Enxaqueca - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Enxaqueca

Informação sobre Enxaqueca

O que é enxaqueca?

É uma severa dor de cabeça, tipo pulsante (como um batimento cardíaco), que geralmente afeta um lado da cabeça. Ela pode afetar qualquer faixa etária, sendo mais freqüente em mulheres que em homens. A causa da enxaqueca é desconhecida.

Durante um ataque, vasos cerebrais dilatam simultaneamente com a estimulação das terminações nervosas ao redor dos vasos afetados. Estas alterações nos vasos sanguíneos são provavelmente responsáveis ??pela dor.

Enxaqueca é hereditária?

Existe uma predisposição para pessoas da mesma família sofrerem de enxaqueca, mas ainda não é conhecido o quão longe ele pode ser hereditária.

O que pode desencadear uma enxaqueca?

A maioria dos pacientes reconhece que alimentos como chocolate, queijo ou vinho podem desencadear a enxaqueca. Outras causas incluem a ansiedade, o exercício, pílulas anticoncepcionais e viagens. Esses fatores variam de acordo com cada paciente. Em algumas mulheres, as crises de enxaqueca são mais frequentes relacionadas com o ciclo menstrual.

Pacientes com enxaqueca devem evitar o álcool, tabaco, falta de sono e comida reconhecidos como gatilhos da doença.

Enxaqueca pode ocorrer muito comumente por longos períodos e depois desaparecer por semanas, meses ou mesmo anos.

Como o médico faz o diagnóstico?

Os sintomas e evolução clínica do paciente permite ao médico fazer o diagnóstico de enxaqueca. A ajuda seguinte diagnóstico:

  • Episódios repetidos de dor de cabeça.
  • Duração variável, entre 4 e 72 horas.

Os ataques têm pelo menos duas das seguintes características:

  • Dor ocorre no meio da cabeça.
  • É uma espécie de palpitante.
  • A dor é moderada a grave.
  • O movimento piora a dor.

Cada ataque tem pelo menos uma das seguintes opções:

  • Náuseas e / ou vómitos.
  • Aumento da susceptibilidade ao ruído e à luz.

Aproximadamente 15% dos pacientes têm problemas visuais, irritabilidade, náuseas e falta de apetite antes do ataque (chamado de aura ou período pródromo). Também durante o episódio pode ter dificuldade para falar, dormência das mãos, braços ou pernas.

Além da entrevista, o médico deve sempre realizar um exame físico completo. Se houver dúvida no diagnóstico, faz a indicação para um especialista em doenças do cérebro, o neurologista.

Como é a enxaqueca?

O tratamento com comprimidos ou injeções são mais eficazes se iniciados no início do ataque. Se os ataques são frequentes, o tratamento preventivo deve ser iniciado. Isso envolve  tomar medicação diariamente, por um período de tempo. Não recomendado isso para em pacientes com ataques de enxaqueca ocasionais.

Geralmente, o médico deve usar e até mesmo combinar diferentes medicações antes de encontrar um tratamento eficaz para cada paciente.

Também são usados ??tratamentos alternativos como acupuntura e homeopatia, combinados com aconselhamento dietético e mudanças no estilo de vida.

Possui uma dúvida concreta sobre Enxaqueca? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Enxaqueca

Uma dor que lateja, geralmente afeta um lado da cabeça, intensa, que dá vontade de vomitar, por vezes a pessoa até vomita. A vontade é ficar no quarto, deitado no escuro e no silencio...qualquer barulho parece piorar ainda mais a dor. Pode durar algumas horas ou até 3 dias, depois que passa, deixa uma sensação de cabeça dolorida ou pesada. O bom é saber que hoje tem vários tipos e tratamento, seja para aliviar a dor ou preveni-la. Chega de sofrer! É hora de consultar um neurologista e acabar com essas dores de cabeça.
Dra. Denise Leal
Dra. Denise Leal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médica clínica geral , Neurologista

|

Florianópolis

A enxaqueca é uma doença neurológica muito prevalente e compromete a qualidade de vida de grande parte da população. O tratamento preventivo está indicado quando ocorrem 3 ou mais dias de dor por mês, quando são prescritas medicações de uso contínuo para evitar que as crises aconteçam. Além do tratamento medicamentoso, atualmente está disponível para os pacientes que possuem enxaqueca crônica (mais do que 15 dias de dor por mês) a toxina botulínica (Botox®), que é aplicada a cada 12 semanas e consiste em uma opção eficaz e segura. Quando aliada a mudanças de comportamento, a toxina botulínica proporciona melhora da qualidade de vida devido a redução da frequência e intensidade das crises.
Dr. Caio Grava Simioni
Dr. Caio Grava Simioni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

São Paulo

Toxina botulinica também pode ser usada para dor de cabeça? Sim. O bloqueio químico com toxina botulínica tipo A é indicado para tratar e prevenir os sintomas de dor de cabeça sem causa orgânica (cefaléia primária) preferencialmente nos casos de enxaqueca crônica e refratária. Alguns critérios são usados para indicar esse tratamento, entre eles: ter usado três ou mais medicamentos profiláticos; ter usado varios remédios de crise ou fase aguda sem resposta clinica; intensidade, localização e frequência das dores de cabeça; e prejuízo na qualidade de vida em vários domínios. É uma técnica de tratamento segura e eficaz que figura nos guidelines de neurologia de todo o mundo. Dúvidas? Ligue
Dra. Ana Luiza S. Goes
Dra. Ana Luiza S. Goes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Especialista em Medicina Física e Reabilitação, Neurologista

|

Rio de Janeiro

As cefaleias são a 6 doença considerada pela organização mundial de saúde como incapacitante, tem relação com faltas ao trabalho e queda da produtividade. Atualmente dispomos de várias opções para tratamento, que são associadas a mudanças da rotina diária do paciente e a necessidade de anotação / diário da dor.
Nina Rosa Aparecida Felisardo Murta
Nina Rosa Aparecida Felisardo Murta Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Belo Horizonte

Na enxaqueca crônica o paciente passa mais da metade do mês sentindo dor de cabeça. Muitas vezes a dor de cabeça passa a ser diária. A enxaqueca crônica é o principal diagnóstico encontrado nas clínicas que tratam dor de cabeça. Trata-se de uma doença totalmente diferente da enxaqueca comum, pois nesse caso o paciente passa mais dia por mês sentindo dor de cabeça do que livre de dor. O grau de incapacidade é maior e o perfil psicológico desse paciente geralmente está alterado, com 40% de chance de depressão e 30% de chance de transtorno de ansiedade.
Dr. Marcio Rafael de Araujo Siega
Dr. Marcio Rafael de Araujo Siega Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Brasília

Ver mais

Tem perguntas sobre Enxaqueca?

Nossos especialistas responderam 119 perguntas sobre Enxaqueca.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

É importante uma avaliação das características da enxaqueca para determinar o tipo de tratamento mais adequado do ponto de vista homeopático. Considerando esse e outros sintomas que devem ser abordados durante uma consulta, podemos sugerir um determinado medicamento homeopático que haja tanto na sua queixa principal quanto na melhora da qualidade de vida e saúde.

  • 8
  • 7
  • 81
Dr. Renato Ito Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico Acupunturista

São Paulo

Marcar consulta

Isto depende muito do tipo de crise (características da dor), tempo de início, se é de fato uma crise de enxaqueca ou alguma outra forma de cefaleia (dor de cabeça), idade do paciente e o uso concomitante de outras medicações. É importante você passar em avaliação por um médico da sua cidade (caso esteja em crise procure um Pronto Socorro) para avaliar a necessidade de investigação adicional da crise com outros exames (avaliar se há esta necessidade) e, caso seja necessário iniciar também um tratamento profilático para as crises (quando a crise aguda já estiver tratada), ou seja, para evitar o aparecimento de outros episódios de enxaqueca (também chamada de migrânea). Não se auto medique pois isto pode lhe trazer riscos. Um abraço

  • 76
  • 143
  • 1471
Dra. Paula Guedes Macedo Dieckmann Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

São Paulo

Olá internauta, o tanacetum não é indicado pela Sociedade Brasileira de Cefaleia como tratamento para enxaqueca devido a falta de evidência científica deste fitoterápico.

  • 47
  • 7
  • 14
Dra. Letizia Borges Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

São Paulo

Marcar consulta

Exercícios podem sim ajudar a prevenir crises de enxaqueca. A melhor modalidade são os exercícios aeróbicos, praticados de forma regular. Exercícios aeróbicos são aqueles capazes de elevar a frequência cardíaca e fazer você transpirar. Esse tipo de exercício, quando praticado de forma regular, tem o potencial equivalente ao de uma medicação na capacidade de prevenir crises de enxaqueca. Antes de praticar esse tipo de exercício, importante consultar um médico para verificar a sua condição cardiovascular.

  • 35
  • 27
  • 27
Dr. David Márcio Barbosa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Juiz de Fora

Ver as 119 perguntas sobre Enxaqueca