Mau hálito - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Mau hálito

Informação sobre Mau hálito

Por que o mau hálito?

Mau hálito (halitose) afeta, de acordo com várias fontes, de 25 a 50% da população adulta cronicamente. A causa raiz do mau hálito está na boca em aproximadamente 90% dos casos. Geralmente devido à quebra de proteínas encontradas na cavidade bucal por bactérias que vivem na boca.

Entre as causas que podem causar mau hálito são:

Origem na cavidade oral (mais comum)

  • Cárie dentária, acúmulo de bactérias com os restos orgânicos em decomposição e substâncias formadoras de placa malcheirosa.
  • Infecções gengivais (da gengiva), por um motivo semelhante ao citado acima.
  • Acúmulo de restos alimentares entre os dentes, - podemos evitar após as refeições usando fio dental ou escova para removê-los.
  • Restos na superfície da língua. É aconselhável escovar a parte superior da língua após a escovação para evitar o resíduos de alimentos que podem permanecer na superfície para se decompor e produzir halitose.
  • Faringite e amigdalite. Quando a garganta está inflamada ou há uma infecção, há um crescimento de microrganismos e maior produção de muco que pode ter um mau cheiro.
  • Tumores. Às vezes, tumores de crescimento (especialmente se o fizerem rapidamente) passam por um processo de decadência ou necrose de uma porção deles. Esta decomposição provoca odor e facilita a superinfecção da área.

Origem nas vias aéreas

  • Rinite, infecções catarro nasal que afetam a cavidade nasal, com aumento de secreção (muco).
  • Sinusite: infecções que ocorrem em cavidades naturais dos ossos da face, ao redor da cavidade nasal (seio maxilar, frontal, etc) ..
  • Secura pode promover o crescimento de microorganismos que produzem odor.
  • Corpos estranhos: É importante considerar esta causa, especialmente em crianças com retardo mental, porque elas podem colocar qualquer pequeno objeto no nariz, e pode passar despercebida pelos pais ou cuidadores, e causar uma infecção local com a produção de secreções malcheirosas .
  • Pneumonia e bronquite, devido ao acúmulo de material purulento (pus) ou a produção de secreções malcheirosas.
  • Bronquiectasia: dilatação anormal dos brônquios, o acúmulo de secreções que a superinfecção por microorganismos.

Origem no trato digestivo

  • Refluxo gástrico: há uma para cima (esôfago), parte do conteúdo do estômago durante a digestão.
  • Divertículos Faringo-esofágicos: cavidades anormais formados nas paredes da garganta e esôfago causam halitose pelo acúmulo de comida nele, ele se decompõe.

Origem psicogênica

Esta não é uma causa do mau hálito, mas a sensação dele. Ela ocorre em pessoas que pensam que têm mau hálito, mas na realidade não é. Neste caso, o paciente necessita de tratamento com um psicólogo ou psiquiatra.

Outras Fontes

Às vezes, o mau hálito é devido a doenças graves como diabéticos ou descompensação de insuficiência renal crônica, por isso não devemos ignorar a necessidade de consultar uma fonte especialista em halitose.

O que você deve fazer se você tem mau hálito?

A causa mais comum do mau hálito está localizada na maioria dos casos na boca, assim que começar, faça uma visita ao dentista e será mais bem sucedido.

Um conselho muito útil antes de visitar o dentista não é tentar disfarçar o odor característico da boca para ir à consulta

Como é halitose?

  • Se a causa é a má higiene bucal, escovar os dentes após cada refeição, além de fio dental para remover restos de alimentos que possam permanecer entre os dentes.
  • Vamos limpar a superfície superior da língua, - pode usar limpador de língua (pode ser comprado em qualquer farmácia) ou uma escova de dentes.
  • Lavagens, se o dentista vai fazer-nos tão recomendado.
  • Fazer limpeza de tártaro periodicamente no consultório do dentista para evitar o acúmulo de tártaro.
  • Mascar chicletes sem açúcar, que é especialmente interessante para pessoas que têm uma tendência a ter a boca seca.
  • Evite o consumo excessivo de café.
  • Se você fuma, você deve tentar limitar ou eliminar o uso do cigarro.
  • Se o seu dentista não encontrar na boca as causas da halitose, você deve consultar o seu médico para descobrir sua origem e para descartar doenças graves.

