HPV - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre HPV

Informação sobre HPV

Nomes alternativos: Infecções Por Papillomavirus, Vírus do papiloma humano.

 

O HPV é um vírus localizado no trato genital com vários sorotipos. Alguns deles são produtores de verrugas e outros responsáveis ​​por lesões pré-malignas e malignas.

Possui uma dúvida concreta sobre HPV? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a HPV

Preventivos alterados com presença de HPV devem ser avaliados através de um ex. chamado colposcopia e se necessário biópsia. Ao sair o resultado desta biopsia procede- se então o tratamento ,que pode ser conservador ou cirúrgico. Depois deverá ser feito um seguimento protocolar e a seguir a paciente pode retornar a realizar seus preventivos normais.
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

O VÍRUS HPV AFETA CERCA DE 30% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA MAS COM A MAIORIA DOS PORTADORES DESTE VÍRUS SENDO ASSINTOMÁTICOS. OS EXAMES DE SANGUE NÃO DETECTAM ESTE VÍRUS. COSTUMA SE MANIFESTAR COM VERRUGAS GENITAIS QUE DEVEM SER RETIRADAS. CERCA DE 90% DOS CANCERES DE ÚTERO NA MULHER E 50% DOS CANCERES DE PÊNIS NO HOMEM ESTÃO ASSOCIADOS A ESTE VÍRUS. SÃO TAMBÉM RESPONSÁVEIS POR CÂNCER DE ANUS E BOCA. A VACINA É MUITO ÚTIL PARA PREVENÇÃO EM HOMENS E MULHERES VIRGENS A PARTIR DOS 9 ANOS DE IDADE.
Dr. Ronaldo Sergio Sampaio Dantas
Dr. Ronaldo Sergio Sampaio Dantas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

|

Salvador

O papiloma vírus humano (HPV) é um vírus transmitido sexualmente e o principal responsável pelo câncer de colo uterino e pelas verrugas genitais. A prevenção do câncer de colo é feita pela colpocitologia oncótica (papanicolaou) com o objetivo de identificar e tratar as lesões iniciais que são as neoplasias intracervicais (NIC), quando indicado O vírus do HPV não tem um tratamento específico, mas melhorias na imunidade, como parar o tabagismo e estilo de vida saudável ajudam nosso corpo a combater e manter o vírus inativo. Em alguns tipos de lesões causadas pelo HPV, o tratamento cirúrgico pode ser indicado e inclui cauterização, laser, e conização do colo uterino.
Dra. Marina De Paula Andres
Dra. Marina De Paula Andres Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

A infecção pelo HPV é uma das doenças de transmissão sexual mais comum em todo o mundo.Cerca de 90% dos casos de câncer de colo uterino tem relação com a infecção pelo HPV. Acomete homens, mulheres que já tenham iniciado sua vida sexual.A infecção pode se manifestar como verrugas na região genital ou sob a forma subclínica que será detectada pelo Preventivo e pela colposcopia. A transmissão mais comum é pelo contato direto durante as relações sexuais. A paciente que descobre a infecção pelo HPV, frequentemente, apresenta medo, ansiedade, depressão, raiva e sentimento de culpa, com redução da sua qualidade de vida. Converse com seu ginecologista e não deixe de usar "camisinha".
Dra. Aparecida Monteiro
Dra. Aparecida Monteiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

HPV e um virus de transmissao sexual, com predisposicao pela regiao perineal e colo uterino. Existem quase 200 tipos de HPV que se dividem em baixo e alto risco. Os de baixo risco estao mais associados as verrugas genitais, enquanto os de alto risco se associam com lesoes do colo uterino e ate cancer cervical. Nao existe tratamento do virus, mas sim das complicacoes causadas por eles. Nas verrugas sao usados metodos destrutivos (acido, laser, cauterizacao, retirada ou medicacao imunologica) e as lesoes do colo uterino sao tratadas conforme seu grau, de acordo com protocolos mundiais. Unica forma de protecao ao virus e a vacina contra HPV (segura e eficaz)
Dra. Debora Santos dos Santos
Dra. Debora Santos dos Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Curitiba

Ver mais

Tem perguntas sobre HPV?

Nossos especialistas responderam 295 perguntas sobre HPV.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Você deve procurar um urologista para ele avaliar essas lesões e te propor a melhor forma de tratamento. Não postergue!

  • 68
  • 24
  • 65
Guilherme Philomeno Padovani Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

São Paulo

Marcar consulta

Ao diagnosticar HPV, o profissional de saúde deve informar ao paciente que o vírus pode ficar ate 20 anos no organismo. As vezes a pessoa nem se deu conta da contaminação, e quando o vírus se manifesta, fica a desconfiança quem transmitiu pra quem. Se você tem dúvida quanto ao diagnostico, procure outro médico e faça novo exame, o resultado e imediado assim como o tratamento também. Lembrado, o tratamento não é sinônimo de cura. O HPV tem tratamento mas não tem cura. Abs

  • 426
  • 193
  • 473
Dr. Sebastião Nascimento Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo, Sexólogo

Manaus

Poderá ocorrer retorno de verrugas genitais sim. O ideal é que mantenha seguimento regular com um urologista. Abraço

  • 286
  • 74
  • 128
Dr. Roberto Monteiro de Barros Medeiros Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Olá. O fato de você não ter verrugas genitais (infecção clínica) e de sua peniscopia está normal ( não tem infecção subclínica), não descarta a presença de uma infecção crônica e latente. O vírus pode estar na região genital, glandulas e sêmen. Você pode pegar o vírus HPV, eliminar o vírus e evoluir para cura sem desenvolver qualquer lesão. Não há indicação de fazer qualquer exame para detectar o vírus como a captura híbrida. Se você foi exposto ao vírus, agende consultas de reavaliação para avaliar o desenvolvimento de lesões clínica e subclínicas. Oriente seus parceiros sexuais a agendar consultas médicas para descartar infecção pelo HPV. Solicite ao seu médico exames de triagem para as outras doenças sexualmente transmissíveis como HIV, hepatite B, hepatite C e sífilis. Converse com o seu médico.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 2062
  • 1129
  • 1192
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 295 perguntas sobre HPV