Miomatose Uterina - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Miomatose Uterina

Os especialistas falam sobre a Miomatose Uterina

Mioma uterino é o tumor ginecológico benigno mais comum que afeta quase metade das mulheres ao longo da vida. Os principais sintomas são aumento do utero e sangramento menstrual intenso. A depender do tamanho, sintomas e localização, o mioma pode ser tratado clinicamente ou por cirurgia. Esta última fica reservada para os casos graves, que não melhoram com tratamento medicamentoso, miomas volumosos ou infertilidade. A cirurgia pode ser videolaparoscópica ou aberta, e pode incluir a retirada apenas do mioma (miomectomia) ou retirada do útero (histerectomia). Novos tratamentos como HIFU e embolização uterina tem surgido, mas devem ser avaliados caso a caso.
Dra. Marina De Paula Andres
Dra. Marina De Paula Andres Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

É uma doença benigna que ocorre em 20-30% das mulheres em idade reprodutiva, sendo mais comum em negras do que brancas. Pode ocasionar aumento do volume uterino e distorção de sua arquitetura, ocasionando dor abdominal, sangramento vaginal, abaulamento do abdome e infertilidade. O diagnóstico é feito por meio da associação de dados do exame ginecológico em associação com ultrassonografia transvaginal, ressonância de pelve e videohisteroscopia. Deve-se diferenciar de diagnósticos como Adenomiose, Endometriose e câncer de endometrio.O tratamento é cirurgico quando apresentar a sintomatologia descrita. Caso seja assintomatica, pode acompanhar em tamanhos pequenos com pouca distorção.
Eduardo Rodrigues Zarco da Câmara
Eduardo Rodrigues Zarco da Câmara Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

|

Rio de Janeiro

Leiomiomas são tumores benignos. Cerca de 75% dos casos são assintomáticos, encontrados ocasionalmente durante exame abdominal ou ultra-sonografia. O sangramento uterino aumentado é a queixa mais comum. Com isso a miomectomia histeroscopica quando indicada, é um tratamento conservador que deve ser usado em pacientes com sangramento uterino anormal, nas inférteis e nas candidadas terapia de reposição hormonal. Os miomas dependendo do tamanho e localização também podem ser retirados por video laparoscopia.
Dra. Adriana de Mattos Viveiros da Costa Amorim
Dra. Adriana de Mattos Viveiros da Costa Amorim Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

Miomas são tumores benignos que surgem no útero e levam ao aumento do volume uterino. Na maioria dos casos, podem ser assintomáticos e necessitam apenas de acompanhamento clínico. Quando geram sintomas, os mais comuns são aumento do fluxo menstrual e cólica. Atualmente, no Brasil, ainda não existe tratamento medicamentoso para desaparecimento doa miomas, mas podemos fazer um controle dos sintomas com algumas medicações. Em determinados casos, há indicação cirúrgica e a depender do desejo de gestar, idade e tamanho dos miomas pode-se indicar a retirada apenas dos nódulos ou mesmo a retirada do útero. É importante uma avaliação médica para definição de qual melhor tratamento em cada caso.
Dra. Fernanda da Rocha Medeiros

Ginecologista

|

Salvador

Miomas uterinos são tumores benignos, que muitas vezes aparecem durante a idade fértil (atinge cerca de 50% das mulheres na faixa etária dos 30 aos 50 anos). Não existe uma causa estabelecida, mas há relação com hereditariedade, raça e fatores hormonais. Os sintomas podem variar a depender da localização dos miomas. As queixas mais comuns temos aumento de sangramento menstrual, com ou sem irregularidade, dor pélvica e/ou dor na relação sexual, infertilidade. É importante passar com o ginecologista para diagnóstico, através do exame físico e realização de exames como o US Transvaginal, e para definição de tratamento. Pois ele pode ser clínico ou cirúrgico, a depender do seu caso.
Dra. Liliane Miyuki Sato
Dra. Liliane Miyuki Sato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Miomatose Uterina?

Nossos especialistas responderam 18 perguntas sobre Miomatose Uterina.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Miomas não necessariamente atrapalham na tentativa de engravidar. Os que podem estar mais relacionados à infertilidade são do tipo submucoso. E em toda cirurgia de miomectomia (retirada apenas dos miomas) existe o risco de complicação durante o ato cirúrgico e precisar realizar uma histerectomia (retirar todo o útero). Portanto, se você nunca tentou engravidar, primeiro tente durante um período (mínimo um anos caso menos de 35 anos) antes de pensar na cirurgia. E mesmo em casais inférteis, existem fatores que afetam mais a fertilidade do que os miomas. Att, Dra Carla C Carvalho.

  • 438
  • 140
  • 1349
Dra. Carla Cristina Carvalho

Ginecologista

Rio de Janeiro

Um utero de 326 de volume com miomas de ate 6 cm , é um útero relativamente grande e na maioria das vezes necessita de cirurgia, mas o que vai determinar a indicação ou não da cirurgia são principalmente os sintomas da paciente. Como você já tem 2 cesáreas , existe um risco maior de aderências , alem disso pelo tamanho do útero eu particularmente optaria pela via abdominal, mas essa escolha vai da habilidade de cada medico, qualquer uma das duas pode ser feita Espero poder ter ajudado

  • 18
  • 27
  • 76
Dr. Raphael Frade Said Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

A histerectomia é indicada quando o mioma é grande ( o seu nao é) mas tambem quando tem menstruações intensas ( hipermenorragias) Por isso vc tem indicação cirurgica Converse com seu medico

  • 146
  • 4
  • 41
Dr. Elvio Floresti Júnior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Santo André

Marcar consulta

Olá. O mioma é um tumor benigno do útero, com risco de malignidade muito baixo e presente em 40 a 80% das mulheres. Apenas 20% das mulheres com miomas apresentam algum sintoma e precisam de algum tratamento como sangramento uterino anormal, cólicas menstruais, dor na relação sexual, infertilidade, dor pélvica, etc. A cirurgia não necessariamente é o tratamento para todos os miomas. Não se opera apenas devido ao tamanho do mioma. As medicações anticoncepcionais e hormonais podem ser utilizadas para controle dos sintomas como sangramento uterino anormal e cólicas menstruais, mas não farão o mioma regredir, crescer ou desaparecer. Na falha do tratamento medicamentoso, a cirurgia poderá ser realizada, desde a retirada apenas dos miomas até a retirada do útero. A embolização de artérias uterinas é uma alternativa ao tratamento cirúrgico. Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Discuta o seu tratamento

  • 6076
  • 2465
  • 4888
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 18 perguntas sobre Miomatose Uterina