Pterígio - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Pterígio

Os especialistas falam sobre a Pterígio

Conhecido como " pele" ou " carne" que cobre o olho. É o crescimento anormal da pele transparente geralmente em forma triangular. Mais comum em áreas de alta radiação ultravioleta, quentes, secas, com vento, ambientes poluídos e fumaça. Além de fatores hereditários. O tratamento depende do tamanho e dos sintomas que o pterígio causa. Podendo ser desde colírios até cirurgia. O ideal é sempre procurar seu oftalmologista para um tratamento personalizado
Dra. Lucia Asuncion Salazar Arce
Dra. Lucia Asuncion Salazar Arce Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Rio de Janeiro

O pterígio é uma degeneração da conjuntiva (a mucosa que recobre a parte branca do olho). Pode se apresentar de tamanho pequeno, mas quando cresce muito pode até mesmo distorcer o formato da córnea causando diminuição da visão principalmente quando ocluiu o eixo visual interferindo muito na visão. A cirurgia é realizada sob anestesia local e dura entre 15 a 30 minutos. Durante a cirurgia realiza-se o transplante conjuntival que diminui muito o risco do pterígio retornar. A técnica mais moderna é utilizar a cola biológica para não precisar de se utilizar pontos diminuindo o desconforto no pós-operatório. Os últimos estudos têm demonstrado que com uso da cola o risco de recidiva diminui.
Rodrigo Ferreira de Almeida
Rodrigo Ferreira de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Belo Horizonte

Pterígio é por definição uma degeneração da conjuntiva que ocorre mais comumente em pessoas que têm exposição excessiva ao sol. O tratamento mais moderno é feito com auto-transplante de conjuntiva e cola Biologica. O procedimento cirúrgico é rápido e dura em torno de 15 a20 minutos. O paciente é orientado a usar colírio no pós-operatório . Deve evitar banho de mar ou piscina ,bem como esportes como velejar ou surf.
Dra. Arabella Chagas

Oftalmologista

|

Fortaleza

Doença bastante comum principalmente na Bahia devido a grande exposição solar que é um dos principais fatores de risco. Representa uma doença que caracteriza-se com ardor, queimação, vermelhidão associado a "pele" em olho. Alem de prejudicar a estética e dar bastante desconforto, quando o Pterígio fica grande ele abaixa a visão do paciente. Realizamos a cirurgia de exerese de pterígio e transplante de conjuntiva que representa a técnica padrão ouro para tratamento desta doença. Antigamente o retorno desta doença era grande apos a cirurgia porem com esta nova técnica cirúrgica o retorno da doença é muito pequeno possibilitando um tratamento excelente para os pacientes.
Dr. Rafael Leal
Dr. Rafael Leal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Camaçari

Cirurgia com anestesia local. O paciente faz o procedimento no centro cirurgico e já sai da clinica no mesmo período.
Dr. Rodrigo Franzoso Almeida de Andrade

Oftalmologista

|

Poços de Caldas

Ver mais

Tem perguntas sobre Pterígio?

Nossos especialistas responderam 46 perguntas sobre Pterígio.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A visão pode ficar embaçada alguns dias após a cirurgia de pterígio devido à manipulação envolvendo a córnea e dependente da extensão do mesmo. Entretanto como a baixa de acuidade visual é um sinal que pode demonstrar que algo pode estar errado, acho prudente você conversar com o seu oftalmologista para ele examiná-lo e ver se esse sintoma é normal.

  • 8
  • 16
  • 26
Bruno Botton Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Santa Maria

NUNCA! É necessário que seja feita com todo rigor. que qualquer procedimento cirúrgico requer. Isto estaria em desacordo com o nosso Código de Ética.

  • 8
  • 2
  • 3
Antonio Couto de Carvalho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Goiânia

Marcar consulta

Olá. Provavelmente se trata de um cisto, chamado cisto de Moll. Não desaparece sozinho e precisa ser retirado com incisão simples. Procure um especialista. Espero ter ajudado!!!

  • 275
  • 43
  • 94
Dr. Fernando Zeitounian Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Olá. Na cirurgia de pterígio com transplante conjuntival a pinguecula é retirada. Vale muito a pena. Boa cirurgia.

  • 275
  • 43
  • 94
Dr. Fernando Zeitounian Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Ver as 46 perguntas sobre Pterígio