Distúrbios do desenvolvimento - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Distúrbios do desenvolvimento

Os especialistas falam sobre a Distúrbios do desenvolvimento

A maioria dos distúrbios de desenvolvimento aparece já nos primeiro anos de vida da criança. Quando você observa que alguns marcos esperados para a criança não são alcançados como linguagem, motricidade, socialização, autonomia em relação ao desfralde, etc estão fora do esperado é um sinal de alerta para a busca de ajuda profissional.
Gabriele Lauer
Gabriele Lauer Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Santos

Tem perguntas sobre Distúrbios do desenvolvimento?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Distúrbios do desenvolvimento.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Embora o marco para o bebê se virar seja os três meses, as vezes isso acontece em um pouco mais de tempo. Contudo, é importante que você visite o pediatra do seu bebê para que possam examinar isso com mais cuidado. Caso tenha mais dúvidas, fico a sua disposição.

  • 213
  • 119
  • 147
Fábio Luiz Socreppa da Fonseca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo, Psicopedagogo

Santo André

Marcar consulta

Tente se aproximar dele e acolher o que ele tem a dizer por meio de brincadeiras, é uma opção, assim ele sentirá confiança em você e a possibilidade de obter sua ajuda, através do interesse demonstrado. Vejo ser necessário ir na escola e conversar com a professora e/ou responsável para compreender direitinho o que anda acontecendo. Outra coisa importante é procurar verificar também como estão as coisas em casa, e se existe a chance de estar havendo algum reflexo nele. Investigue e pense em todas as possibilidades para poder intervir e ajudar seu filho neste momento complicado para ele. Espero ter ajudado!! Um forte abraço!!

  • 27
  • 24
  • 17
Katia Janete Egerland Souto

Psicóloga

Florianópolis

Ter uma segunda ou terceira opinião é importante até para baixar a ansdiedade. Mas é fundamental entender que independente ou não de ter uma sequela, cada organismo se desenvbolve de forma diferente. Os protocolos cientificos são importantes para acompanhar o desenvolvimento, mas cada pessoa vai responder de forma própria aos estimulos ao longo da vida. Abraços

  • 359
  • 225
  • 388
Natalia Marques Antunes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

Ver as 3 perguntas sobre Distúrbios do desenvolvimento