Síndrome de Burnout - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Síndrome de Burnout

Os especialistas falam sobre a Síndrome de Burnout

A síndrome de burnout ou síndrome do esgotamento profissional é o resultado da cronificação do estresse, quando a pessoa chega ao limite de suas energias, caracterizando pela exaustão física e emocional. Uma diferencia relevante entre a síndrome e o estresse, é que o estresse pode ter origem em diferentes contextos da nossa vida, afetivo, profissional, familiar e etc., enquanto que a síndrome só se desenvolve a partir de situações relacionadas diretamente ao trabalho. A síndrome pode atingir profissionais das mais diversas áreas de atuação, entretanto aqueles profissionais, cuja profissão gera uma exposição maior ao sofrimento humano, as emoções e as relações ficam mais vulneráveis.
Iara Maria Alves Pereira

Psicóloga

|

Osasco

Burnout é uma doença do trabalho (ocupacional) na qual o trabalhador passa a apresentar um esgotamento e uma perda em sua vitalidade em decorrência de um esgotamento físico e mental, causado pelo seu trabalho. A vontade de realizar suas atividades rotineiras passa a não existir mais e, sintomas comuns a esta doença laboral são: irritação, dores de cabeça, fadiga, distúrbios gastrointestinais, insônia e baixo envolvimento com os colegas do local de trabalho.
Alessandra Gomes Krouwel
Alessandra Gomes Krouwel Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Campinas

A síndrome de Burnout é um disturbio psiquiátrico ocupacional que resulta do estresse na vida profissional. Seus sintomas mais comuns são: exaustão, falta de entusiasmo, sentimento de inafetividade e frustração, dores de cabeça, palpitações e dores musculares. É comum que o paciente diga que sente que adoece só em lembrar do trabalho. Os profissionais mais acometidos pelo Burnout são médicos, professores e policiais, devido ao alto nível de estresse no ambiente de trabalho e as exigências emocionais. O tratamento é baseado em psicoterapia e em alguns casos é indicado o uso de medicação. Procure sempre a orientação de um psofissional.
Magaly Sarah
Magaly Sarah Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Boa Vista

Síndrome de Burnout No mundo corporativo de hoje onde a concorrência é muito alta e as cobranças também, ocorrem a exaustão mental e emocional, seguida de fadiga e depressão. Não surgem de uma hora para outra, ela é paulatina e cumulativa. Prejudicando seu trabalho, suas relações pessoais e seu bem-estar. O propósito principal do meu trabalho é o restabelecimento da autoconfiança, autoestima, satisfação e do bem-estar físico e mental.
Cristine Pucci
Cristine Pucci Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Burnout é caracterizada por um estado de exaustão física, emocional ou mental que surge geralmente devido ao acúmulo de estresse. Antes estava relacionado com profissões de alto poder de tomada de decisão, mas atualmente está generalizada por conta da conexão tecnológica! O celular nos faz sentir conectado, logo exigido o tempo todo! Confira alguns sintomas relacionados ao Burnout: 1. Sensação de negatividade 2. Cansaço físico e mental 3. Desanimo 4. Dificuldade de concentração 5. Falta de energia 6. Sentimento de incompetência 7. Perda de interesse em atividades que antes eram prazerosas 8. Priorizar as necessidades dos outros 9. Alterações repentinas de humor 10. Isolamento
Luciana Nunes
Luciana Nunes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Síndrome de Burnout?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Síndrome de Burnout.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Em primeiro lugar, vc deveria procurar um psicólogo ou um psicanalista, até porque a síndrome de burnout pode estar relacionada com outras questões de outras áreas de sua vida pessoal ou acabar afetando mais esferas de sua vida pessoal. No caso de estar experimentando sintomas muito agudos de depressão, ansiedade ou ataques de angústia, também é aconselhável uma avaliação para uma possível prescrição de apoio medicamentoso (nem sempre acaba sendo necessário) para uma contenção mais imediata no caso de estar experimentando desconforto ou mal-estar muito agudos

  • 52
  • 44
  • 82
Dr. Marcelo Bernstein Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo, Sexólogo

Rio de Janeiro

Marcar consulta

A síndrome de Burnout é associada a estafa ou esgotamento decorrentes do ambiente de trabalho. Fato é que para identificarmos tal síndrome precisamos fazer um atendimento psicólogico diferenciado prestado por profissionais com experiência em doenças relacionadas ao trabalho. Sou especialista na área e afirmo que não é tão fácil quanto parece fazer esse diagnóstico, o paciente tem que trazer a realidade da sua vivência e tratar isso com o psicólogo, informando quais são suas queixas e descontentamentos. Cabe ao profissional “psicólogo jurídico” analisar o que é problema patológico e o que pode ser, por exemplo, um assédio moral. Por isso é tão importante a presença de um profissional especializado na área. Espero ter ajudado.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 39
  • 22
  • 17
Psicóloga Magali Carmelo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Santo André

Marcar consulta

A Síndrome de Burnout ocorre em profissionais que lidam no seu dia a dia com pressão emocional crônica no trabalho, acompanhada de desgaste emocional e desmotivação, sendo consequência do acúmulo excessivo de estresse. Geralmente os sintomas acontecem de forma leve, e vão se agravando ao longo do tempo. Dor de cabeça, cansaço, sentimentos intensos de fracasso e insegurança, fadiga, dificuldade de assumir tarefas no trabalho e necessidade de isolamento, são alguns dos sintomas mais comuns encontrados nos portadores desta síndrome. Quando em estágio mais avançado, os sinais da síndrome são definidos como enxaqueca, insônia, gastrite e úlcera, diarréias, crise de asma, hipertensão, palpitações e alergias. É de extrema importância procurar a ajuda profissional de um psicólogo para aliviar os sintomas, e desenvolver abordagens no intuito de minimizar o estresse, e ressignificar outros modos de lidar com situações difíceis.

  • 5
  • 5
  • 1
Lílian Moura Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 3 perguntas sobre Síndrome de Burnout