Gliose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Gliose

Tem perguntas sobre Gliose?

Nossos especialistas responderam 27 perguntas sobre Gliose.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! A Gliose é uma alteração relativamente frequente do sistema nervoso central, detectada nos exames mais modernos de imagem, como por exemplo a Ressonância. Embora possa estar assintomática, é um indicativo de uma situação estressora no sistema nervoso central, de várias etiologias (sedentarismo, colesterol elevado, tabagismo, hipertensão, etc). Dependendo da localização, é possível sim que a Gliose seja concomitante com a depressão, muito embora não precisam estar necessariamente presentes... Ou seja, podem estar combinadas, mas não necessariamente uma decorre da outra.

  • 133
  • 111
  • 222
Dr. Henrique do Prado Cabral

Psiquiatra

Goiânia

Gliose ou microangiopatia são lesões na substância branca do cérebro, muito encontrada nos exames de Ressonância Magnética cerebral, principalmente nos pacientes mais idosos, diabéticos, tabagistas e dislipidemicos (distúrbio do colesterol e triglicerídeos). Decorre da obstrução de pequenos vasos por placas de ateroma. Quanto mais idoso e mais fatores de risco, mais lesões. Logo, difícil falar que está associado a trauma craniano, pode ser apenas um processo normal do envelhecimento cerebral.

  • 78
  • 17
  • 103
Dra. Marcela Agostinho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Goiânia

Na teoria, sim e sim, se considerarmos a gliose um marcador de lesões encefálicas. Depende de vários outros fatores, contudo. Se a doença de base for controlada, há a chance de interromper a formação de novas lesões encefálicas. Mas se elas continuarem acontecendo, há risco de instalação de demência vascular. Daí a necessidade de acompanhamento conjunto com neurologista. Boa sorte!

  • 143
  • 70
  • 173
Dr. Heitor Felipe Lima Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Brasília

Boa tarde. A gliose é um achado descrito em exames de imagem, como a ressonância e a tomografia, podendo ser considerada uma "cicatriz de uma lesão ocorrida previamente na região. Por apresentar alteração da estrutura cerebral, pode estar relacionada a convulsão. Por este motivo, é importante que você realize uma avaliação médica para que o quadro possa ser melhor analisado e a conduta possa ser adequada a seus sintomas.

  • 109
  • 80
  • 59
Marcos Christiano Lange Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Curitiba

Marcar consulta

Ver as 27 perguntas sobre Gliose