Osteopetrose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Osteopetrose

Tem perguntas sobre Osteopetrose?

Nossos especialistas responderam 5 perguntas sobre Osteopetrose.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Infelizmente osteopetrose é uma condição hereditária (genética), e não tem cura.

  • 18
  • 5
  • 71
Dr. Antonio Bernardo de Queiroz Krieger Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

Curitiba

Olá, existem várias etiologias e heranças para a osteopetrose. Sendo assim, o risco de recorrência para os próximos filhos de casal com antecedente de osteopetrose pode variar desde um risco desprezível até um risco alto de 25%. Seu filho deveria ser avaliado por um médico geneticista para que seja melhor caracterizada a condição e assim proceder ao aconselhamento genético para orientação em relação às gestações futuras.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 3
  • 1
  • 5
Ana Carolina Esposito Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Geneticista

Rio de Janeiro

Hospital de Cancer de Pernambuco

  • 116
  • 17
  • 94
Dr. André Luís Gonçalves de Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

Recife

Marcar consulta

Primeiro é importante confirmar o diagnóstico, e de acordo com os resultados dos exames, pode ser feito uso de medicações como Bifosfonatos ou outros, e também a reposição de cálcio e Vit D, conforme a necessidade de cada paciente. Lembrado que o uso de Cálcio pode ser contra-indicado em alguns pacientes, e que dosagens e necessidades de medicamentos variam de pessoa para pessoa. Att.

  • 6
  • 0
  • 1
Dr. Henrique Pergo Chilante

Ortopedista - Traumatologista

Rondonópolis

Ver as 5 perguntas sobre Osteopetrose