Síndrome Do Ovário Policístico - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Síndrome Do Ovário Policístico

Os especialistas falam sobre a Síndrome Do Ovário Policístico

Por ser uma doença crônica, sem cura, na Síndrome do Ovário Policístico o tratamento será apenas dos sintomas clínicos e suas consequências. Correção das alterações hormonais, principalmente da elevação androgênios, das alterações metabólicas que causam elevação triglicérides e colesterol, regularização do ciclo menstrual. Estas alterações se não controladas e tratadas adequadamente aumentam o risco para doenças cardiovasculares. Para controlar a produção excessiva de hormônios masculino e regular o ciclo menstrual poderá ser indicado o uso de pílulas anticoncepcionais. A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é uma causa frequente de infertilidade, devido a um estado de anovulação crônica.
Dr. Roberto Buenfil de Faria
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é a doença endócrina mais comum em mulheres em idade fértil, afetando cerca de 10% desse grupo. É caracterizada por uma disfunção na ovulação que leva ao aparecimento de microcistos nos ovários e aumento da produção de testosterona. Esse ambiente hormonal desbalanceado é responsável pelos principais sinais e sintomas, tais como irregularidade menstrual, infertilidade,acne, queda de cabelo, resistência insulínica e aumento de peso principalmente na região abdominal.
Dr. Everaldo Porto Cunha
Dr. Everaldo Porto Cunha Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Bernardo do Campo

A síndrome do ovário policísticos é uma das causas mais frequentes de infertilidade, além de predispor a problemas clínicos, como diabetes, por exemplo. É preciso tratar sempre!
Dra. Renata Maas dos Anjos Saes
Dra. Renata Maas dos Anjos Saes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Florianópolis

Síndrome dos Ovários Policísticos ou simplesmente SOP, é uma série de sinais e sintomas que podem ou não ocorrer concomitantemente, decorrente de uma alteração hormonal que desencadeia uma cascata de alterações no corpo de uma mulher, podendo levar a um quadro de infertilidade. Os principais sintomas são alterações dermatológicas, como acne, oleosidade na pele aumentada, queda e cabelos oleosos, aumento dos pêlos nas mulheres, engrossamento dos pêlos, quadro de pré-diabetes, alterações do ciclo menstrual, com atraso dos ciclos, tudo isso pode culminar com dificuldade para engravidar. Procure sempre um ginecologista de confiança que saberá como manejar essa patologia tão comum.
Dr. Alexandre Kim Sangalan Sasaoka
Dr. Alexandre Kim Sangalan Sasaoka Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Ginecologista

|

São Paulo

A Síndrome dos ovários policísticos (ou SOP) acontece quando a mulher tem dificuldade de ovular. Pode causar dificuldade para engravidar, atrasos na menstruação, excesso de pêlos em locais masculinos, espinhas e também tendência a desenvolver diabetes. Outro problema é aumento do risco de câncer de útero se a mulher ficar muito tempo sem menstruar e sem tratamento. Não existe cura, e a paciente pode ter piora quando engorda muito ou em períodos de stress. Mas há bons tratamentos. Podemos induzir a ovulação para quem quer engravidar. Ou podemos controlar os outros sintomas - com anticoncepcionais, medicamentos para controle hormonal, reduzir acne e pêlos e evitar o surgimento de diabetes.
Prof. Maurilio Batista Palhares Junior
Prof. Maurilio Batista Palhares Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Maringá

Ver mais

Tem perguntas sobre Síndrome Do Ovário Policístico?

Nossos especialistas responderam 159 perguntas sobre Síndrome Do Ovário Policístico.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Ambos podem te ajudar, vai depender do teu objetivo e abordagem que você quer dar ao seu tratamento. Muitas vezes os 2 profissionais trabalham em conjunto. O ginecologista foca mais na questão menstrual e infertilidade, enquanto o endocrinologista vai te ajudar mais no equilíbrio hormonal e sintomas associados.

  • 282
  • 134
  • 476
Ingrid Cruz Hillesheim Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Porto Alegre

Marcar consulta

Olá. A síndrome do ovário policístico é uma síndrome endocrino-metabólica de caráter genético e hereditário. Por si só, a SOP não é a causa da alteração da libido. Outras disfunções hormonais deverão ser investigadas. Alterações psicogenicas, situacionais, estilo de vida, de relacionamento podem estar associadas a alteração da sua libido. Um psicólogo pode lhe ajudar neste sentido. O uso de medicações pode reduzir a libido, inclusive os anticoncepcionais. Se a anticoncepção é uma preocupação, os dois únicos que não alteram a libido são o DIU de cobre e o DIU hormonal. O ginecologista consegue fazer o diagnóstico da sua disfunção sexual. O sexólogo pode lhe ajudar. Converse com o seu médico. Agende uma consulta

  • 4357
  • 1988
  • 3005
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Olá. A síndrome do ovário policístico é um síndrome endócrino-metabólica de caráter hereditário e genético. Cursa com irregularidade menstrual, acne, oleosidade excessiva da pele, excesso de pêlos, excesso de peso, cistos nos ovários, infertilidade, diabetes, aumento do colesterol, etc. O controle da síndrome é baseado na mudança do estilo de vida, perda e controle de peso, atividades físicas e dieta pobre em gordura e carboidratos. O anticoncepcional não trata a síndrome do ovário policístico mas controla os sintomas como irregularidade menstrual, acne, oleosidade excessiva da pele, cistos nos ovários, etc. Quando você parar o anticoncepcional, esses sintomas voltarão. Com o uso da carbamazepina, você não pode usar nenhum anticoncepcional por boca ou via oral e não pode usar anticoncepcionais com etinilestradiol (anel vaginal e adesivo). Existem outros tratamentos como injeção mensal, DIU, implante, etc. As medicações anti-androgênicas podem ser usadas para a pele.

  • 4357
  • 1988
  • 3005
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Olá. Existe uma cirurgia que pode ser realizada no ovário policistico:drilling ovariano. Essa cirurgia visa fazer pequenos furos no ovário visando reduzir as alterações hormonais e favorecer a ovulação. Este procedimento raramente é indicado, isto é, existem tratamentos medicamentosos que tem o mesmo efeito da cirurgia. Este procedimento não deve ser indicado como cirurgia principal, isto é, não se deve fazer uma laparoscopia visando fazer o drilling. É um procedimento cirúrgico secundário, realizado se alguma outra cirurgia for realizada. A síndrome do ovário policistico é síndrome endócrino-metabólica de caráter genético e hereditário. Não tem cura mas controle com mudança do estilo de vida, perda e controle de peso, atividades físicas, dieta pobre em gordura e carboidratos. Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Discuta o seu tratamento.

  • 4357
  • 1988
  • 3005
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ver as 159 perguntas sobre Síndrome Do Ovário Policístico