Distúrbios do desenvolvimento - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Distúrbios do desenvolvimento

Os especialistas falam sobre a Distúrbios do desenvolvimento

A avaliação neuropsicológica é um processo no qual se investiga as funções cognitivas como inteligência, aprendizagem, memória, atenção, linguagem, funções visuais e motoras, planejamento, controle inibitório do paciente relacionando-as ao motivo do encaminhamento. Esta avaliação pode ser contratada por pessoas que necessitam investigar alguma dificuldade psicológica, pessoas que desejam conhecer seus potenciais cognitivos de modo a buscar aprimoramento, idosos e crianças.
Matheus de M. M. Schreiner
Matheus de M. M. Schreiner Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Florianópolis

"Distúrbios do neurodesenvolvimento", são problemas neurológicos que podem interferir no aprendizado, como: TDAH (Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade); Transtorno do Espectro Autista; Distúrbio de Aprendizagem; Deficiência Intelectual. Após a avaliação entra-se com atendimento e apoio psicopedagógico nas questões pontuais que interferem na aprendizagem.
Edemilson da Rosa Leite
Edemilson da Rosa Leite Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicopedagogo

|

São Leopoldo

Tem perguntas sobre Distúrbios do desenvolvimento?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Distúrbios do desenvolvimento.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Embora o marco para o bebê se virar seja os três meses, as vezes isso acontece em um pouco mais de tempo. Contudo, é importante que você visite o pediatra do seu bebê para que possam examinar isso com mais cuidado. Caso tenha mais dúvidas, fico a sua disposição.

  • 207
  • 121
  • 113
Fábio Luiz Socreppa da Fonseca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo, Psicopedagogo

Santo André

Marcar consulta

Tente se aproximar dele e acolher o que ele tem a dizer por meio de brincadeiras, é uma opção, assim ele sentirá confiança em você e a possibilidade de obter sua ajuda, através do interesse demonstrado. Vejo ser necessário ir na escola e conversar com a professora e/ou responsável para compreender direitinho o que anda acontecendo. Outra coisa importante é procurar verificar também como estão as coisas em casa, e se existe a chance de estar havendo algum reflexo nele. Investigue e pense em todas as possibilidades para poder intervir e ajudar seu filho neste momento complicado para ele. Espero ter ajudado!! Um forte abraço!!

  • 27
  • 24
  • 17
Katia Janete Egerland Souto

Psicóloga

Florianópolis

Ter uma segunda ou terceira opinião é importante até para baixar a ansdiedade. Mas é fundamental entender que independente ou não de ter uma sequela, cada organismo se desenvbolve de forma diferente. Os protocolos cientificos são importantes para acompanhar o desenvolvimento, mas cada pessoa vai responder de forma própria aos estimulos ao longo da vida. Abraços

  • 289
  • 186
  • 275
Natalia Marques Antunes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Barueri

Ver as 3 perguntas sobre Distúrbios do desenvolvimento