose dos alimentos). O tratamento é feito com injeções de insulina. A maioria dos casos de DM1 aparece na infância ou no início da adolescência. SINTOMAS Os principais sintomas que mostram que o nível de glicose está elevado no sangue são cansaço, muita sede e fome excessiva, grande quantidade de urina, perda de peso e visão turva. TRATAMENTO A única opção de tratamento do diabetes tipo 1 é com o uso de insulina, para melhorar as glicemias antes e após as refeições. As formas de aplicação são: seringa, caneta ou bomba de insulina.
Dr. Thiago Santos Hirose

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrico

|

Ribeirão Preto

A Diabetes é uma doença que afeta 7% de pessoas no Brasil, entre homens, mulheres e adolescentes, de todas as idades, ou seja, 13 milhões de pessoas convivem diariamente com os sinais, sintomas e todas as comorbidades envolvidas. O dia mundial da Diabetes é um alerta para promover a prevenção da doença. Hábitos alimentares saudáveis, a prática de atividade física regular, o controle emocional e um check up anual são determinantes para passar bem longe.
Dra. Andreia Rodrigues
Dra. Andreia Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Diabetes Tipo 1?

Nossos especialistas responderam 83 perguntas sobre Diabetes Tipo 1.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá, A glicemia mede a quantidade de açúcar no sangue, no momento do exame. Avalie como esta a alimentação dele. Seria interessante avaliar como estava a glicemia nos exames anteriores e também solicitar um exame de insulina e hemoglobina glicada para um melhor diagnóstico. Caso a se confirme a glicemia no limite, a mudança alimentar é o primeiro passo. Reduzir o consumo de açúcar e produtos industrializados. Estimule a atividade física e o consumo de alimentos naturais.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 22
  • 8
  • 13
Dra. Mayara Gorino Manso Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista, Terapeuta complementar

Campinas

Marcar consulta

O paciente diabético tipo 1, não pode viver sem uso de insulina, em algumas situações pode ocorrer apenas hiperglicemia(glicose muito alta) ou o paciente pode entrar em cetoacidose diabética, uma condição muito grave, onde o corpo utiliza as gorduras ao invés da glicose como fonte de energia, o que leva ao acumulo de ácidos no sangue, o paciente começa a se sentir mal com náuseas , vômitos , faz muito xixi e desidrata, se não for bem tratado , em ambiente de UTI pode ocorrer a morte. Siga sempre a orientação do seu médico.

  • 172
  • 76
  • 500
Daniel Di Renzo Paulo

Endocrinologista, Médico clínico geral

São Paulo

O diabetes Tipo I, é causado pela ausência da capacidade do organismo em produzir a insulina, hormônio responsável pela absorção de carboidratos além de outras funções fundamentais no organismo, assim, é necessario o uso permanente de aplicação da insulina e acompanhamento dos níveis de glicemia (açúcar) no sangue, o uso da homeopatia não pode substituir a insulina ou os efeitos de sua ausência.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 21
  • 7
  • 22
Rita de Cassia Sales da Silva

Nutricionista

Salvador

Não dá para dizer que seja em decorrência do Diabetes. Sabe se que a hipotensão postural (que é a provável causa dos seus sintomas) pode acontecer no diabetes, mas em primeiro lugar precisamos confirmar se é realmente isso que está acontecendo com você (hipotensão postural) e em segundo lugar - tratar o diabetes adequadamente. Assim, faremos a melhor prevenção das complicações do diabetes. Procure um Endocrinologista e um Cardiologista para se certificar do diagnóstico e também para controlar adequadamente a doença. Boa sorte. Sucesso.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 82
  • 88
  • 62
Dr. Thiago Limoli Bueno Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 83 perguntas sobre Diabetes Tipo 1