Hiperemese Gravídica - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Hiperemese Gravídica

Os especialistas falam sobre a Hiperemese Gravídica

Náuseas acompanhadas ou não de vômitos, podem ocorrer em 50 a 90% de todas as gestações e são chamadas de êmese gravídica. Esses sintomas têm início entre 5 e 6 semanas de gestação, com picos em torno de 9 semanas, e usualmente declinam por volta de 16 a 18 semanas. No entanto, em 15 a 20% das gestantes os sintomas podem persistir até o terceiro trimestre. O desconforto pode ocorrer em qualquer horário mas pode persistir o dia todo. Uma pequena porcentagem das gestantes apresenta vômitos incoercíveis, levando a desidratação e desequilíbrio acidobásico e hidroeletrolítico, perda de peso e em alguns casos, disfunção hepática e renal. Essa forma é chamada hiperêmese requer hospitalização.
Dra. Ana Cecília Gonçalves Job
Dra. Ana Cecília Gonçalves Job Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Caetano do Sul

Tem perguntas sobre Hiperemese Gravídica?

Nossos especialistas responderam 4 perguntas sobre Hiperemese Gravídica.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá. Para hiperemese, as medicações anti-eméticas são fundamentais. Você pode usar Plasil, Plamet, Meclin, Dramin, Vonau. Existem medicações mais fortes como a Clorpromazina que são liberadas na gravidez. Medicações para o estômago como omeprazol, pantoprazol, ranitida vão lhe ajudar também. Alimentos gelados tem uma maior aceitação pelo estômago. Um fracionamento da dieta, comendo aos poucos a cada 3 horas e evitando distensão súbita do estômago, pode ajudar. Descartar algumas patologias como infecção de urina, hipertireoidismo, diabetes fazem parte deste seguimento pré-natal. O seguimento com nutricionista/nutrologa com uso de suplementos alimentares é importante. O seguimento psicológico e psiquiátrico também fazem parte do tratamento. O fato de você ter tido a hiperemese na primeira gravidez é um fator de risco para se repetir em outras gravidezes. O pior período é entre 9 e 13 semanas. As medicações são importantes mas o tratamento não é somente isso. Converse com o seu médico.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 3751
  • 1798
  • 2485
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Sim, mas a hiperêmese gravídica não é previsível e depende geralmente do nível de hormônio durante o inicio da gravidez, que pode variar muito de uma gestação para outra. Converse com seu médico.

  • 723
  • 710
  • 1253
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Tratar em casa?!? Mas já tomou dramin e meclin... Já tentou plasil e zoflan também?! Dieta seca e bem pouca, gelado ajuda... Fracionada...

  • 1010
  • 265
  • 1889
Welly Chiang Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Sintomáticos e orientação dietetica... Quais sintomáticos?! Está descrito: metoclopramida, dimenidrato, ondasentrona, piridoxina, e até prometazina.... Mas tudo tem de ser usado com orientação medica.... Mas antes de medicamentos. Tem outras medidas. Fracionamento da refeição... Pequenas porções em várias vezes, comida seca, sem gordura e gelada... Frutas e saladas bem lavadas.

  • 1010
  • 265
  • 1889
Welly Chiang Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Ver as 4 perguntas sobre Hiperemese Gravídica