Quelóide - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Quelóide

Os especialistas falam sobre a Quelóide

O queloide é o resultado de uma cicatrização anormal em indivíduos predispostos. Pode ocorrer com mais frequência em mulheres, e pessoas de pele escura e asiáticos. Os locais mais afetados são: orelhas (lóbulos), região pré esternal e deltóide. O tratamento é múltiplo, individualizado é variável. Consiste em: aplicação de corticoide, excisão cirúrgica, betaterapia e compressão. O paciente deve passar com o seu médico que vai orientar o melhor tratamento.
Dr. Brunno Rosique
Dr. Brunno Rosique Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião plástico

|

Goiânia

O tratamento do queloide depende da localização e tamanho do mesmo. Podem variar de simples infiltrações de corticoide até cirurgias e beta-terapia.
Dr. Rafael Camargo Paccanaro
Dr. Rafael Camargo Paccanaro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião plástico

|

São Paulo

Quelóide é uma cicatriz doente. Com má distribuição do colágeno durante sua cicatrização. Deve ser diferenciada da cicatriz hipertrófica que se restringe apenas a localização da cicatriz. O tratamento é diverso, pode ser feito uso de corticoide oral, tópico e intralesional, associado a betaterapia, terapias compressivas locais e uso de pomadas tópicas. Há quem questione a influencia da estado psicológico do pacientes e sem dúvida possui relação de herança familiar, predominando mais em descententes africanos e asiáticos.
Dr. Fernando Campos Moraes Amato
Dr. Fernando Campos Moraes Amato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Cirurgião plástico

|

São Paulo

Queloide é uma cicatriz imperfeita que surge por uma resposta cicatricial intensa do organismo, que extrapola os limites de um dano cutâneo ocasionado por uma inflamação, queimadura ou incisão cirúrgica. O tratamento na maioria das vezes é dividido em três etapas: 1. Infiltração intralesional de corticoide; 2. Ressecção cirúrgica; 3. Beta-terapia.
Dr. Flávio Dumaresq
Dr. Flávio Dumaresq Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião plástico

|

Natal

Os quelóides têm menor incidência que a cicatriz hipertrófica, ocorrendo mais em pacientes negros. As áreas mais acometidas são orelhas, ombros, dorso e região pré-esternal. As cicatrizes crescem progressivamente e estendem-se além do limite original da ferida. Os quelóides tem causa genética, não apresentam resolução espontânea e tendem a recidiva. As opções de tratamento incluem uso de placas de silicone, massagem e malhas compressivas (terapia compressiva), radioterapia, injeção intra-lesional de triancinolona e excisão cirúrgica. Outras opções incluem a combinação de tratamentos como excisão cirúrgica com aplicação de triancinolona e excisão cirúrgica associada a radioterapia.
Dr. Adrien Alberto Fornazari

Cirurgião plástico

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Quelóide?

Nossos especialistas responderam 209 perguntas sobre Quelóide.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Toda cirurgia tem risco. E a cicatriz de mal aspecto, dentre elas o queloide, pode aparecer apos a cirurgia. O fato de ter queloide nas orelhas nao impede de voce realizar sua cirurgia. Converse com seu cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica que ele poderá te explicar todas as opções de tratamento caso voce venha a apresentar tal problema na cicatriz.

  • Obrigado 7
  • 1 especialista está de acordo
  • 10
  • 7
  • 42
Dr. Marcelo Prado Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião plástico

Goiânia

Marcar consulta

São diversos tratamentos para queloides. O primeiro passo é uma consulta clínica com dermatologista para avaliação (confirmação do diagnóstico, avaliação geral de seu estado clínico, outras doenças associadas e etc). Após essa avaliação, seu dermatologista irá propor a melhor conduta para seu caso. Se não tiver dermatologista de sua confiança, procure um(a) através do site da Sociedade Brasileira de Dermatologia (www.sbd.org.br).

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 317
  • 168
  • 361
Dr. Flavio Leme Ferrari Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

Rio Verde

Marcar consulta

Depende do volume infiltrado de Triancil. Em geral, demora de 5 a 7 dias para regredir o edema. Na face o edema ocorre mais devido à irrigação sanguínea e ao processo inflamatório que ocorre. Compressas frias podem amenizar o edema mas cuidado para não queimar a pele. Retorne com seu dermato se houver dúvidas.

  • 37
  • 25
  • 14
Dr. Danilo Chammas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião cranio-maxilo-facial, Cirurgião plástico

São José do Rio Preto

Marcar consulta

Olá! O tratamento de queloides é um dos mais imprevisíveis dentro da Cirurgia Plástica. Muitos pacientes respondem bem às infiltrações de corticoides; outros, apresentam pouca ou nenhuma resposta a isso. Em casos de má resposta, é necessário associar outros tratamentos, como compressão local, cirurgia e betaterapia (um tipo especial de radioterapia). Cada caso deve ser avaliado individualmente. Boa sorte ! =)

  • 8
  • 17
  • 15
Antônio Castelo Branco de Deus Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião plástico

Teresina

Ver as 209 perguntas sobre Quelóide