Malformação De Arnold-Chiari - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Malformação De Arnold-Chiari

Os especialistas falam sobre a Malformação De Arnold-Chiari

A malformação de Chiari é decorrente do subdesenvolvimento da fossa posterior que acarreta compressão das estruturas craniocervicais e obstrução da circulação liquórica. Para definir o tratamento é necessário a avaliação dos exames de imagem, a presença de siringomielia e o quadro clínico do paciente.
Dr. Dener Zandonadi
Dr. Dener Zandonadi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião, Neurologista

|

São Luís

A Malformação de Chiari tipo 1 é uma alteração geralmente diagnosticada na idade adulta, e se caracteriza pela herniação de uma região do cerebelo chamada tonsila através forame magno. Esse forame faz a comunicação do crânio com a região do pescoço, e por ele passa a medula. Em 15 a 30% dos pacientes esta malformação é assintomática, e no restante o principal sintoma é a dor de cabeça na região da nuca, podendo a dor irradiar para a região cervical, braços, e até causar fraqueza dos membros. Nos pacientes assintomáticos é possível tratar de forma conservadora, mas naqueles que apresentam sintomas importantes o tratamento geralmente é cirúrgico, com bons resultados.
Dr. Renvik Demauir
Dr. Renvik Demauir Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

|

Rio de Janeiro

Tem perguntas sobre Malformação De Arnold-Chiari?

Nossos especialistas responderam 94 perguntas sobre Malformação De Arnold-Chiari.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Após a cirurgia podem haver sinais/sintomas: 1) Revertidos: melhora total de um sinal/sintoma presente no pré-operatório; 2) Residuais Temporários: de melhora parcial variável entre nula e total, 0-100% (a depender de se as estruturas neurológicas foram lesadas: se parcial ou totalmente, e se definitivamente ou reversivelmente; geralmente à depender de HÁ quanto tempo foi feita a cirurgia, POR quanto tempo de evolução sintomática e quão intensamente/gravemente a doença progrediu), ou; 3) Sequelares: são aqueles sinais/sintomas residuais que tiveram uma evolução desfavorável (sem recuperação alguma ou com recuperação parcial insuficiente, trazendo prejuízos funcionais de caráter estável, definitivo e, infelizmente, irreversível...); 4) Recrudescentes: são sinais/sintomas que voltam (se haviam desaparecido) ou pioram (se vinham mantendo platô evolutivo estável). Para esclarecer adequadamente seria necessário um inventário clínico/semiológico/radiológico de toda a evolução vs. atual.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 9
  • 2
  • 10
Dr. Thiago Márcio De Medeiros Maciel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

São Paulo

Marcar consulta

Olá! A malformação de Arnold-Chiari é uma patologia muito frequente no Brasil. Os neurocirurgiões tratam desse problema. A secção do filum terminal permite a liberação da medula presa e é um dos tratamentos possíveis. Agende uma consulta para avaliação do seu caso.

  • 24
  • 2
  • 14
Dr. Matheus Felipe Borges Lopes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

São Paulo

Marcar consulta

Ola, no pós-operatório de Malformação de Arnold-Chiari o paciente não fica entubado, e sim acordado e respirando por conta própria. Como a cirurgia é feita na parte de trás do crânio o rosto não fica edemaciado.

  • 49
  • 30
  • 43
Dr. Renvik Demauir Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Em pacientes assintomáticos, a conduta é acompanhar. A cirurgia para descompressão da fossa posterior não mexe em estruturas do sistema nervoso central, mas não é totalmente livre de complicações.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 58
  • 22
  • 35
Egmond Alves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

Sorocaba

Marcar consulta

Ver as 94 perguntas sobre Malformação De Arnold-Chiari