Mau hálito - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Mau hálito

Informação sobre Mau hálito

Por que o mau hálito?

Mau hálito (halitose) afeta, de acordo com várias fontes, de 25 a 50% da população adulta cronicamente. A causa raiz do mau hálito está na boca em aproximadamente 90% dos casos. Geralmente devido à quebra de proteínas encontradas na cavidade bucal por bactérias que vivem na boca.

Entre as causas que podem causar mau hálito são:

Origem na cavidade oral (mais comum)

  • Cárie dentária, acúmulo de bactérias com os restos orgânicos em decomposição e substâncias formadoras de placa malcheirosa.
  • Infecções gengivais (da gengiva), por um motivo semelhante ao citado acima.
  • Acúmulo de restos alimentares entre os dentes, - podemos evitar após as refeições usando fio dental ou escova para removê-los.
  • Restos na superfície da língua. É aconselhável escovar a parte superior da língua após a escovação para evitar o resíduos de alimentos que podem permanecer na superfície para se decompor e produzir halitose.
  • Faringite e amigdalite. Quando a garganta está inflamada ou há uma infecção, há um crescimento de microrganismos e maior produção de muco que pode ter um mau cheiro.
  • Tumores. Às vezes, tumores de crescimento (especialmente se o fizerem rapidamente) passam por um processo de decadência ou necrose de uma porção deles. Esta decomposição provoca odor e facilita a superinfecção da área.

Origem nas vias aéreas

  • Rinite, infecções catarro nasal que afetam a cavidade nasal, com aumento de secreção (muco).
  • Sinusite: infecções que ocorrem em cavidades naturais dos ossos da face, ao redor da cavidade nasal (seio maxilar, frontal, etc) ..
  • Secura pode promover o crescimento de microorganismos que produzem odor.
  • Corpos estranhos: É importante considerar esta causa, especialmente em crianças com retardo mental, porque elas podem colocar qualquer pequeno objeto no nariz, e pode passar despercebida pelos pais ou cuidadores, e causar uma infecção local com a produção de secreções malcheirosas .
  • Pneumonia e bronquite, devido ao acúmulo de material purulento (pus) ou a produção de secreções malcheirosas.
  • Bronquiectasia: dilatação anormal dos brônquios, o acúmulo de secreções que a superinfecção por microorganismos.

Origem no trato digestivo

  • Refluxo gástrico: há uma para cima (esôfago), parte do conteúdo do estômago durante a digestão.
  • Divertículos Faringo-esofágicos: cavidades anormais formados nas paredes da garganta e esôfago causam halitose pelo acúmulo de comida nele, ele se decompõe.

Origem psicogênica

Esta não é uma causa do mau hálito, mas a sensação dele. Ela ocorre em pessoas que pensam que têm mau hálito, mas na realidade não é. Neste caso, o paciente necessita de tratamento com um psicólogo ou psiquiatra.

Outras Fontes

Às vezes, o mau hálito é devido a doenças graves como diabéticos ou descompensação de insuficiência renal crônica, por isso não devemos ignorar a necessidade de consultar uma fonte especialista em halitose.

O que você deve fazer se você tem mau hálito?

A causa mais comum do mau hálito está localizada na maioria dos casos na boca, assim que começar, faça uma visita ao dentista e será mais bem sucedido.

Um conselho muito útil antes de visitar o dentista não é tentar disfarçar o odor característico da boca para ir à consulta

Como é halitose?

  • Se a causa é a má higiene bucal, escovar os dentes após cada refeição, além de fio dental para remover restos de alimentos que possam permanecer entre os dentes.
  • Vamos limpar a superfície superior da língua, - pode usar limpador de língua (pode ser comprado em qualquer farmácia) ou uma escova de dentes.
  • Lavagens, se o dentista vai fazer-nos tão recomendado.
  • Fazer limpeza de tártaro periodicamente no consultório do dentista para evitar o acúmulo de tártaro.
  • Mascar chicletes sem açúcar, que é especialmente interessante para pessoas que têm uma tendência a ter a boca seca.
  • Evite o consumo excessivo de café.
  • Se você fuma, você deve tentar limitar ou eliminar o uso do cigarro.
  • Se o seu dentista não encontrar na boca as causas da halitose, você deve consultar o seu médico para descobrir sua origem e para descartar doenças graves.

