Hiperidrose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Hiperidrose

Os especialistas falam sobre a Hiperidrose

Algumas pessoas (cerca de 0,6-1% da população mundial) tem uma sudorese aumentada, e este quadro recebe o nome de hiperhidrose. A queixa principal dos pacientes é quanto ao constrangimento social que esta situação os expõe. A maioria dos pacientes procura ajuda na adolescência. Esta é época da vida em que o contato social aumenta e a hiperidrose começa a incomodar de verdade. Quando o paciente apresenta hiperidrose localizada em mãos ou face ou axilas existe uma possibilidade de tratamento definitivo. Tal tratamento só é possível através de uma cirurgia, a simpatectomía torácica por videotoracoscopia.
Dr. Alan Pontes
Dr. Alan Pontes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Cirurgião torácico

|

Fortaleza

A sudorese excessiva é frequente em adultos jovens e adolescentes, com predomínio em mulheres. Não é doença grave mas é uma situação desconfortável que causa embaraço social, transtornos de relacionamentos e alterações psicológicas que levam ao isolamento social e menor produtividade no trabalho. A hiperidrose primária (sem causas externas ou endócrinas) é a indicação frequente para a realização da simpatectomia torácica. Também é possível conseguir bom resultado por meio de tratamento com medicação via oral (Oxibutinina); porém a escolha pela cirurgia é comum em casos bem selecionados. A simpatectomia bilateral por vídeo é simples e tem alta precoce (< 24 horas).
Prof. Dr. Ricardo Sales dos Santos
Prof. Dr. Ricardo Sales dos Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião torácico

|

São Paulo

A hiperidrose é caracterizada pelo suor excessivo e pode se manifestar em várias partes do corpo, sendo mais frequente nas mãos, axilas, face pés. Em alguns casos o tratamento é cirúrgico. Para uma adequada análise quanto a necessidade ou não de cirurgia, é fundamental a avaliação por um cirurgião torácico Caso uma cirurgia seja necessária, as técnicas cirúrgicas minimamente invasivas (com pequenos cortes, ao invés de grandes incisões) oferecem o tratamento com excelentes resultados, às custas de uma menor agressão ao organismo. O melhor aspecto estético, a menor dor pós-operatória, a recuperação mais rápida e com menos complicações fazem com que estas técnicas sejam nossa opção de escolha
Dr. Fernando Vannucci
Dr. Fernando Vannucci Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião torácico

|

Rio de Janeiro

A hiperidrose, popularmente conhecida como suor excessivo, é uma patologia que aparece nas axilas, palmas das mãos e pés. Essa doença pode ser causada por distúrbios emocionais, traumas, ou condição hereditária. Para conseguir bloquear os estímulos das glândulassudoríparas e reduzir a produção de suor, é possível realizar aplicação de toxina botulínica. O resultado desse procedimento dura, aproximadamente, seis meses.
Dra. Diana Marçal
Dra. Diana Marçal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Generalista

|

São Paulo

A Hiperidrose é uma condição benigna porém o suor excessivo (geralmente nas mãos e/ou axilas) gera prejuízo nas relações sociais e até no trabalho de quem a possui. Atualmente realizamos o tratamento definitivo com a cirurgia (Simpatectomia) por videotoracoscopia (incisões pequenas e com câmera de imagens) sob anestesia geral. É procedimento seguro e eficaz na maioria dos casos, com um dia de internação e retorno às atividades habituais após 15 dias da cirurgia. A consulta médica pré-cirúrgica e os exames pré-operatórios são fundamentais para o sucesso da cirurgia, redução de riscos inerentes ao ato cirúrgico e anestésico, e esclarecimento de dúvidas ao paciente.
Dr. Liu Estradioto
Dr. Liu Estradioto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião torácico

|

Curitiba

Ver mais

Tem perguntas sobre Hiperidrose?

Nossos especialistas responderam 82 perguntas sobre Hiperidrose.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A simpatectomia torácica é indicada para tratamento da sudorese excessiva das axilas, mãos, face e couro cabeludo. A cirurgia é pouco invasiva, realizada por videotoracoscopia e apresenta bons resultados. Contudo, um especialista deve ser consultado para avaliar se o procedimento será indicado para o paciente em questão.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 4
  • 2
  • 115
Dr. Flávio Brito

Cirurgião torácico

Brasília

A toxina botulinica atua apenas nas áreas onde é aplicada. O tratamento tem um custo elevado, pode haver dor quando da aplicação e o efeito é passageiro durando no máximo de 4 a 6 meses, devendo ser novamente repetido para se alcançar os mesmos resultados. A simpatectomia torácica é considerada como tratamento definitivo. A sudorese compensatória é uma complicação da cirurgia sem que possa ser prevista. Alguns pacientes apresentarão independente da técnica. Ao bem da verdade quantos mais níveis forem seccionados maior será o índice de hiperhidrose ou sudorese compensatória. A pessoa pode suar excessivamente em várias áreas do corpo como o tórax, costas, coxas, nádegas e pernas.

  • 500
  • 101
  • 704
Dr. Marcos Balieiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião torácico

Rio de Janeiro

O suor excessivo localizado (hiperidrose localizada), que pode acometer as mãos, axilas, face ou pés geralmente tem início ou se intensifica na adolescência. Porém pode começar desde os primeiros anos de vida assim como na vida adulta.

  • 15
  • 1
  • 0
Dr. Liu Estradioto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião torácico

Curitiba

Marcar consulta

Normal, não é. Mas pode acontecer. O ideal é que você seja avaliado por um especialista para saber se o seu caso pode ser considerado hiperidrose e qual seria a opção terapêutica mais apropriada.

  • 9
  • 1
  • 7
Dr. Fernando Vannucci Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião torácico

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 82 perguntas sobre Hiperidrose