Hérnia Abdominal - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Hérnia Abdominal

Informação sobre Hérnia Abdominal

O que é?

A hérnia é uma saliência de alguma porção do organismo que se exterioriza. Quando essa saliência ocorre na região do abdome, a hérnia é chamada de abdominal. É nessa região que elas são mais frequentes. A cavidade abdominal é formada por uma série de órgãos. Os intestinos, o estômago e o fígado são os mais importantes. Eles são mantidos no lugar pelos ossos, músculos e pele. Quando por algum motivo se deslocam podem formar a hérnia.

Qual é a causa?

As hérnias costumam ser divididas de acordo com o local onde são formadas e seus fatores motivadores são específicos. - Hérnia inguinal: surge na região da virilha. São aproximadamente 75% das hérnias abdominais. Muito mais comuns em homens que em mulheres. Aparecem devido ao esforço. Decorrem da fraqueza do canal inguinal. Isso atinge especialmente pessoas mais velhas, profissionais que submetem o local a esforço de forma constante e em esportistas, por exemplo. Os obesos têm mais chances de desenvolver essa condição. - Hérnia umbilical: surge na região do umbigo devido a um defeito no fechamento da cicatriz umbilical. Em geral, fecha após dois anos. Só se torna preocupante se persistir até a criança chegar aos cinco anos. - Hérnia incisional: ocorre em locais do abdome onde já foi realizada uma cirurgia. São resultantes da cicatrização inadequada. - Hérnia epigástrica: aparece na linha mediana do abdome. Acima ou abaixo da cicatriz umbilical. Surgem quando o paciente faz muita força com o abdome.

Quais os sintomas?

Dor, desconforto na região, vômito, náusea, prisão de ventre e inchaço estão entre os sintomas apresentados.

Como fazer o diagnóstico?

O exame clínico é capaz de detectar a presença da hérnia. O diagnóstico pode ser completado com exames de imagem como a ecografia e a ressonância magnética.

Qual o tratamento?

As hérnias só podem ser curadas com tratamento cirúrgico. Porém, em boa parte dos casos não há a necessidade da operação. O médico pode acompanhar o desenvolvimento da hérnia no caso de ela não trazer prejuízos graves ao paciente. Em períodos de crise, há a possibilidade do uso de medicamentos para diminuir a dor.

Possui uma dúvida concreta sobre Hérnia Abdominal? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Hérnia Abdominal

Realizo todos os tipos de cirurgias de hérnia por videolaparoscopia e robótica.
Dr. Renato Hiroaki Yamashita
Dr. Renato Hiroaki Yamashita Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Coloproctologista

|

Guarulhos

A presença de abaulamento ou aumento de alguma região no abdômen, que piore com esforço físico, pode se tratar de uma hérnia abdominal. O seu tratamento é cirúrgico.
Dr. Daniel Kruglensky
Dr. Daniel Kruglensky Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

|

São Paulo

Hérnia abdominais são falhas naturais ou adquiridas da parede do abdome em que evidenciamos abaulamentos. Os mais comuns são nas virilhas ( hérnia inguinais) e na região umbilical( hérnia umbilical). O seu diagnóstico é através de um exame físico adequado realizado por um médico e em casos de dúvidas, pode -se realizar um USG de parede abdominal ou uma tomografia. O tratamento é realizado de forma cirúrgica, podendo ser por via aberta ou po vídeolaparoscopia. Quando realizado o diagnóstico é um importante programar o quanto antes a cirurgia a fim de evitar complicações como encarceramento ou estrangulamento, que são condições cirúrgicas de urgência.
Dr. João Bergamasco
Dr. João Bergamasco Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

|

Manaus

São defeitos da parede abdominal que podem ocorrer devido à defeitos congênitos (de nascença) ou enfraquecimento do tecido da parede abdominal por distúrbios do colágeno. O tratamento das hérnias é sempre cirúrgico. Atualmente são implantadas telas no local de fraqueza da hérnia criando fibrose que fortalece tecido. Pode ser feita por via aberta (corte) ou videlaparoscópica (por furos). Por video leva a menos dor , estética e retorno precoce atividades trabalho e esportivas. A hérnia deve ser sempre operada pelo risco de estrangulamento do intestino que leva a complicações graves e fatais como peritonite fecal. O paciente também pode ficar com sequelas como bolsa de colostomia para fezes.
Prof. Dr. Sergio Renato Pais-Costa
Prof. Dr. Sergio Renato Pais-Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral, Oncologista

|

Brasilia

Ver mais

Tem perguntas sobre Hérnia Abdominal?

Nossos especialistas responderam 48 perguntas sobre Hérnia Abdominal.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A cirurgia não é das mais complexas e sim é necessário colocar outra tela.

  • 21
  • 2
  • 13
Dr. Diego Latini Maioli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Você deve procurar em especialista em Cirurgia Geral.

  • 5
  • 2
  • 1
Dr. Rodrigo Fabiano Guedes Leite Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Belo Horizonte

Marcar consulta

Um orifício de 3,3cm é considerado grande para hérnia umbilical, e bastante incomum não estar sendo visível. Essas suas queixas estariam relacionados a hérnia se o conteúdo da mesma for de alças intestinais, podendo gerar suboclusão. Sugiro consulta com cirurgião para exame físico e avaliação do exame de imagem para melhor elucidação do caso.

  • 194
  • 47
  • 84
Dr. Marcelo D'Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Olá, boa tarde. Vale a pena algumas considerações para você entender as possibilidades diagnósticas: 1) Uma hérnia ocorre, quando há uma falha (ruptura) na camada de dá sustentação ao abdome, neste caso, o nódulo que descreve poderia ser um conteúdo que está passando por este orifício. O diagnóstico, normalmente é clínico e US costuma selar o diagnóstico. Existem casos específicos, nos quais uma Tomografia poderia ajudar, mas isto é a excessão; 2) Um nódulo, abaixo da pele, também pode justificar o que descreve. Existem diversas possibilidades aqui e, felizmente, a maioria é benigna: Lipomas, Cistos Epidérmicos, Cisto de úraco (que é congênito); 3) Uma lesão de pele também é possível. Uma cicatriz exagerada no local (Ex.: Quelóide), uma infecção local (Ex.: Onfalite) e até mesmo um simples excesso de pele, pode simular um nódulo. Espero ter ajudado. Acho que, o que faltou em seu caso, não foi um bom exame ou um bom especialista, talvez apenas uma melhor explicação para você.

  • 15
  • 3
  • 37
Dr. Jose Luiz de Souza Neto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Natal

Ver as 48 perguntas sobre Hérnia Abdominal