Taquicardia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Taquicardia

Os especialistas falam sobre a Taquicardia

Ou taquiarritmia, consiste por frequência cardíaca ficar maior que 100 batimentos por minuto e pode ocorrer de forma sustentada, ou intermitente; pode ser fisiológica em situações de estresse, em momentos com febre, ou durante um esforço, mas em caso de sintomas de palpitação, ou cansaço relacionados a frequência elevada é prudente uma avaliação cardiológica para determinar a etiologia da elevação da frequência. Cuide-se!
Dr. Diogo da Luz
Dr. Diogo da Luz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

|

São Paulo

A taquicardia é definida quando os batimentos cardíacos são superiores a 100 por minuto. A taquicardia pode representar uma arritmia. O principal sintoma é a palpitação, mas pode causar dor no peito, falta de ar, tontura ou desmaio. Um eletrocardiograma é importante para analisar se há uma arritmia por trás dessa condição. Muitas vezes será necessário um holter para melhor esclarecimento. São muitas as causas, que vão desde ansiedade, doenças da tireóide, drogas, embolia pulmonar, infarto até mesmo a insuficiência cardíaca. O tratamento pode exigir medicações ou até mesmo abalação do foco da arritmia.
Dr. Thiago Pouso de Oliveira
Dr. Thiago Pouso de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

|

São Paulo

Tem perguntas sobre Taquicardia?

Nossos especialistas responderam 50 perguntas sobre Taquicardia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá, quanto ao quadro que você relata, a questão não seria a gravidade e sim quanto de incômodo que ele trás a você. Como avaliação inicial o mais adequado seria iniciar uma avaliação clínica e cardiológica para desacatar qualquer hipótese desta natureza. Descartado estas origens, seria interessante marcar uma avaliação com o psiquiatra para um adequado manejo.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 13
  • 4
  • 7
Dr. Edir Corrêa de Araújo Filho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São Paulo

Marcar consulta

A taquicardia pode ainda ser sintoma do quadro de TAG em tratamento iniciado há um mês ou efeito adverso (pouco comum) do uso de escitalopram (Lexapro). Sugiro conversar com o seu médico assistente. Melhoras!

  • 27
  • 29
  • 270
Dr. Paulo Nilton Moura Silveira Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Montes Claros

Marcar consulta

Sim, pode. A sensação de taquicardia nem sempre corresponde a uma arritmia. Um quadro de ansiedade pode provocar sensação de "agitação interna" ou "batedeira". Alçgumas vezes porém as arrimtias não aparecem no holter de 24h necessitando de uma monitorização mais prolongada como um holter de 7 dias ou monitor de eventos. Seria interessante realizar um ecocardiograma pois muitas vezes essa sensação pode dever-se a alguma alteração valvar como o prolapso mitral.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 12
  • 6
  • 18
Dra. Ana Catarina Periotto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

São José dos Campos

Marcar consulta

Olá. Essa correlação entre a tosse e taquicardia não é comum. Converse com seu médico para detalhar melhor os seu sintomas associados à tosse.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 95
  • 87
  • 85
Alexandre de Loyola e Silva Avellar Fonseca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Curitiba

Marcar consulta

Ver as 50 perguntas sobre Taquicardia