Diabetes Tipo 2 - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Diabetes Tipo 2

Os especialistas falam sobre a Diabetes Tipo 2

- É uma doença caracterizada pela quantidade excessiva de açúcar (glicose) no sangue. - Ocorre pois o organismo tem má sensibilidade ao hormônio insulina. - Perda de peso, dieta, exercícios e estilo de vida saudável são pilares para que a doença regrida.
Dr. Renan Mancio
Dr. Renan Mancio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

|

Guarulhos

A longevidade e a qualidade de vida resultam da alimentação equilibrada, saudável e pelas escolhas corretas que fazemos no decorrer da vida. É sabido que fatores hormonais e hábitos de vida influenciam diretamente no processo de envelhecimento. Portanto, um acompanhamento precoce se torna útil como forma de prevenção. Fazemos também acompanhamento de pacientes em pré e pós operatório, com doenças crônicas degenerativas e que necessitam de outros cuidados especiais.
Dr. Guilherme Ferreira Mattos
Dr. Guilherme Ferreira Mattos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral, Nutrólogo

|

Belo Horizonte

Trata-se de resistência à ação da insulina nos tecidos levando ao aumento da glicose (açúcar) no sangue. Geralmente se desenvolve na vigência de alimentação inadequada, excesso de peso e sedentarismo. O tratamento inicial consiste em dieta e atividade física, mas pode necessitar de tratamento medicamentoso oral (comprimidos). A longo prazo pode necessitar de medicamentos injetáveis e insulina.
Dalva Castro de Oliveira
Dalva Castro de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista pediátrica, Pediatra

|

São Paulo

No diabetes é recomendado comer alimentos ricos em fibras em todas as refeições, pois estes alimentos ajudam a manter mais estável a concentração de açúcar no sangue e evitar ao máximo os alimentos ricos em gordura e açúcar, pois aumentam mais rapidamente os níveis de açúcar no sangue e, consequentemente, pioram a diabetes. Antes do exercício físico, também é importante comer para que o açúcar não baixe muito.Portanto, é importante um acompanhamento com consultas regulares para verificar a rotina diaria e incorporar atitudes que ajudem ao melhor controle do diabete com menor dose medicamentosa possível.
Dra. Ieda Maria Leonel
Dra. Ieda Maria Leonel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médica de família

|

Curitiba

Hoje, no Brasil, há mais de 13 milhões de pessoas vivendo com Diabetes, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes. Cerca de 90% destes casos possuem Diabetes do tipo 2. Esta é mais comum em adultos, mas pode acontecer em crianças e adolescentes.Entre os fatores que podem contribuir para o seu surgimento, estão a obesidade e o sedentarismo. A permanência dos níveis elevados de glicose no sangue pode trazer complicações, como a doença renal e neuropatia pelo Diabetes. No entanto, o tratamento adequado com dieta, atividade física regular, medicamentos e/ou insulina reduz drasticamente a possibilidade de complicações desta doença, podendo o paciente conviver de forma harmônica com sua doença.
Dra. Denise Mendonca  Coelho de Araujo
Dra. Denise Mendonca Coelho de Araujo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista

|

Brasilia

Ver mais

Tem perguntas sobre Diabetes Tipo 2?

Nossos especialistas responderam 34 perguntas sobre Diabetes Tipo 2.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Sim. Os peixes com em ômega 3, como o linguado, truta, salmão namorado, atum, sardinha, também ajudam no controle da glicose, comer sempre esse tipo de carne ´e fundamental, são importantes para o ganho e a preservação da massa muscular já que fornecem proteínas. Escolha os tipos mais magros ao invés das mais gordurosas.

  • Obrigado 5
  • 1 especialista está de acordo
  • 4
  • 2
  • 6
Dra. Welica Primão Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

Guarulhos

Marcar consulta

Não tem motivos para preocupação, mas deve ficar em alerta, pois normal não está, porém, dependendo de outros valores e do seu estado nutricional, este valor pode ser aceitável. Consulte seu médico para uma melhor avaliação dos seus níveis glicêmicos, pois cada individuo tem sua característica fisiológica e o seu estilo de vida (hábitos alimentares entre outros). Procure também um nutricionista para orientação de uma dieta adequada as suas necessidades, isto te ajudará no controle glicêmico, minimizando os riscos de complicações para sua saúde. Abraços!

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
  • 5
  • 4
  • 9
Dra. Vanusa Boim Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

Duque de Caxias

Tudo vai depender do seu plano alimentar prescrito pela sua nutricionista. Um Plano totalmente individualizado é calculado para sua patologia. Se assim for feito, a laranja poderá entrar no seu cardápio sem problema algum, mas com a devida orientação.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 23
  • 30
  • 22
Dra. Maolla Buxbaum Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Para diagnóstico de diabete é necessário duas medidas da glicose acima de 126 ou uma medida com sintomas (perda de peso, boca seca, aumento da urina) Para diagnóstico de pré diabete ou intolerância glicose pode ser confirmada em uma consulta com diagnóstico clínico ou confirmado com teste oral de tolerância glicose. É importante trocar o pão branco por pão integral e o açúcar por adoçante para iniciar, mas um acompanhamento médico seria ideal.

  • 11
  • 3
  • 11
Dra. Ieda Maria Leonel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médica de família

Curitiba

Marcar consulta

Ver as 34 perguntas sobre Diabetes Tipo 2