Leucorréia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Leucorréia

Os especialistas falam sobre a Leucorréia

A leucorréia ou simplesmente corrimento vaginal em geral é causada por uma infecção que pode ser causada por fungos, bactérias ou protozoários. As causas mais comuns são: por fungo, denominada de candidíase, causa corrimento branco ou esverdeado, com coceira vulavar,sem odor fétido, com grumos semelhantes ao leite coalhado.A causada por bactéria por ser uma infecção bacteriana mista ou pela Gardnerella vaginalis , que causa um corrimento branco-acinzentado, com odor fétido. Uma outra causa de corrimento é pelo Tricomonas que també pode apresentar odor e geralmente é bolhoso e causa irritação urinárias. O diagnóstico é eminentemente clínico o que diferencia o médico completo, que examina.
Julio Mayer de Castro Filho

Ginecologista

|

Osasco

Tem perguntas sobre Leucorréia?

Nossos especialistas responderam 2 perguntas sobre Leucorréia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá. O mais indicado é ir em um ginecologista para realizar um exame ginecológico, informe para ele os medicamentos que você já fez uso. Conte sua história. Se isso já foi feito, e ainda assim continua, sugiro procurar uma segunda opinião. Um abraço.

  • 6
  • 11
  • 11
Dr. Danylo Honorato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Sorocaba

É necessário avaliar a secreção, pois o aspecto é sugestivo do acometimento, em geral. Agende consulta para melhor avaliação. Até.

  • 355
  • 91
  • 1187
Dra. Danieli Barreto Ferreira

Ginecologista

Rio de Janeiro

Ver as 2 perguntas sobre Leucorréia