Disfunções sexuais psicogênicas - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Disfunções sexuais psicogênicas

Os especialistas falam sobre a Disfunções sexuais psicogênicas

A disfunção sexual é a incapacidade do homem ou da mulher de desempenhar a atividade sexual no seu todo, e dependendo da resposta diante da cena erótica mostra em que momentos elas acontecem. Em maioria as disfunções ocorrem em três níveis: A fase do desejo, da excitação e fase do orgasmo. A ansiedade aparece como fator básico para todas as disfunções sexuais, mas encontram-se também outras causas emocionais como baixa estima , insegurança, traumas ou stress. O fracasso no desempenho sexual pode gerar grande sofrimento e desorganização emocional.
Dra. Vilma Oliveira
Dra. Vilma Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Londrina

“A saúde sexual é um estado de completo bem-estar físico, emocional, mental associado à sexualidade e não só à ausência de doença ou enfermidade” (OMS, Organização Mundial de Saúde). A pessoa pode apresentar alterações ou perturbações no seu ciclo de resposta sexual surgindo as dificuldades ou disfunções sexuais que impedem a vivência de uma vida sexual satisfatória e gratificante. As causas que podem estar na origem ou contribuir para estas dificuldades, podem ser orgânicas, psicológicas ou mistas. Problemas de saúde físicos e psicológicos, uso de medicamentos, tabagismo, problemas afetivos ou de natureza relacional, falta de experiência, etc.
Dr Abnézer Lima da Silva
Dr Abnézer Lima da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Sexólogo

|

Sorocaba

Todas as disfunções sexuais, femininas ou masculinas, tem um componente psicológico que precisa ser investigado e resignificado pelo paciente, por isso o processo terapêutico é fundamental para a melhora do quadro. Através de questionários e testes é possível acessar conteúdos emocionais que estão limitando e até mesmo impedindo o paciente de ter uma vida sexual satisfatória e prazerosa.
Dra. Giane Nucci
Dra. Giane Nucci Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

|

São Paulo

Disfunção Sexual é a incapacidade do indivíduo para participar de um ato sexual com satisfação e pode ocorrer por problemas orgânicos e/ou emocionais, trazendo sofrimento para a pessoa. Para ser uma disfunção essa dificuldade deve ser recorrente e os sintomas persistirem por 6 meses, além de vivenciada como algo indesejável e incontrolável. É importante lembrar que as disfunções sexuais podem atingir homens e mulheres e se não tratadas, muitas vezes, provocam problemas no relacionamento afetivo e na autoestima da pessoa.
Michelle Sampaio
Michelle Sampaio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

|

São Paulo

A Resposta Sexual Humana é composta por 4 etapas: Desejo, Excitação, Orgasmo e a Resolução. Casa fase tem suas características e os aspectos psicológicos influenciam diretamente nestas fases. Quando algumas destas fases está disfuncional, isto é, não cumpre sua tarefa, temos identificado um problema sexual se assim a pessoa identificar como tal (for um problema para ela). Aspectos psicológicos: ausência de educação ou permissão sexual, infância ou adolescência marcadas por privação emocional, física, verbal ou afetiva, trauma ou coerção sexual, ansiedade, depressão, transtornos de apego, transtornos de personalidade ou outras psicopatologias, conflitos, insultos, perdas etc.
Barbara Ahlert Schneider
Barbara Ahlert Schneider Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

|

Porto Alegre

Ver mais

Tem perguntas sobre Disfunções sexuais psicogênicas?

Nossos especialistas responderam 22 perguntas sobre Disfunções sexuais psicogênicas.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá, Muitos fatores podem influenciar na inibição do desejo sexual. O ideal é procurar um profissional da psicologia, especializado em sexualidade. Junto com o terapeuta, você poderá identificar quais são as suas dificuldades, questões da relação, e quais fatores podem estar influenciando a sua questão sexual. Também é necessário consultar um médico ginecologista, para descartar qualquer problema físico. Através da terapia, é possível reaver esse desejo.

  • 15
  • 13
  • 9
Andressa Calderon de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

São Paulo

Marcar consulta

Difícil dizer o tipo nesse sentido, não? Acredito que todos as abordagens oferecem alguma possibilidade terapêutica. Assim, penso que desse modo, você possa procurar um profissional que você se identifica e que toparia atender esse tipo de caso. Eu diria que é um caso digno de análise. Mas posso estar sendo parcial, pois acredito na psicanálise como um espaço privilegiado para falar sobre varias temáticas em especial o que diz respeito a sexo.

  • 186
  • 131
  • 154
Danilo Alves da Cruz

Psicanalista

Campinas

O sexo anal pode produzir fissuras e consequentemente dor ao evacuar. Recomendo avaliar com seu médico proctologista sobre as consequências do sexo anal no seu caso. Quanto ao aspecto psicológico, fatores de estresse podem piorar os sintomas da SII. Se estiver passando por situações emocionais e não estiver conseguindo lidar bem com elas, é importante procurar suporte profissional, no caso, de um psicólogo. Estou à disposição.

  • 19
  • 14
  • 16
Igor Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Salvador

Marcar consulta

Considerando que isso tem trazido sofrimento para o casal, seria interessando que ambos passem por avaliações especializada: - Ela em um ginecologista, pois é importante descartar problemas físicos antes de atribuir a dor da penetração a causas psicológicas. Caso descartada esta possibilidade, passar com um(a) bom(a) terapeuta especializado em sexualidade. - Ele por um psicólogo especializado em sexualidade. Outra possibilidade seria passar com um urologista ou psiquiatria, pensando no tratamento medicamentoso. Mas acredito que a avaliação com psicólogo será mais proveitosa no seu caso, podem inclusive ser realizada uma terapia de casal.

  • 812
  • 841
  • 1954
Tomás Rotelli de Olivieira Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Uberaba

Ver as 22 perguntas sobre Disfunções sexuais psicogênicas