Polineuropatias - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Polineuropatias

Os especialistas falam sobre a Polineuropatias

Polineuropatias são um conjunto de doenças de diferentes causas que afetam os nervos periféricos, levando a perda da sensibilidade, sensações dolorosas e fraqueza, que geralmente predominam nos pés. Os reflexos ficam fracos ou mesmo desaparecem, com o tempo, pode acontecer atrofia das pernas e dos braços. Uma causa muito comum no Brasil é a diabetes. Recentemente os casos de Polineuropatia por vírus também aumentaram devido infecções por Zica. A Polineuropatia chamada Guillain Barré causa perda de força nas pernas que vai piorando ao longo dos dias, se não tratada pode até levar a morte. Alteração na sensibilidade e/ou força dos pés e mãos, deve ser sempre investigada.
Dra. Denise Leal
Dra. Denise Leal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médica clínica geral , Neurologista

|

Florianópolis

Neuropatia periférica refere-se a um dano no sistema nervoso periférico, ou seja, uma vasta rede de nervos que transmite informações do cérebro e medula (sistema nervoso central) para o resto do corpo. Uma das causas mais comuns de neuropatia periférica é o diabetes, mas ela também pode resultar de lesões traumáticas, infecções e exposição a toxinas, por exemplo. Os sintomas podem incluir dor, formigamentos, dormências e fraqueza. A avaliação complementar deve ser adaptada às hipóteses diagnósticas aventadas após a anamnese e exame neurológico cuidadoso, bem como do estudo eletroneuromiográfico, que é a avaliação complementar mais valiosa na caracterização das neuropatias periféricas.
Dr. Gutemberg Augusto Cruz dos Santos
Dr. Gutemberg Augusto Cruz dos Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Rio de Janeiro

As polineuropatias são patologias dos nervos periféricos, ou seja, dos nervos situados nos membros superiores e inferiores. Podem ocasionar sintomas muito desagradáveis, tais como, dor, dormência, formigamentos, queimação, perda da força muscular e dificuldades para andar. Estas lesões nos nervos podem ser devido a várias causas, que devem ser identificadas e tratadas o mais precoce possível, seja para a melhora dos sintomas, seja para evitar quadros mais graves e difíceis de recuperação. Causas comuns são: polineuropatias causadas pelo diabetes, pelo uso crônico de álcool, pela hanseníase, como consequência de várias doenças e outras causas.
Dra. Fabiana Ribeiro Gonçalves
Dra. Fabiana Ribeiro Gonçalves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Goiânia

Polineuropatia é a doença de vários nervos juntos. Tipicamente os nervos mais distais como os dos pé e/ou das mãos. E quando vários nervos não funcionam corretamente numa mesma região, aquela região toda tem prejuízo em dor, perda de sensibilidade, dor ao toque e muito mais. As causas mais comuns de polineuropatia são Diabetes, deficiência de vitaminas, quimioterapia, doenças autoimunes, hipotireoidismo e várias outras. O tratamento depende de cada característica de cada dor e da causa de cada dor. Alem do exame neurológico que já suficiente para detectar a polineuropatia, existe a eletroneuromiografia que pode ajudar no diagnóstico.
Willian Rezende do Carmo
Willian Rezende do Carmo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

São Paulo

As polineuropatias são doenças caracterizadas pelo comprometimento dos nervos periféricos, cujos principais sintomas são dor tipo queimação ou "agulhada", sensação de formigamento ou diminuição de sensibilidade nas mãos e nos pés, podendo em casos mais avançados cursarem com diminuição de força muscular e desequilíbrio. As causas são diversas, como diabete melito, uso de bebida alcoólica, deficiência de vitamina, doenças autoimunes, neoplasia e alguns medicamentos. O manejo adequado da Polineuropatia baseia-se no tratamento da causa e dos sintomas, permitindo estabilização ou mesmo reversão do quadro, além de melhora importante da qualidade de vida.
Izabel C. Arroyo Marchi
Izabel C. Arroyo Marchi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurofisiologista, Neurologista

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Polineuropatias?

Nossos especialistas responderam 62 perguntas sobre Polineuropatias.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Existem diversos medicamentos para redução dos sintomas de dor neuropática nas polineuropatias. Cada caso existe uma medicação mais apropriada a depender o paciente e da causa da polineuropatia. Assim o melhor é passar por uma avaliação com seu neurologista para definir no seu caso qual seria a medicação adequada.

  • 8
  • 21
  • 44
Dr. Thiago Gonçalves Fukuda Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Salvador

A polineuropatia não afeta diretamente o sistema nervoso central, mas suas conseqüências podem gerar sintomas, como alguns tipos de dor e alteração da sensibilidade, que acabam afetando a qualidade de vida e o humor das pessoas que apresentam esta doença. Acredito ser importante que seu marido passe com o médico para que ele possa avaliar se a polineuropatia justifica este quadro relatado pela senhora e proponha um tratamento adequado.

  • 26
  • 22
  • 88
Dr. Sergio Akira Horita Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Especialista em Medicina Física e Reabilitação, Médico Acupunturista

São Paulo

Marcar consulta

As polineuropatias são um conjunto de doença bastante amplo, alguma delas são progressiva e necessitam de tratamento para não deixar sequelas. Procure um neurologista para avaliar adequadamente seu caso e indicar o tratamento mais adequado.

  • 63
  • 9
  • 16
Dr. Alexandre Souza Bossoni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

São Paulo

Marcar consulta

A eletroneuromiografia é um exame que avalia principalmente o sistema nervoso periférico, ou seja, os nervos e os respectivos músculos inervados por eles. Os nervos são formados por um grupos de axônios, que se conectam aos corpos dos neurônios. Esses axônios são como "fios", e sendo como fios, eles tem uma "capa", que se chama bainha de mielina. Os nervos podem ser motores, controlando músculos, sensitivos, ou mistos (com as duas funções). Uma doença, ao acometer o nervo, pode lesar primordialmente o axônio, a mielina, ou ambos. No seu caso, polineuropatia significa que existem vários nervos com problemas; sensitiva, pois só os ramos sensitivos apresentaram problemas no exame; axonal, pois foi o padrão de lesão observado; por fim, distal, pois a parte final dos nervos longos é que se mostrou alterada. Existem inúmeras causas para o problema em questão. Avaliação com um bom especialista Neurologista está indicada. Desejo sucesso em sua investigação e tratamento! Melhoras!

  • 134
  • 34
  • 71
Dr. Guilherme Marques Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Belo Horizonte

Marcar consulta

Ver as 62 perguntas sobre Polineuropatias