Doenças Das Glândulas Salivares - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Doenças Das Glândulas Salivares

Os especialistas falam sobre a Doenças Das Glândulas Salivares

Em muitos casos de doenças inflamatórias das glândulas pode-se, atualmente, utilizar a Sialoendoscopia. A Sialoendoscopia é um método de diagnóstico e tratamento para as doenças obstrutivas não neoplásicas das glândulas salivares, como sialodenites inflamatórias, obstrutivas por radioiodoterpia após tratamento de câncer de tireóide por estenoses, cálculos, etc... O objetivo sempre é tratar destas afecções sem ter que retirar a glândula. Uma adequada seleção do paciente sempre é necessária para o sucesso da técnica.
Dr. Giulianno Molina de Melo
Dr. Giulianno Molina de Melo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

|

São Paulo

As doenças de glândula salivar mais comum é a mucocele ou "bolha na boca" que desaparece do mesmo jeito que aparece. Crianças são mais afetadas, traumatismos frequentes nos lábios (queda) obstruem o ducto salivar impedindo o funcionamento de pequenas glândulas. Essa patologia tem indicação de ser removida quando causar dor ou desconforto. Algumas patologias tem potencial infeccioso ou tumoral. Recomento a procura de um especialista para melhor avaliação e se necessário realizar biópsia ou remoção total.
Dr. Thiago Bonifácio de Souza Guimarães

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

|

Goiânia

As glândulas salivares incluem as glândulas maiores (parótidas, submandibulares e sublinguais) e glândulas menores. Podem ser acometidas por doenças infecciosas (bacterianas e virais), inflamatórias autoimunes, neoplásicas e ainda podem formar pedras. Nas infecciosas ocorre aumento rápido de volume, com dor e sinais de inflamação. Pode sair pus na boca e algumas vezes está associado a quadros de pedra na glândula. No entanto, as causas neoplásicas são as mais dramáticas. Podem ser tanto benigno como maligno, sendo que ambas devem ser tratadas com cirurgia. E os processos inflamatórios autoimunes e a doença reumáticas com tratamento mais complexos e normalmente medicamentosos.
Dr. Murilo Catafesta das Neves
Dr. Murilo Catafesta das Neves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

|

São Paulo

Temos várias glândulas que produzem saliva. Por vezes, inflamam ou chegam a formar nódulos. Devem ser bem avaliadas para que o diagnóstico correto seja feito, e tratamento adequado seja instituído, que pode ser desde um simples cuidado alimentar, até eventualmente uma biópsia ou cirurgia.
Dr. José Chacra Jr.
Dr. José Chacra Jr. Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

|

Jundiaí

As glândulas salivares são responsáveis pela produção de saliva. Apesar de pouco conhecidas, podem sofrer processos inflamatórios, auto-imunes, infecciosos e neoplásicos como qualquer outra glândula. As mais conhecidas são as glândulas parótidas, submandibulares e sublinguais, mas existem glândulas microscópicas, chamadas de glândulas salivares menores que também podem apresentar processos neoplásicos. Sempre que há necessidade de uma cirurgia de glândula salivar, o ideal é que ela seja feita por um cirurgião de cabeça e pescoço, pois sempre exige muito conhecimento da anatomia e expertise suficiente para evitar as complicações que estão relacionadas a este tipo de procedimento.
Dr. Francisco Bomfim
Dr. Francisco Bomfim Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

|

Fortaleza

Ver mais

Tem perguntas sobre Doenças Das Glândulas Salivares?

Nossos especialistas responderam 47 perguntas sobre Doenças Das Glândulas Salivares.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Inchaço (tumor) pode ser inflamatório ou estrutural Necessidade de avaliação clinica, um bom exame clínico geralmente é o suficiente

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 179
  • 86
  • 266
Dr. Teylor Pedro Gerhardt Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

Goiânia

Uma das hipóteses pode ser cálculo em glândula salivar, procure um cirurgião de cabeça e pescoço ou cirurgião buco maxilar

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 7
  • 2
  • 8
Dra. Francine Luiza Alvarenga de Campos

Endocrinologista

Osasco

Olá! Existem várias causas para o excesso de salivação, sendo as mais comuns medicamentosas, refluxo gastroesofágico. Incordenação para deglutir e eventualmente divertículos faringeos podem ocasionar o excesso de saliva... O tratamento depende obviamente da causa... Por isso é importante determinar corretamente qual a origem do problema. Procure um especialista Cirurgião de Cabeça e Pescoço, Dentista ou Otorrinolaringologista Espero ter ajudado!!

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 128
  • 64
  • 133
Dr. Giulianno Molina de Melo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Marcar consulta

Olá ... espero que esteja melhor a esta altura. Acredito que seja melhor você procurar seu dentista e apresentar essa queixa para que ele possa te avaliar. De qualquer forma, como o processo de implante apresentou algumas intercorrências o aumento da salivação pode estar relacionado a elas. A inflamação da mucosa ou a presença de algum agente estranho na boca pode estimular a salivação, mas creio que isso deva ser temporário. O mais importante é resolver a complicação com o implante que a salivação deverá retornar ao normal.

  • 20
  • 10
  • 7
Dr. Murilo Catafesta das Neves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 47 perguntas sobre Doenças Das Glândulas Salivares