Procrastinação - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Procrastinação

Os especialistas falam sobre a Procrastinação

A procrastinação, ou o atraso para fazer algo, é muito comum, principalmente porque na maior parte das vezes temos que emitir uma série de comportamentos para então obtermos o resultado esperado, como emagrecer, passar num concurso, ser promovido. A procrastinação está relacionada ao autocontrole, ou a falta dele, e isso pode prejudicar a vida profissional, social e também afetiva. A psicoterapia tem a função de identificar aspectos psicológicos ligados a procrastinação, além de contribuir para o manejo de condições que favoreçam a emissão de comportamentos de pontualidade e respeito aos prazos estipulados por escolas, universidades, trabalho, familiares, parceiros e amigos.
Vanessa Santiago Ximenes
Vanessa Santiago Ximenes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Londrina

O Ato de Procrastinar nada mais é do que postergar tudo o que de alguma forma se faz necessário para uma vida mais equilibrada. Procrastinar é o deixar para depois, é o olhar para algo, saber que é necessário cuidar/fazer/viver e mesmo assim, “fingir” que não está ali. Um comportamento muito comum àqueles que com suas vidas movimentadas por compromissos mil ou sem grandes novidades (extremos mesmo), acabam não acessando um potencial próprio para lidar com o que precisa ser lidado. O processo terapêutico auxilia na compreensão de prioridades e necessidades para que um movimento de reflexão do padrão mental elaborado seja reconstruído.
Khristian B. F. de Sequeira
Khristian B. F. de Sequeira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Procrastinar é o comportamento de se adiar tarefas, de deixar as atividades para o dia seguinte. É também o ato de deixar de fazer algo ou interromper uma atividade importante. Isso pode se tornar um problema quando a pessoa deixa de realizar atividades importantes do seu cotidiano, em detrimento de algo sem importância. Há várias causas que podem contribuir para o comportamento de procrastinar, como a má gestão do tempo, dificuldades de concentração, falta de motivação, crenças e pensamentos negativos a respeito de de si próprio e/ou do outro, entre outros. No processo terapêutico são trabalhadas as causas deste comportamento e reflexões para a mudança de tal comportamento.
Luciana Gurjão Santos
Luciana Gurjão Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Fortaleza

A procrastinação é descrita pelo atraso de decisões e tarefas específicas podendo estar associada ou não ao sofrimento psicológico. É um comportamento que se repete, e é complexo por envolver componentes cognitivos como pensamentos, emoções, memórias... e também comportamentais que fornecem ao procrastinador um conforto temporário enquanto adia uma tarefa. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) atua na modificação de pensamentos e crenças com o objetivo de obter emoções mais confortáveis e então a mudanças de comportamentos.
Emanuelle S. Mendes
Emanuelle S. Mendes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com as suas responsabilidades e compromissos. Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos.
Dra. Melissa Costa

Psicóloga

|

Chapecó

Ver mais

Tem perguntas sobre Procrastinação?

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.