Luxação Patelar - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Luxação Patelar

Os especialistas falam sobre a Luxação Patelar

Trata-se da situação em que a patela (osso da frente do joelho) desloca-se fora do seu trilho habitual podendo “sair” (luxar) com pequenos esforços ou espontaneamente.A instabilidade de patela apresenta como principais sintomas:1.-dor na região anterior do joelho;2.-sensação de instabilidade na região anterior (patela) do joelho;3.-episódios de luxação de patela. Esse quadro ocorre com mais frequencia em mulheres com joelho valgo (em “X”) por apresentarem maior predisposição a instabilidade patelar.O tratamento desse quadro não depende de cirurgia na maior parte dos casos. Nos casos em que o tratamento não cirúrgico não é suficiente, pode-se necessitar de cirurgia.
Dr. Ulbiramar Correia
Dr. Ulbiramar Correia Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

|

Goiânia

A patela é o osso móvel localizado na frente do joelho. Luxação patelar é a condição onde a patela "sai do lugar", ou seja, ela se desloca do seu sulco no fêmur ( tróclea femoral ). A luxação da patela pode acontecer em joelhos anatomicamente normais, mas é mais comum nos joelhos que apresentam alterações anatômicas que predispõem a patela a sair do lugar. O tratamento da luxação da patela pode ser conservador ou cirúrgico. Exames de imagem, como RX, tomografia computadorizada e ressonância magnética, são essenciais para ajudar o médico especialista a indicar o melhor tratamento.
Dr. Adriano Karpstein

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

|

Curitiba

Esta é uma condição complexa e pouco compreendida por muito médicos, pois possui muitos fatores envolvidos e diversos níveis de comprometimento. O tratamento pode ser cirúrgico ou não, dependendo da gravidade, e mesmo dentro do tratamento cirúrgico ha diversas técnicas e detalhes a serem abordados de acordo com necessidades específicas de cada caso. A instabilidade da patela é um dos temas que mais gosto no joelho, e por isso tenho grande experiencia e ótimos resultados com tratamento cirúrgico, quando necessário.
Dr. Leandro Queiroz Pinheiro
Dr. Leandro Queiroz Pinheiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

|

Ribeirão Preto

O tratamento conservador é sempre tentado em pacientes que sofreram o 1º episódio de luxação de patela, com exceção nos casos em que ocorre avulsão óssea da inserção do LPFM, nesta situação o tratamento ideal é o cirúrgico. O tratamento conservador consiste em fortalecimento muscular dos membros inferiores, com ênfase no fortalecimento do quadríceps . Quando o tratamento conservador não obtem sucesso, o tratamento cirúrgico passa a ser indicado. A cirurgia é também indicada nos casos de Luxação permanente, e luxação habitual da patela. A cirurgia para Instabilidade Femuro-patelar do joelho consiste em tratar as alterações detectadas em cada paciente, a recuperação pós-operatória é variável.
Dr. José Leonardo Rocha de Faria
Dr. José Leonardo Rocha de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

|

Rio de Janeiro

A luxação de patela é uma patologia comum na cirurgia de joelho. Consiste no deslocamento lateral da patela (rótula) durante movimento de rotação. É mais comum em mulheres e em geral os episódios começam na adolescência, podendo ser bilateral. O tratamento inicial após o entorse é geralmente conservador, visando minimizar dor e derrame articular (famosa água no joelho). A articulação deve ser estudada com exames de imagem pra definir se há a necessidade e qual procedimento cirúrgico deve ser feito.
Dr. Saulo Morais Rodrigues de Castro
Dr. Saulo Morais Rodrigues de Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

|

Brasília

Ver mais

Tem perguntas sobre Luxação Patelar?

Nossos especialistas responderam 10 perguntas sobre Luxação Patelar.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

a maioria dos tratamentos para Luxação patelar são feitos com fisioterapia porque ali o profissional consegue avaliar alterações oriundas do quadril, lombar ou pé. Sugiro que procure um fisioterapeuta baseado em evidencias (especialista) que lhe ajude a traçar um tratamento para seu caso. EStou a disposição para sanar suas dúvidas. Espero ter ajudado.

  • 112
  • 19
  • 57
Eder Marcos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Fisioterapeuta, Quiropraxista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Se você teve a luxação após um trauma e não tem fatores predisponentes para a instabilidade da patela (isso teria que ser avaliado pessoalmente), a chance de nova luxação é um pouco menor. A sua sensação de frouxidão pode ser apenas subjetiva. Uma análise através de exame fisicom por profissional da área pode te indicar algum tipo de órtese/joelheira apropriada ou simplesmente lhe liberar para o esporte.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 154
  • 31
  • 98
Dr. Felipe Brasil Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

Fortaleza

Marcar consulta

O ideal é a realização de uma avaliação médica ortopédica antes de iniciar as atividades físicas. Por meio desta avaliação será confirmado o seu diagnóstico, verificada a presença ou não de alterações associadas e os cuidados necessários serão indicados. O tratamento da condropatia patelar (desgaste da cartilagem da patela) é multidisciplinar e a atividade física realizada corretamente é um dos seus pontos fundamentais.

  • 48
  • 26
  • 64
Dr. Bernardo Garcia Barroso Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

Serra

Marcar consulta

Se o tratamento era para ser cirúrgico e você não se submeteu à cirurgia, poderá ter que conviver com alguma sequela decorrente de deixar de tratar corretamente a fratura. Seu médico, após analisar seus exames, poderá dizer quais limitações você poderá ter.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 2871
  • 562
  • 5264
Dr. Adriano Karpstein

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

Curitiba

Ver as 10 perguntas sobre Luxação Patelar