Perguntas sobre Hemorragias nasais (epistaxe)

Tem perguntas sobre Hemorragias nasais (epistaxe)?

Nossos especialistas responderam 8 perguntas sobre Hemorragias nasais (epistaxe).

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Hemorragias nasais (epistaxe)

8Perguntas

9Respostas

0Especialistas de acordo

5Pacientes agradecidos

Hemorragia nasal (epistaxe) pode ter várias causas. Em crianças e adolescentes é bastante frequente, e costuma ser benigno. Já em adultos, tem que observar os seguintes aspectos: ocorre nas duas narinas ou em uma só? Se for apenas na mesma, isso fala a favor de uma condição local que deve ser aferida e tratada pelo otorrino. Se bilateral, observar se há hipertensão arterial, sangramento em outras partes do corpo que pode sugerir um distúrbio de coagulação ou para telangictasia hereditária (síndrome de Osler-Rendu-Weber). Além disso, condições da mucosa nasal devem ser observadas para analisar se não há inflamação, infecção, tumores, etc

  • 28
  • 41
  • 73
Dr. Marcos Benchimol Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

É uma dilatação de artérias ao nível da mucosa do nariz, ou seja, a parte interna das narinas. As artérias dilatadas estão mais frágeis, e assim, mais susceptíveis a rompimento e consequente sangramento nasal (epistaxe).

  • 33
  • 4
  • 16
Dra. Teresa Cristina Muniz Queiroz Martins Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Homeopata, Médica clínica geral

Uberlândia

Marcar consulta

Se a epistaxe for devido à trombocitopenia (numero baixo de plaquetas) o ideal seria o tratamento dessa causa de base. A "cauterização nasal" seria uma conduta de exceção.

  • 11
  • 7
  • 20
Dr. Ricardo Imaizumi Pereira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Geriatra, Médico clínico geral

São Paulo

A hemorragia nasal ou Epistaxe, é um sinal que pode ter como causa várias patologias. Essa questão tem que ser avaliada para a definição da doença de base. Tem que ser medida a pressão arterial, presença de infecções respiratórias...etc... Procure um Clínico ou Otorrino para verificar a sua situação específica.

  • 28
  • 2
  • 9
Dra. Maria Clair F O Ribeiro

Médica clínica geral

Porto Alegre

Sim, e deve ser investigado esse tipo de sangramento. Existem várias causas, o Clínico verificará os exames adequados. Conforme a conclusão, a avaliação de um Otorrino poderá ser necessária.

  • 28
  • 2
  • 9
Dra. Maria Clair F O Ribeiro

Médica clínica geral

Porto Alegre

O ideal é não abaixar a cabeça e realizar um tampão (com chumaço de gaze ou algodão) na tentativa de interromper o sangramento. Avaliar, dentro do possível, a pressão arterial para saber se não foi por pico hipertensivo. Eliminada essa possibilidade, procurar um otorrino para avaliar causas locais de sangramento nasal.

  • 194
  • 44
  • 972
Dr. Carlos Eduardo Baptista de Aguiar

Médico clínico geral

Rio de Janeiro

O mais importante é saber por que está acontecendo a epistaxe. Picos hipertensivos, alterações vasculares e doenças nas fossas nasais, como pólipos, devem ser investigadas. Somente após descobrir a causa é que poderá evitar a consequência.

  • 194
  • 44
  • 972
Dr. Carlos Eduardo Baptista de Aguiar

Médico clínico geral

Rio de Janeiro

Epistaxe é sinônimo de sangramento nasal. Pode ocorrer em pacientes hipertensos, na presença de distúrbios da coagulação sanguínea, uso de algumas medicações, ressecamento da mucosa nasal, etc. Caso o sangramento não para rapidamente, é necessário ir à um pronto socorro. se o sangramento ocorre com frequência, é necessário agendamento de consulta com otorrino ou clínico geral para diagnóstico adequado.

  • 240
  • 109
  • 1234
Dr. Fabio Gomes da Conceição

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: