Perguntas sobre Hipertensão

Tem perguntas sobre Hipertensão?

Nossos especialistas responderam 233 perguntas sobre Hipertensão.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Hipertensão

233Perguntas

702Respostas

378Especialistas de acordo

1755Pacientes agradecidos

Sim, é perfeitamente possível. Existem diversos pacientes que após mudanças de estilo de vida como perda de peso, reeducação alimentar e atividades físicas conseguem manter seus níveis pressóricos normais sem o uso de medicamentos. Não é errado, portanto, que o médico retire a medicação destes pacientes.

  • 100
  • 52
  • 134
Dr. João Antônio Martins de Araújo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Uberlândia

Ver as 6 respostas

Prezado, recomemdo passar assim que possível em um cardiologista para que o entreviste e examine e , se julgar necessário indicar uma prova de detecção de isquemia miocárdica (Teste de esforco, simples e/ ou com cintilografia de perfusão miocárdica, "stress-eco", TAC com qfr), pois sua P.A. demorou muito a normalizar. Não sei quais os seus niveis pressoricos prévios, nem sua aderência a um eventual tratamento. Há várias lacunas de informação em sua história e, reforçando, se não está sendo acompanhado por especialista, este é o ponto principal para evitar uma complicação cardiovascular grave!

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 187
  • 125
  • 236
Dr. Otavio Eboli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 6 respostas

Sim. Tenho casos de pacientes em meu consultório, inclusive, que após constatação de pressão elevada, introduziu-se medicamento anti hipertensivo e isso provocou desmaio devido a queda severa da pressão arterial. A pressão doença deve ser tratada. A pressão reativa não. Então o objetivo nessa sua situação é descobrir se a ansiedade é causa do aumento da pressão arterial ou se na verdade você tem uma doença hipertensiva com necessidade de uso crônico de anti hipertensivos.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 349
  • 144
  • 1060
Jairo Maia Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Santo André

Marcar consulta

Ver as 5 respostas

Procure um medico para melhor elucidação do caso.

  • Obrigado 8
  • 1 especialista está de acordo
  • 9
  • 3
  • 34
Dra. Bianca Borges Butterby

Médica clínica geral

Goiânia

Ver as 5 respostas

Normalmente isso se dá a médio e longo prazo, quando não há controle e acompanhamento adequados. Entretanto, pode ocorrer acometimento a curto prazo nos casos de emergências hipertensivas.

  • 63
  • 47
  • 110
Dr. Rafael Macedo Mustafé Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Uberlândia

Marcar consulta

Ver as 5 respostas

Olá. A aferição acima de 90 é um pouco mais elevada que o considerado normal, porém, se essa pressão foi aferida após esforço ou com técnica inadequada, tal aferição não poderá ser contabilizada. Sugiro que procure um clinico geral para melhor avaliação.

  • 86
  • 29
  • 64
Dr. Fábio Akio Nishijuka Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Rio de Janeiro

Ver as 4 respostas

Ola! Esse relato não é verdadeiro! A pressão arterial dever ser sempre medida por aparelhos (esfigmomanômetro) sejam eles manuais , semi automáticos ou automáticos, além disso esses equipamentos devem ser validados e sua calibração deve ser verificada anualmente de acordo com Inmetro. A pressão deve ser verificada no braço com um manguito com tamanho adequado e idealmente por um profissional da area da saude. Faça sempre avaliação com um médico para avaliação adequada da pressão arterial e diagnóstico correto. Nunca se automedique ou busque outras formas de avaliar a pressão arterial.

  • 47
  • 74
  • 87
Dra. Bruna Henares

Cardiologista, Médica clínica geral

São Paulo

Ver as 4 respostas

A pressão arterial irá baixar gradualmente e se estabilizará no mínimo que seu organismo atingirá com esta dose em torno de três semanas. Deve-se considerar que ,se reduzir o uso de sal, aumentar o esforço físico e perder peso, ela poderá baixar mais.

  • 2
  • 3
  • 2
Daniela M. Menezes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Generalista

Salvador

Ver as 4 respostas

O mecanismo de ação desses dois fármacos são semelhantes e se usados em conjunto podem prejudicar a função dos rins e aumentar os níveis de potássio de forma a propiciar a ocorrência de arritmias graves.

  • 105
  • 42
  • 62
Filipe Rego Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

Natal

Marcar consulta

Ver as 4 respostas

Depende. Com certeza a redução de sal ajudaria o controle da hipertensão, uma vez que uma dieta rica em sódio prejudica o controle pressórico, sobretudo em idosos e pacientes com disfunção renal , que apresentam uma hipertensão denominada "sal sensível ".Entretanto a hipertensão primária é multifatorial, com vários mecanismos genéticos e ambientais envolvidos. Desta forma, com certeza ajudaria no controle pressórico, mas não necessariamente "curaria" a hipertensão , uma vez que há outros mecanismos envolvidos na gênese da mesma.

  • 125
  • 79
  • 436
Fabio Humberto Ribeiro Paes Ferraz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nefrologista

Brasília

Ver as 4 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: