Ressaltando que depressão e Burnout são patologias diferentes, sofro d...

Olá!!! Sim você está certa , Depressão e Burnout são transtornos diferentes, embora apresentem muitos sintomas iguais, como a disforia e desânimo.A diferença principal é que na depressão ocorre uma maior apatia e prevalência de sentimentos de culpa e derrota,que são direcionados ao contexto geral de sua vida, enquanto nos casos de Burnout , os sentimentos de desapontamento e tristeza estão associados ao trabalho.
O tratamento de ambas consiste em medicação (antidepressivos)que é administrada pelo psiquiatra, (aliás somente ele é o especialista indicado para tratar a síndrome) e tratamento psicoterápico. Com o psicólogo você irá aprender a desenvolver estratégias que ajudam a aliviar o estresse e a pressão constante no trabalho (Burnout) e, tratar as causas da depressão, melhorando sua qualidade de vida! O tratamento medicamentoso para ter maior eficácia precisa vir acompanhado por psicoterapia!
E, lembre-se: você não precisa passar por isso sozinha!

A Síndrome de Burnout, conhecida como, popularmente, a "Doença do Trabalhador"; deve ser acompanhada por profissionais ( psicólogo + psiquiatra) da Saúde Mental.

A Síndrome de Burnout ocorre em profissionais que lidam no seu dia a dia com pressão emocional crônica no trabalho, acompanhada de desgaste emocional e desmotivação, sendo consequência do acúmulo excessivo de estresse.
Geralmente os sintomas acontecem de forma leve, e vão se agravando ao longo do tempo. Dor de cabeça, cansaço, sentimentos intensos de fracasso e insegurança, fadiga, dificuldade de assumir tarefas no trabalho e necessidade de isolamento, são alguns dos sintomas mais comuns encontrados nos portadores desta síndrome.
Quando em estágio mais avançado, os sinais da síndrome são definidos como enxaqueca, insônia, gastrite e úlcera, diarréias, crise de asma, hipertensão, palpitações e alergias.
É de extrema importância procurar a ajuda profissional de um psicólogo para aliviar os sintomas, e desenvolver abordagens no intuito de minimizar o estresse, e ressignificar outros modos de lidar com situações difíceis.

Boa noite!

Pelo que entendi não foi um profissional de saúde mental a dar o diagnóstico. A Síndrome de Burnout é um distúrbio psíquico de esgotamento profissional, sugiro que procure um psicólogo relatando os sintomas que apresenta, o qual avaliará posteriormente a necessidade de uma ação medicamentosa ou outra, e poderá recomendar um psiquiatra. Busque um profissional que lhe transmita confiança, com quem você se sinta confortável em estabelecer um vínculo, o qual será contributivo para o processo terapêutico, analisando o contexto ao qual está exposto, assim como seus padrões de comportamento, realizando assim as intervenções necessárias para a redução dos sintomas apresentados. Um abraço!

Olá, recomendo que você procure um psicólogo para efetuar as devidas avaliações. Como você já é atendida por um psiquiatra, seria interessante que você conversasse com seu médico sobre o diagnóstico do endócrino. Somente a título de esclarecimentos, a medicação alivia os sintomas, mas não trata a causa. O tratamento se dá através de psicoterapia, ocasião em que a pessoa passa a se conhecer e consegue lidar melhor com suas angústias.

Ver as 3 perguntas sobre Síndrome de Burnout

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Síndrome de Burnout?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Síndrome de Burnout.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.