Estrabismo - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Estrabismo

Os especialistas falam sobre a Estrabismo

O estrabismo decorre da perda de alinhamento ocular em qualquer fase da vida. O desvio pode ser horizontal (convergente ou divergente) ou vertical. Em alguns casos pode causar ambliopia ("olho preguiçoso") e diplopia (visão dupla). Não é apenas um problema estético", mas também psicológico, já que causa grande constrangimento em relacionamentos sociais e a autoestima fica perturbada de modo acentuado. O tratamento pode ser feito com a prescrição de óculos, injeção de toxina botulínica, ou cirurgia, dependendo de cada caso.
Dra. Bruna Lana Ducca

Oftalmologista

|

São Paulo

O estrabismo nada mais é que um desalinhamento ocular, que pode ser tanto na horizontal (para dentro ou para fora) quanto na vertical. Pode ocorrer ao nascimento, na infância, ou ainda no adulto e no idoso, podendo provocar nas crianças um atraso ou bloqueio do desenvolvimento da visão de um dos olhos, e quando aparece no adulto, costuma provocar visão dupla. O tratamento depende do tipo de estrabismo, tamanho do desvio, e da idade de aparecimento. Pode ser realizado através de óculos e tampão, prismas, aplicação de toxina botulínica, ou correção cirúrgica.
Dra. Alyne Gabrielly Borges Corrêa
Dra. Alyne Gabrielly Borges Corrêa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

São Paulo

Estrabismo é o desalinhamento dos olhos e acomete de 2 a 4% da população. Pode se manifestar desde o nascimento, em crianças maiores ou mais tarde, na idade adulta. Os olhos podem encontrar-se desviados para dentro (estrabismo convergente ou esotropia), para fora (estrabismo divergente ou exotropia) ou apresentar algum desvio vertical (hipotropia ou hipertropia). Dependendo do tipo de estrabismo, pode-se tratar com o uso de óculos, tampão, exercícios ortópticos, toxina botulínica, prismas ou cirurgia dos músculos extraoculares.
Dra. Dayane Issaho
Dra. Dayane Issaho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Curitiba

O estrabismo geralmente surge na infância, porém também pode aparecer durante a fase adulta, em todos os casos é necessária uma avaliação com especialista na aérea para que seja indicado o tratamento adequado que pode variar de clinico a cirúrgico, o tratamento com toxina botulínica (ex; Botox) também está presente entre as opções terapêuticas.
Dra. Carolina Magalhães Bianchi
Dra. Carolina Magalhães Bianchi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Fortaleza

O estrabismo pode ser de 3 tipos, o estrabismo divergente, quando o desvio do olho é para fora, ou seja, em direção ao lado do rosto, estrabismo convergente, quando o olho está desviado em direção ao nariz, ou estrabismo vertical, se o olho está com um desvio para cima ou para baixo. O tratamento para estrabismo no adulto normalmente é iniciado com o uso de óculos ou lentes de contato para corrigir dificuldades de visão que podem estar causando ou agravando o problema. Já nos casos mais graves, pode ser necessário utilizar cirurgia para equilibrar os músculos dos olhos e corrigir o desalinhamento.
Marcia Cristina Toledo
Marcia Cristina Toledo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Goiânia

Ver mais

Tem perguntas sobre Estrabismo?

Nossos especialistas responderam 189 perguntas sobre Estrabismo.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Perfeitamente. A correção do estrabismo pode ser feita a qualquer idade

  • 225
  • 82
  • 402
Dr. Felipe Galdino Marcondes Campos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Desvios intermitentes também podem ter tratamento cirúrgico, mas a indicação específica dependerá de um exame bem detalhado do estrabismo e das funções motoras dos seus músculos extra oculares.

  • 8
  • 0
  • 2
Dr. Bruno Teixeira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Manaus

Marcar consulta

Quando não existe possibilidade de Visão Binocular, o objetivo da cirurgia de estrabismo é melhorar o aspecto estético. Assim, se houve boa melhora da estética, uma outra cirurgia não precisa ser realizada. Existem técnicas cirúrgicas que melhoram principalmente o desvio de perto. Converse com o oftalmologista, tire suas dúvidas, ele é a pessoa mais indicada para dizer se você deve ou não ser submetido a nova cirurgia.

  • 6
  • 0
  • 0
Dr. Mauro Plut Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Marcar consulta

Olá! Ela deve ser avaliada o quanto antes por um oftalmopediatra ou estrabólogo para avaliar qual o real problema de sua filha e indicar o tratamento adequado.

  • 57
  • 23
  • 38
Dra. Ana Lúcia Castro Gomes de Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Marcar consulta

Ver as 189 perguntas sobre Estrabismo