Labirintite - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Labirintite

Informação sobre Labirintite

É uma alteração do equilíbrio do corpo humano. Ocorre por inflamação ou infecção do labirinto do sistema vestibular que controla o equilíbrio. Os sintomas mais comuns são tontura, vertigem, náusea, vômito, zumbido.

Possui uma dúvida concreta sobre Labirintite? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Labirintite

Embora seja um termo frequentemente utilizado por leigos para se referir a qualquer tipo de vertigem, a Labirintite é apenas uma das diversas doenças que cursam com tontura. Labirintite significa “inflamação do labirinto”. O diagnóstico consiste em exames para confirmar a hipótese e excluir outras doenças do labirinto que se apresentam com sinais e sintomas semelhantes. O tratamento para labirintite propriamente dita, deve ser feito com intuito de erradicar o agente causador.
Dra. Lucia Joffily
Dra. Lucia Joffily Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

, Otorrino

|

Rio de Janeiro

"Labirintite" é um termo utilizado pelo público leigo para designar qualquer problema relacionado à tontura, vertigem ou desequilíbrio. Assim, a possibilidade de diagnósticos é enorme. A principal arma do médico nessa investigação é a Anamnese, ou seja, uma história clínica rica e detalhada. Os exames complementares podem ajudar, e incluem: exames de sangue, Ressonância, Audiometria, Nistagmografia, Ultrassom, entre outros. Para o tratamento, podem ser utilizadas medicações, mudanças de estilo de vida e a reabilitação vestibular.
Dr. Henrique Penatti
Dr. Henrique Penatti Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Piracicaba

1- O que é e o que causa a Labirintite? Labirintite é uma afecção (inflamação ou infecção) que atinge o órgão responsável pelo equilíbrio, o labirinto. Dentre as principais causas temos: infecção viral, bacteriana, distúrbios emocionais, traumas físicos, uso indevido de drogas e medicamentos, alimentação incorreta, baixa de imunidade ou mesmo causas secundárias a outras patologias (otites, meningites, etc). Hoje em dia é prudente fazermos uma avaliação laboratorial destes pacientes, devido a tontura oriunda destes distúrbios se confundir com tonturas de causa labiríntica (tireoide, glicose, colesterol, tumores neurológicos).
Dr. Jose Stenio Ponte Dias Filho
Dr. Jose Stenio Ponte Dias Filho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Brasilia

Labirintite é um distúrbio do ouvido interno de várias origens. O paciente sente tonteira rotatória ( vertigem ), náusea, vômito, zumbidos e surdez. Estes sintomas podem durar segundos, horas e até dias. Podem ocorrer ao movimentar a cabeça ou em repouso. O diagnóstico depende do exame clínico, exames de audiometria, do equilíbrio ( Videonistagmografia ) e exames de sangue. O quadro pode ser agudo ou crônico. Podem ocorrer crises em todas as idades, desde a infância a idosos. O tratamento é com medicação, as vezes fisioterapia labiríntica e cirurgias otológicas. A cura depende da causa, estado de saúde e idade do paciente. No idoso causa quedas com traumatismos as vezes graves.
Humberto Camara Pimenta Soares
Humberto Camara Pimenta Soares Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Divinopolis

Enfermidades que podem cursar com vertigem, hipoacusia, plenitude auricular e zumbido. Possuem várias causas, cada uma com um tratamento específico. As causas podem ser idiomáticas, inflamatórias, infecciosas, traumáticas e etc. As modalidades de tratamento podem incluir orientações, medicamentos e cirurgias. As doenças relacionadas incluem vertigem postural paroxistica benigna, vertigem paroxistica benigna da infância, doenças do ouvido médio, enxaqueca, hidropisia endolinfática, doença de meniére, neuronite vestibular, tumores do ângulo ponto-cerebelar, acidente vascular encefálico, esclerose múltipla, vertigem de causa cervical, traumatismo crânio-encefálico, migrânea vestibular e etc.
Dr. Emidio Oliveira Teixeira

Otorrino

|

Montes Claros

Ver mais

Tem perguntas sobre Labirintite?

Nossos especialistas responderam 45 perguntas sobre Labirintite.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Popularmente chamadas de Labirintites, as Labirintopatias (ou doenças do labirinto) normalmente causam sintomas como tontura giratória, zumbido nos ouvidos, surdez ou sensação de ouvidos tampados e náuseas ou vômitos. O Labirinto se localiza na parte interna do ouvido ( a orelha interna), por isso estão estão associados a sintomas auditivos. Podem acontecer por diversas causas, desde algum distúrbio metabólico, alimentação inadequada até alguma doença genética ou inflamatória/infecciosa que acometa o labirinto.

  • 3
  • 6
  • 12
Dr. Thiago Villela Bolzan

Otorrino

São Paulo

Boa tarde! A tontura tem mais de 200 causas possíveis e acostumamos a chamar tudo genericamente de labirintite. A primeira coisa que deve ser feita no seu caso é tentar identificar o tipo e qual a causa da sua tontura. Muitos fatores contribuem para as sensações de vertigem, desequilíbrio ou instabilidade, desde alterações no metabolismo (diabetes, intolerância a glicose, elevação do colesterol, alterações hormonais), alterações no labirinto (VPPB, doença de Meniere) e até mesmo no sistema nervoso central. Após uma história clínica bem minuciosa e eventuais exames complementares é estabelecido o diagnóstico e então pode-se propor um tratamento individualizado para o seu caso. Espero tê-lo ajudado. Abraço.

  • 22
  • 24
  • 15
Dr. Deusdedit Brandão Neto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

São Paulo

Marcar consulta

Caro paciente, O Labirin ou Betaistina, é um compensador labiríntico, que tem função em uso prolongado, quando bem indicado. Se você está precisando de usar “intermitentemente” uma medicação, seu diagnóstico pode ainda não ter sido concluído corretamente. Sugiro que você não faça uso de nenhuma medicação sem prescrição médica, mesmo as que não contém tarjas. O otorrino que estuda o equilíbrio é o especialista em Otoneurologia. Busque um em sua cidade e não faça auto prescrição! Abraços

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 49
  • 11
  • 74
Dra. Patrícia Mano Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Prezado/a paciente internauta, Em geral, a labirintite não causará propriamente surdez, mas sim, aquilo que gera a labirintite, também poderá gerar a surdez... Os órgãos que integram as informações do corpo no espaço e aquele responsável pelo sentido da audição são, na realidade, co-relacionados, funcionando através de sistemas em paralelo dos ouvidos a áreas centrais no cérebro, como se fossem um mesmo ministério, com seus dois ministérios. Assim, boa parte das doenças que acometem um, também irão atingir o outro - não à toa, é fato que a incidência de labirintite em portadores de deficiência auditiva é muito maior e vice-versa. Convém citar, embora não seja esta a forma mais comum de labirintopatia, a Doença de Ménière. Nela, temos uma característica específica, que é a associação ainda maior entre disfunção labiríntica e déficit auditivo, com o agravante de que de as crises vão piorando progressiva e irreversivelmente a audição.

  • 1288
  • 444
  • 1087
Dr. Gustavo Guagliardi Pacheco

Medico do Sono, Otorrino

Rio de Janeiro

Ver as 45 perguntas sobre Labirintite