Possui uma dúvida concreta sobre Mau hálito? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Mau hálito

As causas bucais correspondem de 92,7% a 96,2% dos casos de mau hálito, segundo o profissional. A saburra lingual lidera como o principal motivo da halitose. Em segundo lugar entram as doenças periodontais. “A saburra ou biofilme lingual é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada que se forma no fundo da língua e doença periodontal são as que acometem a gengiva, osso de suporte dos dentes e as fibras do ligamento (que unem gengiva, dente e osso)”. O mau hálito também pode ser decorrente de fatores externos à boca, apesar da incidência ser bem menor, de 3,8% a 7,3% dos casos. "As causas da halitose extrabucal mais comuns são pela ingestão de alimentos que alteram o odor do hálito
Dr. Daniel de Barros Itikawa
Dr. Daniel de Barros Itikawa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Goiânia

O mau hálito ou halitose é um odor desagradáv­­­­­el da cavidade bucal e, na maioria dos casos, é resultado da degradação das bactérias que “moram” na boca. Ao acordar, é normal que muitos indivíduos apresentem algum grau de mau hálito que desaparece logo após escovarmos corretamente os dentes. Mas atenção. Mau hálito persistente pode indicar doenças, tanto nos dentes, gengiva e língua, como frequentemente o acumulo de alimentos nas amigdalas causem o “caseum” (aquelas bolinhas amarelas ou esbranquiçadas que se formam nas amígdalas), ou doenças gastrointestinais como úlceras e tantos outros. Este assunto não deve ser um tabu, converse com seu dentista e seu otorrino sobre isso.
Dra. Amanda Lucas da Costa
Dra. Amanda Lucas da Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Porto Alegre

A halitose, ou o mau hálito, acomete grande parte da população: Pesquisas realizadas no Brasil apontam que 30% da população apresenta halitose. O mau halito pode estar relacionado a problemas gastrointestinais ou respiratórios, mas na maior parte dos casos está relacionada com problemas de origem bucal. O tratamento multidisciplinar muitas vezes é necessário para trazer ao paciente melhora no seu estado de saúde clínica e psicosocial.
Dra. Luise Seibel
Dra. Luise Seibel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

|

Porto Alegre

Ver mais

Tem perguntas sobre Mau hálito?

Nossos especialistas responderam 15 perguntas sobre Mau hálito.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá, o mau hálito pode ser multifatorial. O tratamento multidisciplinar pode ser necessária. Desde problemas bucais e da garganta até problemas estomacais, podem ser causa do mau hálito. Procure o seu dentista para revisões e peça o apoio dele nesse diagnóstico. Certamente, se necessário, ele fará o encaminhamento para um médico assistente.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 40
  • 20
  • 15
Dr. Bruno Botto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Salvador

Marcar consulta

O uso do Topiramato pode ocasionar, dentre vários distúrbios, os distúrbios gastrointestinais (desconforto abdominal, dor abdominal inferior, hálito com odor, desconforto epigástrico, flatulência, hipoestesia oral, dor oral, pancreatite, hipersecreção salivar...). Para se diminuir o mau halito, deve-se aumentar a frequência de escovação (com atenção à higienização da língua), aumentar a frequência do uso de enxaguantes bucais (de preferencia sem álcool), e procurar, além do dentista, um gastroenterologista para acompanhar e evitar possíveis problemas no trato gastrointestinal.

  • 2
  • 0
  • 2
Dr. Carlos Lopes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

Fortaleza

Marcar consulta

Prezado paciente-internauta, São várias as causas de halitose. Podemos destacar aquelas de origem orofaríngea, com a retenção de restos alimentares nas criptas das amígadalas ou mesmo infestações crônicas por germes atípicos. Há aquelas de origem odontológica ou periodontal, devido ao acometimento em geral bacteriano dos dentes ou de seus tecidos moles adjacentes - gengivites. Doenças dispépticas (relacionadas à acidez do estômago) também podem gerar mau hálito, tanto pelo efeito direto de substratos da atividade gástrica anômalo quanto pelas alterações bioquímicas resultantes na cavidade oral à montante. Convém investigar com o otorrino e o dentista simultaneamente.

  • 1335
  • 472
  • 1304
Dr. Gustavo Guagliardi Pacheco

Medico do Sono, Otorrino

Rio de Janeiro

Sim , principalmente a sinusite pelo acúmulo de secreção nos seios maxilares , e consequente comunicação buco sinusal . Importante também a procura de otorrino para saber e tratar este problema .

  • 14
  • 2
  • 5
Fabio Rodrigo de Castro Melo Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dentista

São José dos Campos

Marcar consulta

Ver as 15 perguntas sobre Mau hálito