HPV - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre HPV

Informação sobre HPV

Nomes alternativos: Infecções Por Papillomavirus, Vírus do papiloma humano.

 

O HPV é um vírus localizado no trato genital com vários sorotipos. Alguns deles são produtores de verrugas e outros responsáveis ​​por lesões pré-malignas e malignas.

Possui uma dúvida concreta sobre HPV? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a HPV

O vírus hpv afeta cerca de 30% da população brasileira mas com a maioria dos portadores deste vírus sendo assintomáticos. os exames de sangue não detectam este vírus. Costuma se manifestar com verrugas genitais que devem ser retiradas. Cerca de 90% dos canceres de útero na mulher e 50% dos canceres de pênis no homem estão associados a este vírus. são também responsáveis por câncer de anus e boca. A vacina é muito útil para prevenção em homens e mulheres virgens a partir dos 9 anos de idade.
Dr. Ronaldo Sergio Sampaio Dantas
Dr. Ronaldo Sergio Sampaio Dantas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

|

Salvador

O papiloma vírus humano (HPV) é um vírus transmitido sexualmente e o principal responsável pelo câncer de colo uterino e pelas verrugas genitais. A prevenção do câncer de colo é feita pela colpocitologia oncótica (papanicolaou) com o objetivo de identificar e tratar as lesões iniciais que são as neoplasias intracervicais (NIC), quando indicado O vírus do HPV não tem um tratamento específico, mas melhorias na imunidade, como parar o tabagismo e estilo de vida saudável ajudam nosso corpo a combater e manter o vírus inativo. Em alguns tipos de lesões causadas pelo HPV, o tratamento cirúrgico pode ser indicado e inclui cauterização, laser, e conização do colo uterino.
Dra. Marina De Paula Andres
Dra. Marina De Paula Andres Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Fiz meu Doutorado em HPV pela Clínica Urológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP Publiquei um livro ganhador do Prêmio Jabuti: HPV na Prática Clínica Sobre a vacina do HPV: Existem duas vacinas profiláticas contra HPV aprovadas e registradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e que estão comercialmente disponíveis: a vacina quadrivalente, da empresa Merck Sharp & Dohme (nome comercial Gardasil), que confere proteção contra HPV 6, 11, 16 e 18; e a vacina bivalente, da empresa GlaxoSmithKline (nome comercial Cervarix), que confere proteção contra HPV 16 e 18. Visite pagina web.
Prof. Charles Rosenblatt
Prof. Charles Rosenblatt Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

|

São Paulo

O HPV é uma doença sexualmente transmissível causada pelo virus papiloma humano, pode evoluir para câncer ou acometer a genitália em forma de verrugas, mas existe tratamento que consiste na cauterização com ácido tricloacético. Procedimento particular realizado no consultório médico. valor: 240,00 (por 3 sessões), intervalo de 1 semana cada sessão. Para maiores informações marque uma consulra.
Dra. Marcela dos Santos Queiroz David
Dra. Marcela dos Santos Queiroz David Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

Muitas pessoas com HPV não desenvolvem nenhum sintoma, mas ainda podem infectar outros indivíduos pelo contato sexual. Os sintomas podem incluir verrugas nos órgãos genitais ou na pele circundante. Não há cura para o vírus, e as verrugas podem desaparecer por conta própria. O tratamento visa eliminar as verrugas.
Dr. Erastos Brancalhão
Dr. Erastos Brancalhão Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Birigui

Ver mais

Tem perguntas sobre HPV?

Nossos especialistas responderam 440 perguntas sobre HPV.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Você deve procurar um urologista para ele avaliar essas lesões e te propor a melhor forma de tratamento. Não postergue!

  • 71
  • 28
  • 89
Guilherme Philomeno Padovani Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

São Paulo

Marcar consulta

Oi, tudo bom? O organismo, em geral, consegue eliminar o virus do HPV em até 2 anos, processo que chamamos de clareamento. Como e' um virus prevalente, acabamos nos recontaminando novamente. As chances de transmissão aumentam quando você apresenta lesão, como verrugas na vulva. As lesões tem tratamento com elevadas taxas de sucesso, e sempre orientanos um seguimento com um especialista após.

  • Obrigado 6
  • 1 especialista está de acordo
  • 551
  • 409
  • 734
Mariana de Sousa Ribeiro de Carvalho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Belém

Marcar consulta

Olá. O ASC-US não necessariamente é uma lesão provocada pelo HPV. O seguimento desta lesão é para descartar uma lesão pelo HPV. Essa lesão não é um câncer. O seguimento do ASC-US é através da repetição do Papanicolaou em 6 meses, sem necessidade de colposcopia ou biópsia de colo uterino na avaliação inicial. O HPV não é detectado pelo Papanicolaou ou biópsia. Essea exames detectam as lesões provocadas pelo HPV mas não o virus. Fique tranquila. Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Discuta o seu tratamento e diagnóstico.

  • 5333
  • 2287
  • 3984
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Olá. A vacina quadrivalente protege contra os 4 subtipos virais mais comuns. Existem mais de 35 subtipos que infectam a região genital. A vacina reduz a incidência das lesões pelo HPV como verrugas e lesões no colo uterino, mas o risco de infecção pelo HPV nunca será nulo ou zero. A realização da vacina não desobriga a mulher de ir nas consultas ginecológicas e colher o Papanicolaou. O seu parceiro sexual precisa procurar atendimento médico. Ele pode ter a mesma lesão que você tem no colo uterino. Solicite ao seu médico exames para descartar outras doenças sexualmente transmissíveis como HIV, hepatite B e C e sífilis Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Se essa lesão foi detectada no Papanicolaou, ela precisa ser confirmada através da biópsia guiada por colposcopia. Se essa biópsia confirmou a lesão de alto grau, você deverá fazer a conização ou cirurgia de alta frequência.

  • 5333
  • 2287
  • 3984
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 440 perguntas sobre HPV