Diabetes - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Diabetes

Informação sobre Diabetes

Diabetes

Mais informações sobre o diabetes no blog Doctoralia

Possui uma dúvida concreta sobre Diabetes? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Diabetes

Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia). Pode ocorrer devido a defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas, pelas chamadas células beta . A função principal da insulina é promover a entrada de glicose para as células do organismo de forma que ela possa ser aproveitada para as diversas atividades celulares. A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta portanto em acúmulo de glicose no sangue, o que chamamos de hiperglicemia. Sabemos hoje que diversas condições que podem levar ao diabetes, porém a grande maioria dos casos está dividida em dois grupos: Diabetes Tipo 1 e Diabetes Tipo 2.
Dr. Antonio Glauber Teofilo Rocha

Endocrinologista, Médico clínico geral

|

Fortaleza

O controle da glicemia de pacientes diabéticos traz de volta não só a melhora da qualidade de vida mais também a chance de manter sobre controle as possíveis comorbidades trazidas pela doença como alterações cardiovasculares, renais, oftalmológicas entre outras. Evite que a evolução silenciosa do diabetes comprometa sua saúde.
Dra. Ana Carolina Nader Vasconcelos Messias
Dra. Ana Carolina Nader Vasconcelos Messias Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrica

|

Niterói

Diabetes mellitus é uma doença que se caracteriza pelo aumento da glicose no sangue em decorrência da falta de insulina ou ação inadequada dessa insulina no organismo. Acomete cerca 400 milhões de pessoas em todo mundo.Está intimamente relacionado com a obesidade e história familiar, na maioria das vezes. Pode se apresentar só com alteração da glicemia ou com quadro clínico típico como: urinar muito, ter muita sede e como consequência beber muita água, perder peso, ter infecção de pele, urinária e outras, alteração visual, tontura, náuseas e vômitos. Além disso, alguns pacientes podem apresentar alteração do nível de consciência,com confusão mental, torpor e coma.
Dra. Ana Gregória Ferreira Pereira de Almeida.
Dra. Ana Gregória Ferreira Pereira de Almeida. Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médica clínica geral

|

São Luis

O diabete mais comum no adulto é chamado de tipo 2. Neste caso os órgãos não respondem a ação da insulina que tenta colocar o açúcar dentro deles para que seja usado como fonte de energia. Comumente os sintomas instalam-se muito lentamente e o paciente pode não se dar conta de estar doente: uma certa fraqueza, excesso de de urina durante a noite, alguma indisposição geral que é atribuída ao excesso de trabalho e assim por diante. Não sendo feito o diagnóstico o que o diabete faz é basicamente danificar traiçoeiramente quase todos os órgãos do organismo e causando várias doenças: AVC, infarto do miocárdio, cegueira e muitas outras. Diagnosticado e tratado precocemente previne-se tudo isto.
Dr. Irineu Umberto Librenza
Dr. Irineu Umberto Librenza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral

|

Paranavaí

Uma das doenças mais prevalente no mundo e também umas das mais negligenciadas tanto quanto ao diagnóstico como o tratamento. Ocorre aumento do “açúcar” no sangue que é detectado quando a glicemia de jejum encontra-se maior ou igual a 126 mg/dl ou quando após a sobrecarga de glicose ( TOTG) a glicose após 2 h encontra-se maior ou igual a 200 mg/dl. O tratamento inclui mudança de estilo de vida e medicamentos que vão varias de acordo com o perfil do paciente. Exames como fundo de olho, microalbuminuria e hemoglobina glicosilada são importantes para a monitorização do tratamento.
Amanda de Araujo Laudier
Amanda de Araujo Laudier Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Diabetes?

Nossos especialistas responderam 172 perguntas sobre Diabetes.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Outras doenças além do diabetes tipo 2 tem o infortúnio de acometer nervos e vasos sanguíneos (arteríolas). A qualidade da ereçao peniana tem sido considerada um grande avaliador da saúde do homem, um termômetro. A fisiopatologia da ereção engloba o envolvimento nervoso e de vasos sanguíneos, portanto, refletem o padrão neurovascular do paciente. Outros órgãos merecem nossa atenção e investigação, como olhos, coração, rins e extremidades como pés. O controle da glicemia, associado ao uso medicamentoso, prática de atividade física, emagrecimento podem ser o início do sucesso no tratamento. Sugiro agendar uma consulta para avaliação clínica. Um abraço.

  • 2686
  • 602
  • 4676
Dr. Daniel Luís Pinto Ferreira

Urologista

Rio de Janeiro

Bom dia! O (a) especialista que maneja casos de diabetes é o (a) ENDOCRINOLOGISTA. É extremamente importante fazer um.bom acompanhamento! Um ótimo domingo!

  • 37
  • 30
  • 28
Dra. Carolina Khalil Feres Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista

São Paulo

Marcar consulta

Bom dia. A vitamina B12 pode ser incluída no tratamento de pacientes diabéticos que fazem o uso de glifage (metformina), pois esta medicação pode (nem sempre ocorre) diminuir os níveis de vitamina B12 no sangue. Veja com o seu endocrinologista se é esta a indicação de prescrição no seu caso, pois existem outras indicações para o uso desta vitamina. Sucesso e saúde!!

  • 61
  • 70
  • 31
Dr. Thiago Limoli Bueno Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Sim, é possível. Inclusive, a primeira medida a ser tomada quando esses valores aparecem é a mudança de estilo de vida, com melhora da alimentação e atividade física. Em alguns casos, há indicação de medicação para tentar reverter o quadro, mas o benefício da alimentação e atividade física é maior que da medicação.

  • 93
  • 65
  • 67
Dra. Patricia Baines Gracitelli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 172 perguntas sobre Diabetes