Nistagmo Congênito - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Nistagmo Congênito

Tem perguntas sobre Nistagmo Congênito?

Nossos especialistas responderam 69 perguntas sobre Nistagmo Congênito.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Se ela já está sendo acompanhada por um oftalmologista e um neurologista, já está bem amparada. Só necessitará de fisioterapia se o oftalmologista indicar. Caso contrário, não faça, porque pode prejudicar o tratamento. À disposição!

  • 670
  • 192
  • 884
Dra. Helen Sasake Takagi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nefrologista, Pediatra

São Paulo

Olá, Existem vários tipos de nistagmo, que podem estar associados ou não à alteracoes sistêmicas ( do corpo) e/ou oculares. Alguns nistagmos são simplesmente congênitos, sem uma causa específica. Sugiro que, primeiramente você passe com o pediatra, para que ele possa avaliar o desenvolvimento do seu bebê. Agende também uma consulta com o oftalmo pediatra, para uma avaliação completa dos olhos. O teste do olhinho é um exame muito importante, normalmente realizado na maternidade, mas que não permite informações mais detalhadas sobre os olhos da crianças.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
  • 22
  • 21
  • 31
Dra. Bruna Lana Ducca

Oftalmologista

São Paulo

A condição por si só não é um impedimento para tirar a habilitação, o que é mandatório é a acuidade visual. Ela deve ser boa em pelo menos 1 dos olhos.

  • 74
  • 13
  • 34
Dra. Andréia Lima Lopes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

O Nistagmo congênito acomete o bebê em 2 a 3 mês de idade e geralmente está relacionado a uma herança autossômica dominante ligada cromossoma x e pode levar a diminuição da acuidade visual e persiste durante toda vida. Os movimentos oculares são horizontais e não há tratamento específico ou correção cirúrgica Em relação as ametropias (miopia, astigmatismo e hipermetropia) essas sim podem ser corrigidas por óculos, lente de contato ou cirurgia refrativas. Sugiro que procure um oftalmologista para melhor atende-lo

  • 77
  • 23
  • 42
Dra. Ana Elisa Coimbra Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 69 perguntas sobre Nistagmo Congênito