Possui uma dúvida concreta sobre Mau hálito? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Mau hálito

O mau hálito ou halitose é um odor desagradáv­­­­­el da cavidade bucal e, na maioria dos casos, é resultado da degradação das bactérias que “moram” na boca. Ao acordar, é normal que muitos indivíduos apresentem algum grau de mau hálito que desaparece logo após escovarmos corretamente os dentes. Mas atenção. Mau hálito persistente pode indicar doenças, tanto nos dentes, gengiva e língua, como frequentemente o acumulo de alimentos nas amigdalas causem o “caseum” (aquelas bolinhas amarelas ou esbranquiçadas que se formam nas amígdalas), ou doenças gastrointestinais como úlceras e tantos outros. Este assunto não deve ser um tabu, converse com seu dentista e seu otorrino sobre isso.
Amanda Lucas da Costa
Amanda Lucas da Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Chapecó

A halitose, ou o mau hálito, acomete grande parte da população: Pesquisas realizadas no Brasil apontam que 30% da população apresenta halitose. O mau halito pode estar relacionado a problemas gastrointestinais ou respiratórios, mas na maior parte dos casos está relacionada com problemas de origem bucal. O tratamento multidisciplinar muitas vezes é necessário para trazer ao paciente melhora no seu estado de saúde clínica e psicosocial.
Dra. Luise Seibel
Dra. Luise Seibel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Porto Alegre

As causas bucais correspondem de 92,7% a 96,2% dos casos de mau hálito, segundo o profissional. A saburra lingual lidera como o principal motivo da halitose. Em segundo lugar entram as doenças periodontais. “A saburra ou biofilme lingual é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada que se forma no fundo da língua e doença periodontal são as que acometem a gengiva, osso de suporte dos dentes e as fibras do ligamento (que unem gengiva, dente e osso)”. O mau hálito também pode ser decorrente de fatores externos à boca, apesar da incidência ser bem menor, de 3,8% a 7,3% dos casos. "As causas da halitose extrabucal mais comuns são pela ingestão de alimentos que alteram o odor do hálito
Dr. Daniel de Barros Itikawa

Dentista, Terapeuta complementar

|

Goiânia

O Odor desagradável que exalamos pela boca, raramente é percebido por nós mesmo. Realizar testes específicos para identificar se estamos com mau hálito decorrente da cavidade bucal, ou não é muito importante para identificar e prevenir doenças e viver melhor socialmente.
Dra. Tatiana Couto Ferrari
Dra. Tatiana Couto Ferrari Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

São Paulo

Em torno de 90% das vezes o mau hálito está relacionado com a cavidade oral, assim como seu tratamento. Problemas bucais que estão relacionados com a decomposição de matéria orgânica por bactérias produzem gases mal cheirosos. Entre eles estão: cárie, doenças gengivais, feridas, acúmulo de alimentos entre os dentes, próteses porosas, mal-adaptadas e mal higienizadas, saburra lingual, entre outros. Outras patologias também produzem gases que podem causar mau hálito como doenças na faringe, sinusites, bronquites, doenças no fígado, rins, estômago e diabetes. Hábitos como beber pouca água, fumar, jejum prolongado e alcoolismo podem piorar o quadro.
Paloma Nunes da Silva
Paloma Nunes da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Nova Iguaçu

Ver mais

Tem perguntas sobre Mau hálito?

Nossos especialistas responderam 20 perguntas sobre Mau hálito.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Oriento você a procurar um especialista no trato-gastrointestinal para inspecionar bem a causa do mau hálito, que vai muito além da boca. Abraço.

  • 192
  • 13
  • 46
Juliana Perrone Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Se você não tem Doença Periodontal e nem cáries, com certeza esse mal hálito não é também do trato gastroentinal. É saburra lingual. É necessário usar raspadores de língua eficientes e raspar ao menos 2 vezes ao dia toda saburra esbranquiçada na língua.

  • 38
  • 16
  • 20
Maria Do Carmo Jacinto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Ourinhos

Marcar consulta

A melhor prevenção do mau hálito é a correta higienização dos dentes e gengivas com escova macia e fio dental. Isso implica na maneira correta de escovar e passar o fio, para realmente limpar, principalmente a parte “de dentro” da gengiva. Não é a quantidade de vezes e sim o modo de fazer. O fio dental precisa “descer” abaixo da gengiva. Outro fator que influencia no hálito é também ficar muitas horas sem se alimentar. Entretanto caso o problema não seja resolvido com algumas mudanças de hábitos, é necessário investigar se está relacionado a algum problema sistêmico. Mas produto específico para tratar além de escova e fio dental e visitas periódicas ao dentista eu desconheço. Procure um dentista para avaliar. Espero ter ajudado.

  • 401
  • 218
  • 177
Dr. Daniel Roberto De Assis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Americana

Marcar consulta

Mau hálito pide ser gerado pela ausência ou má higiene oral, gengivite, periodontite, problemas gastrointestinais, diabetes.....

  • 273
  • 43
  • 93
Dra. Ana Cristina Maia de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

São José do Rio Preto

Marcar consulta

Ver as 20 perguntas sobre Mau hálito