Rim Policístico Autossômico Dominante - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Rim Policístico Autossômico Dominante

Os especialistas falam sobre a Rim Policístico Autossômico Dominante

A doença renal autossômica dominante afeta uma em cada 400 a 1000 nascidos vivos. Ela tem caráter genético e se caracteriza por rins aumentados de tamanho e com múltiplos cistos. O diagnóstico é feito através da história familiar e exames de imagem. O tratamento atual se baseia no controle de fatores que podem agredir os rins, dentre eles: aumento da ingesta de água, controle dos níveis pressóricos, glicêmicos, colesterol e dieta com baixo conteúdo de sal. Em relação a medicamentos, novas drogas estão sendo estudadas com bons resultados, sendo os antagonistas dos receptores da vasopressina (ex: tolvaptan) os mais promissores.
Luis Gustavo Trindade
Luis Gustavo Trindade Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral, Nefrologista

|

Belo Horizonte

Tem perguntas sobre Rim Policístico Autossômico Dominante?

Nossos especialistas responderam 9 perguntas sobre Rim Policístico Autossômico Dominante.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Provavelmente você já tem algum grau de comprometimento da função renal. Precisa controlar as comorbidades - diabetes, colesterol, pressão alta - e fazer dieta com adequação de proteínas. Procure um Nefrologista que ele saberá conduzir seu caso melhor. À disposição!

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 663
  • 189
  • 661
Dra. Helen Sasake Takagi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nefrologista, Pediatra

São Paulo

Os rins policisticos são uma consequência de uma doença genética e, neste momento, ainda não tem cura. Com o crescimento dos cistos ocorre a redução da massa dos rins e, com isso, podem ocorrer varias alteracoes, como hipertensão arterial e insuficiencia renal cônica. O paciente deve estar orientado a seguir uma dieta, ingerir liquidos, evitar alimentos que contenham cafeína e tratar a hipertensão com medicamentos específicos como inibidores da ECA ou BRA. Todas esta medidas melhoram a evoluçao do paciente. Mais recentemente tem-se desenvolvido pesquisas com drogas que reduzem o crescimento dos cistos, mas nenhuma delas, cura totalmente a doença.

  • 36
  • 20
  • 100
Dr. Egivaldo Fontes

Nefrologista

Rio de Janeiro

Doença policística dos rins deve ser considerada a partir de 10 cistos, progressiva, evolui até afetar todo o rim e por consequência perderem a função, mas quatro apenas deve ter outra origem e sem consequências tão drásticas. Acompanhe através se exames periódicos

  • 43
  • 5
  • 54
Dr. Carlos Alencar Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Especialista em Diagnóstico por imagem, Radiologista

Porto Velho

Marcar consulta

Olá! Primeiramente, é importante se certificar do diagnóstico. Um rim com muitos cistos pode ser: 1. Rim Policístico Autossômico Recessivo (como a colega a cima mencionou), 2. Rim Policístico Autossômico Dominante - com chance de 50% do seu filho ter a doença 3. ou então não ser nem um dos dois e ser apenas um rim com múltiplos cistos sem maiores consequências. É muito comum confundirem esse último caso com o chamado Rim Policístico de fato. Como você não tem histórico familiar, pode se tratar dessa terceira opção e neste caso não traria consequências para seu filho. Mas é preciso passar por uma avaliação com nefrologista para receber o diagnóstico e as orientações adequadas Boa sorte Atenciosamente Dra Priscila

  • 49
  • 21
  • 106
Dra. Priscila Ligeiro Gonçalves Esper Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nefrologista, Nutrólogo

São Paulo

Ver as 9 perguntas sobre Rim Policístico Autossômico Dominante