Holoprosencefalia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Holoprosencefalia

Tem perguntas sobre Holoprosencefalia?

Nossos especialistas responderam 15 perguntas sobre Holoprosencefalia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A consulta com neonatologista ou geneticista provavelmente fará objeção a nova gravidez.

  • 256
  • 34
  • 348
Dr. Julio Gallani da Cunha Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Santos

Marcar consulta

Esta é uma malformação de sistema nervoso central muito grave. Geralmente, os bebês afetados por formas muito severas não sobrevivem ou falecem na infância. Aqueles com formas mais leves sobrevivem e apresentam importante atraso de desenvolvimento, geralmente acompanhado de crises convulsivas de difícil controle. Como o padrão de herança genético é variado, não deixem de ter seu bebê avaliado por um geneticista e levem esta avaliação em consideração quando planejarem nova gestação no futuro.

  • 6
  • 7
  • 19
Dra. Antonette Souto El Husny

Geneticista

Belém

Os defeitos genéticos da formação embriológica da lionha média o sistema nervoso central podem ter causas variadas. Estes defeitos são denominados de holoprosencefalias. dependendo da confirmação desse diagnóstico pela imagem nos exames de tomografia e principalmente ressonância de crânio. Pode-se estabelecer um diagnóstico preciso por esse exames e determinar o risco de recorrência. O US gestacional não é o melhor exame para confirmação desse diagnóstico.

  • 8
  • 0
  • 1
Dr. Marco Antônio de Paula Ramos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Geneticista, Pediatra

São Paulo

Em alguns casos, pode haver óbito intraútero ou até mesmo neonatal (nos primeiros dias de vida). Entretanto há casos menos graves, sem, por exemplo, estar associados a cardiopatia congênita, que pode levar a vários anos de vida. O ideal é realizar uma consulta com médico geneticista e um médico fetal para melhor avaliação do seu caso.

  • 135
  • 13
  • 35
Dr. Caio Graco Bruzaca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Geneticista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 15 perguntas sobre Holoprosencefalia