Embolia E Trombose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Embolia E Trombose

Os especialistas falam sobre a Embolia E Trombose

Veias, artérias e coração são suscetíveis a muitas doenças. Três delas são a trombose venosa, trombose arterial e embolia. Todas são causadas por um coágulo de sangue que pode bloquear um vaso sanguíneo em parte ou totalmente. O coágulo que provoca as tromboses se forma quando o fluxo do sangue é mais lento do que deveria ou quando acontece uma coagulação desnecessária no organismo. E pode surgir em qualquer vaso sanguíneo. Quando a coagulação do sangue ocorre na veia, dá origem à Trombose Venosa Profunda (TVP). Quando surge na artéria, suscita a trombose arterial. Se esse coágulo se desprende do vaso onde foi formado e migra para outro local da-se o nome de embolia.
Dr. Rodolpho Alves dos Reis
Dr. Rodolpho Alves dos Reis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

Brasília

Outras situações importantes no desencadeamento da trombose são: cirurgias de médio e grande portes, infecções graves, traumatismos, a fase final da gestação e o puerpério (pós-parto) e qualquer outra situação que obrigue a uma imobilização prolongada (uso de gesso, coma, paralisias, infarto agudo do miocárdio, viagens aéreas longas, etc.). A TVP pode ser de extrema gravidade na fase inicial (aguda), causando embolias pulmonares (fragmentação dos coágulos e a migração destes até os pulmões, entupindo as artérias pulmonares) muitas vezes fatais.
Dr. Guilherme Jonas Da Silva Ribeiro
Dr. Guilherme Jonas Da Silva Ribeiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

Belo Horizonte

A trombose venosa é a presença de um coágulo dentro da veia. A formação deste coágulo ocorre pela lesão da parede interna da veia, dificuldade do sangue circular, e o aumento da viscosidade do sangue. Vários fatores podem estar envolvidos: Idade (a partir dos 40 anos e aumento após os 60 anos), mobilidade reduzida, história familiar/prévia de trombose, obesidade, gravidez (3° trimestre e puerpério), cirurgias (ortopédicas, abdominais relacionadas ao câncer, pélvicas e torácicas), câncer/quimioterapia, viagens prolongadas, trombofilias. O diagnóstico clínico é difícil, devendo ser confirmado por doppler vascular. O tratamento pode levar de 3 a 6 meses e é feito com uso de anticoagulantes.
Dr. Luiz Felipe Gannam De Almeida
Dr. Luiz Felipe Gannam De Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

São Paulo

Casos de trombose aguda de veias importantes e calibrosas do membro, como veias ilíacas e femorais, que esteja associada a sintomas severos e alto risco de evolução para Síndrome Pós Trombótica, tem indicação de Trombectomia. Trata-se de um procedimento cirúrgico endovascular, no qual através de uma pequena punção são usados dispositivos para a aspiração dos coágulos. Muitas vezes também é necessário o uso local de medicações fibrinolíticas, infundidas através de cateteres posicionados dentro do trombo, no intuito de dissolver o coágulo formado. Se identificadas áreas de estreitamento venoso como provável causa da trombose, a angioplastia é realizada após a resolução dos coágulos.
Dr. Bruno Donegá Constantin
Dr. Bruno Donegá Constantin Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

|

São Paulo

A trombose venosa profunda poderia ser descrita como sendo um entupimento de uma veia (geralmente de panturrilhas) por um coágulo. A embolia seria a sua principal consequência, podendo levar a morte. Ela ocorre quando este coágulo se desprende da veia de origem e migra para os pulmões. A trombose deve prontamente diagnosticada e tratada com anticoagulantes, a fim de se evitar suas complicações.
Dr. Enzo Acha Mazzini
Dr. Enzo Acha Mazzini Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

|

Vitória

Ver mais

Tem perguntas sobre Embolia E Trombose?

Nossos especialistas responderam 11 perguntas sobre Embolia E Trombose.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Não é possível saber sem examinar é solicitar alguns exames para avaliar melhor. Inchaço das pernas pode ter inúmeras causas. Na suspeita de trombose venosa vale a pena a realizar um exame chamado Ecodoppler para esclarecer o diagnóstico

  • 29
  • 22
  • 170
Dr. Marcelo Zanoni

Cirurgião vascular, Especialista em Administração em Saúde

Florianópolis

Boa tarde. Esses sinais descritos não são sinais forte de trombose, que consistem em dor e inchaço duro na panturrilha de uma das pernas. No entanto, a trombose pode sim se apresentar com dor leve na panturrilha ou mesmo um desconforto no membro ou ainda ser assintomática. Portanto, mesmo em uma leve suspeita, procure um cirurgião vascular e tire a dúvida!

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 15
  • 14
  • 10
Dra. Karolina Frauzino Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgiã vascular

Brasília

Marcar consulta

Olá! Interessante o seu caso. Se você já teve trombose que evoluiu com embolia pulmonar, nesse caso,há indicação de uso perene (por toda a vida) de anticoagulante (para "afinar" o sangue). Ainda mais pq vc faz uso de hormônio para tratamento de endometriose, o que pode aumentar o risco de novo evento tromboembólico. Então, além de recomendações usuais (andar no voo, mover os pés e pernas, ingesta hídrica, meia elastica e flebotonicos), recomendo consultar-se com um vascular e, na dependência da avaliação desse colega, iniciar tratamento de anticoagulação, pelo menos para o período da viagem. Se cuide!

  • 7
  • 0
  • 4
Dr. Marcelo Quintao Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

Vila Velha

Marcar consulta

Olá não são sintomas comuns a trombose e também não justificam o uso de anticoagulantes profiláticos. Procure um cirurgião vascular para uma avaliação .

  • 15
  • 0
  • 6
Dr. Guilherme Jonas Da Silva Ribeiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte

Ver as 11 perguntas sobre Embolia E Trombose