Perguntas sobre Doença Inflamatória Pélvica

Tem perguntas sobre Doença Inflamatória Pélvica?

Nossos especialistas responderam 81 perguntas sobre Doença Inflamatória Pélvica.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Doença Inflamatória Pélvica

81Perguntas

108Respostas

43Especialistas de acordo

718Pacientes agradecidos

Primeiro uma boa cobertura com antibióticos, depois verificar se essa dip foi ocasionada por aborto infectado, ou se contiver restos placentários, senão não há indicação para curetagem pelo simples motivo de inflamação pélvica.

  • 445
  • 58
  • 3689
Dr. Dr.José Marcos

Ginecologista

Curitiba

Ver as 3 respostas

Colpite crônica é inflamação do colo do útero e não significa que tenha HPV. Fique tranquila e aguarde o retorno com o médico. Abraços

  • 70
  • 41
  • 91
Dra. Carolina Vicente Banzoli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Ver as 3 respostas

A Doença inflamatória pélvica DIP , é uma patologia infecciosa que acomete as trompas e os ovários. Os germes progridem através do colo do útero , passando pelo corpo do útero e pelas trompas, causando inflamação e dor. Como você retirou o corpo do útero e parte das trompas, não possui este trajeto anatômico presente na fisiopatologis da doença. Já com relação a aderência, ela pode aparecer depois de qualquer cirurgia abdominal e pélvica, e pode produzir dor. O próprio cisto hemorragico e os endometriomas, também podem ser causas de dor pélvica. É bom também descartar infecção urinária e cálculo nas vias urinárias. Boa sorte!

  • 316
  • 99
  • 1768
Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Ver as 3 respostas

A história é fundamental. Converse com seu ginecologista.

  • 369
  • 63
  • 256
Elmar Pequeno Filho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Fortaleza

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Olá. Você tem o diagnóstico de dor pélvica crônica. Todos os orgãos pélvicos podem ser causa de dor pélvica crônica: utero, trompa, ovário, intestino, bexiga, ureter, reto, parte muscular, cicatrizes de cirurgia, aderências, etc. A principal causa de dor pélvica é intestinal. Como funciona o seu intestino? Quais as características de cisto no ovário? Algumas mulheres usuárias de DIU podem ter cistos nos ovários que são completamente normais. Esses sinais de aderências ao ultrassom podem ser sinais de endometriose ou doença inflamatória pélvica? Quais as características dessa dor?Melhora com medicação? Enfim, o diagnóstico e o tratamento é possível de ser realizado. Para isso, o ginecologista consegue fazer a avaliação inicial, solicitar os exames necessários e estabelecer o tratamento adequado. Converse com o seu médico. Agende a sua consulta

  • 2537
  • 1395
  • 1600
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 2 respostas

É muito difícil afirmar que uma paciente gestante está com Doença Inflamatória Pélvica Aguda, pois a gestação é exatamente um fator protetor contra essa doença. De qualquer maneira, o diagnóstico de DIPA é feito através de múltiplos fatores como exame físico, ginecológico, cultura de secreções e ultrassom. Mantenha o acompanhamento com seu ginecologista e não deixe de tirar suas duvidas durante às consultas e os exames! À disposição!

  • 38
  • 58
  • 32
Dra. Cristiane Mara Provatti Queiroz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

Se está com atraso menstrual, a primeira coisa a fazer é um teste de gravidez, para saber se está positivo ou não, e se sim, saber o valor. Existe um valor mínimo para que apareça alguma imagem no exame de ultrassonografia. Procure seu médico para ser examinada e realizar a investigação diagnóstica adequada. Espero ter ajudado. :)

  • 143
  • 167
  • 118
Dra. Debora Hidalgo Magalhaes Teixeira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

Quando a gestação é muito inicial (menos de 4 semanas) não aparece nada no exame ecografico transvaginal. A partir de 4 - 5 semanas já se pode visualizar o saco gestacional intrautero e quando ele atinge o diâmetro médio de 2,5cm, pôde-se visualizar o embrião no interior do saco gestacional. Os batimentos cardíacos fetais devem estar presentes quando o embrião atinge o tamanho de 7mm. No teu caso a presença de líquido no fundo de saco vaginal pode ser em função da ovulação recente. A recomendação é repetir o exame entre 10 e 15 dias.

  • 9
  • 5
  • 66
Dra. Tatiana Ckless Moresco Brenner

Ginecologista

Porto Alegre

Ver as 2 respostas

Olá! 1. Líquido livre na pelve pode ter diversos significados, por exemplo: cisto ovariano que tenha rompido, período ovulatório, infecção pélvica etc.... 2. Ultrassonografia sem sinais de gestação não significa que não esteja grávida. Gestações iniciais não aparecem no exame porque as imagens são MUITO pequenas. O ideal pra confirmar ou afastar gestação inicial é colher beta HCG, no sangue. Abraços!

  • 76
  • 55
  • 107
Dra. Aline Mouta Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

Olá. Se você realizar o tratamento correto por clamídia e gonorréia, a cura é possível. Para ser correto, você e seu parceiro tem que realizar o tratamento adequado (geralmente são 2 antibióticos). A sequela da DIP sempre é possível como infertilidade, obstrução tubárea, dilatação das trompas, aderências pélvicas, abscesso pélvico, artrites, etc. Consulte seu médico para avaliar a possibilidade das sequelas. As doenças sexualmente transmissíveis podem vir combinadas. Solicite ao seu médico exames para avaliar a HIV, sífilis, hepatite B, hepatite C e outras DSTs.

  • 2537
  • 1395
  • 1600
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 2 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: