Enxaqueca - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Enxaqueca

Informação sobre Enxaqueca

O que é enxaqueca?

É uma severa dor de cabeça, tipo pulsante (como um batimento cardíaco), que geralmente afeta um lado da cabeça. Ela pode afetar qualquer faixa etária, sendo mais freqüente em mulheres que em homens. A causa da enxaqueca é desconhecida.

Durante um ataque, vasos cerebrais dilatam simultaneamente com a estimulação das terminações nervosas ao redor dos vasos afetados. Estas alterações nos vasos sanguíneos são provavelmente responsáveis ??pela dor.

Enxaqueca é hereditária?

Existe uma predisposição para pessoas da mesma família sofrerem de enxaqueca, mas ainda não é conhecido o quão longe ele pode ser hereditária.

O que pode desencadear uma enxaqueca?

A maioria dos pacientes reconhece que alimentos como chocolate, queijo ou vinho podem desencadear a enxaqueca. Outras causas incluem a ansiedade, o exercício, pílulas anticoncepcionais e viagens. Esses fatores variam de acordo com cada paciente. Em algumas mulheres, as crises de enxaqueca são mais frequentes relacionadas com o ciclo menstrual.

Pacientes com enxaqueca devem evitar o álcool, tabaco, falta de sono e comida reconhecidos como gatilhos da doença.

Enxaqueca pode ocorrer muito comumente por longos períodos e depois desaparecer por semanas, meses ou mesmo anos.

Como o médico faz o diagnóstico?

Os sintomas e evolução clínica do paciente permite ao médico fazer o diagnóstico de enxaqueca. A ajuda seguinte diagnóstico:

  • Episódios repetidos de dor de cabeça.
  • Duração variável, entre 4 e 72 horas.

Os ataques têm pelo menos duas das seguintes características:

  • Dor ocorre no meio da cabeça.
  • É uma espécie de palpitante.
  • A dor é moderada a grave.
  • O movimento piora a dor.

Cada ataque tem pelo menos uma das seguintes opções:

  • Náuseas e / ou vómitos.
  • Aumento da susceptibilidade ao ruído e à luz.

Aproximadamente 15% dos pacientes têm problemas visuais, irritabilidade, náuseas e falta de apetite antes do ataque (chamado de aura ou período pródromo). Também durante o episódio pode ter dificuldade para falar, dormência das mãos, braços ou pernas.

Além da entrevista, o médico deve sempre realizar um exame físico completo. Se houver dúvida no diagnóstico, faz a indicação para um especialista em doenças do cérebro, o neurologista.

Como é a enxaqueca?

O tratamento com comprimidos ou injeções são mais eficazes se iniciados no início do ataque. Se os ataques são frequentes, o tratamento preventivo deve ser iniciado. Isso envolve  tomar medicação diariamente, por um período de tempo. Não recomendado isso para em pacientes com ataques de enxaqueca ocasionais.

Geralmente, o médico deve usar e até mesmo combinar diferentes medicações antes de encontrar um tratamento eficaz para cada paciente.

Também são usados ??tratamentos alternativos como acupuntura e homeopatia, combinados com aconselhamento dietético e mudanças no estilo de vida.

Possui uma dúvida concreta sobre Enxaqueca? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Enxaqueca

A enxaqueca é uma doença caracterizada por crises de dor de cabeça auto-limitadas devido a uma disfunção transitória do cérebro. Os sintomas da enxaqueca são de dor de cabeça geralmente do tipo pulsátil, latejante; tipicamente em um lado da cabeça, acompanhada de náusea, às vezes vômitos, e sensibilidade à luz e sons. É uma das cefaleias mais comuns na população geral, presente de 10 a 20% dos indivíduos.
Dr. Gilmar de Oliveira Dornelas Junior
Dr. Gilmar de Oliveira Dornelas Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Campo Grande

Uma dor que lateja, geralmente afeta um lado da cabeça, intensa, que dá vontade de vomitar, por vezes a pessoa até vomita. A vontade é ficar no quarto, deitado no escuro e no silencio...qualquer barulho parece piorar ainda mais a dor. Pode durar algumas horas ou até 3 dias, depois que passa, deixa uma sensação de cabeça dolorida ou pesada. O bom é saber que hoje tem vários tipos e tratamento, seja para aliviar a dor ou preveni-la. Chega de sofrer! É hora de consultar um neurologista e acabar com essas dores de cabeça.
Dra. Denise Leal
Dra. Denise Leal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médica clínica geral , Neurologista

|

Florianópolis

A enxaqueca pode ter diversas origens. Seja alimentar, estresse, emocional, ou pode ser confundida com algo mais grave. É importante consultar um neurologista para descartar esta última hipótese. Porém, após visitar os médicos indicados e ainda continuar com os sintomas da enxaqueca, é importante consultar um profissional especializado na ATM (articulação têmporo-mandibular). Talvez esses sintomas são de origem dessa articulação responsável pela mastigação.
Dr. Antônio Augusto Lima de Almeida
Dr. Antônio Augusto Lima de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

São Luis

A enxaqueca é um tipo de cefaleia que pode gerar muitos transtornos na vida da pessoa, sendo muitas vezes uma dor forte e incapacitante, podendo vir acompanhada de náuseas e vômitos, sensibilidade à luz, som e cheiro. O que muitos não sabem é que o excesso de analgésicos é prejudicial e piora a doença. Por outro lado, há ótimos tratamentos, onde a pessoa passa a ter muito menos dor e mais qualidade de vida. A enxaqueca pode piorar devido a alguns alimentos e bebidas, estresse, cansaço, insônia, ansiedade e depressão. É preciso avaliar os gatilhos que geram dor, evitá-los e assim obter alívio do problema.
Dra. Fabiana Ribeiro Gonçalves
Dra. Fabiana Ribeiro Gonçalves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Goiânia

A Enxaqueca é uma das principais causas de cefaléia e acomete 18% das mulheres e 6% dos homens. Afeta 30 milhões de Brasileiros. Trata-se de disturbio neurológico crônico, incapacitante, familiar e complexo, caracterizado por ataques recorrentes de cefaléia grave de longa duração com aversão a luz, barulho e esforço fisico, alem de náuseas. De acordo com a OMS é a 6a doença mais incapacitante do mundo. É condição subdiagnosticada e subtratada. Os EUA gastam US$ 36 bilhões por ano com Enxaqueca. Se não tratada adequadamente, pode tornar-se diária e até causar danos neurológicos irreversíveis. Associa-se frequentemente a sintomas ansiosos e depressivos e distúrbio do sono.
Dr. Rodrigo Vasconcellos Vilela
Dr. Rodrigo Vasconcellos Vilela Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Belo Horizonte

Ver mais

Tem perguntas sobre Enxaqueca?

Nossos especialistas responderam 91 perguntas sobre Enxaqueca.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

É importante uma avaliação das características da enxaqueca para determinar o tipo de tratamento mais adequado do ponto de vista homeopático. Considerando esse e outros sintomas que devem ser abordados durante uma consulta, podemos sugerir um determinado medicamento homeopático que haja tanto na sua queixa principal quanto na melhora da qualidade de vida e saúde.

  • 7
  • 6
  • 78
Dr. Renato Ito Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Acupunturista

São Paulo

Marcar consulta

Isto depende muito do tipo de crise (características da dor), tempo de início, se é de fato uma crise de enxaqueca ou alguma outra forma de cefaleia (dor de cabeça), idade do paciente e o uso concomitante de outras medicações. É importante você passar em avaliação por um médico da sua cidade (caso esteja em crise procure um Pronto Socorro) para avaliar a necessidade de investigação adicional da crise com outros exames (avaliar se há esta necessidade) e, caso seja necessário iniciar também um tratamento profilático para as crises (quando a crise aguda já estiver tratada), ou seja, para evitar o aparecimento de outros episódios de enxaqueca (também chamada de migrânea). Não se auto medique pois isto pode lhe trazer riscos. Um abraço

  • 76
  • 138
  • 1238
Dra. Paula Guedes Macedo Dieckmann Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

São Paulo

Acredito que pode ter relação com os sintomas de aura.

  • 5
  • 0
  • 6
Dr. Carlos Zicarelli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Especialista em Dor, Neurocirurgião

Londrina

Olá! Como se trata de Enxaqueca, mesmo que associada ao período menstrual, o mais ideal é que procure um Neurologista de sua confiança, para avaliar e acompanhar melhor o seu caso. Se necessário, durante o tratamento, ele pode solicitar uma opinião ou acompanhamento em conjunto com seu Ginecologista. Abraços!

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 63
  • 34
  • 37
Izabel C. Arroyo Marchi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurofisiologista, Neurologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 91 perguntas sobre Enxaqueca