Tem algo que eu possa fazer para melhorar minha atenção sem usar reméd...

A terapia comportamental tem mostrado ótimos resultados sobre o controle de impulsos e desatenção, seja em conjunto com a medicação receitada ou isoladamente. É delicado passar as orientações corretas sem conhecer melhor o seu caso, mas de forma genéria posso dizer que o TDAH é tratado com psicoterapia em consultório, onde se fazem avaliações, treino de técnicas e habilidades que serão colocadas em prática no dia a dia. Complementa esse trabalho uma série de práticas diárias voltadas às suas necessidades, como roteiros, planos de ações e exercícios para momentos e situações específicas. O TDAH também costuma estar associado a ansiedade, que é outro fator clínico abordado dentro da terapia. Em resumo, é criado um programa personalizado a cada caso para que se treinem comportamentos que resultarão na redução de frequência e intensidade dos sintomas do TDAH, estabelecendo mudanças graduais e efetivas a longo prazo (ao contrário da medicação, que tem efeitos rápidos, mas limitados).

Antes de qualquer intervenção precisa-se saber se você tem informações sobre o diagnóstico de TDAH e quais as consequências se não tratar. Se está disposto(a) mesmo a investir em você. Quando falo em investir, falo em tempo e determinação, limites para se conseguir resultados. Você relatou que já tem o diagnóstico e este transtorno lhe traz sofrimento e prejuízos que atrapalham em seu desenvolvimento. Desta maneira, é necessário saber as possibilidades de tratamento e buscá-las. Há o tratamento medicamentoso no entanto, só a medicação não é o ideal. Seria um "mix" conforme o nível e grau de transtorno; medicamento e psicoterapia. Pode-se tentar iniciar pela conduta psicoterápica cognitiva comportamental ou uma reabilitação cognitiva a partir de uma avaliação neuropsicológica que mensura o déficit de atenção e ansiedade para focar num plano terapêutico. No entanto, necessita-se de uma avaliação de um profissional para melhor orientação. Atenciosamente,

Pesquisa recentes comprovam que o treino de atenção pelo APT (treino de atenção) remediam déficits cognitivos e auxilia o indivíduo a utilizar efetivamente estratégias compensatórias no desempenho de tarefas da vida diária.
De modo geral o protocolo é composto por uso de medicação, técnicas psicoterápicas e reabilitação neuropsicológica Atenciosamente, Aline M.S. de Coster.

A terapia cognitiva comportamental é psicoterapia de primeira linha para o transtorno. Já a hipnoterapia funciona como coadjuvante ao tratamento, ela por si não se faz tratamento completo para TDAH. Saiba que pode contar comigo!

Os critérios diagnóstico de TDAH foram revistos recentemente, e há novidades também nas abordagens recomendadas. Técnicas para desenvolvimento da concentração e memória, bem como para controle da ansiedade e gestão do tempo e das atividades certamente serão de grande utilidade. Mas fundamental mesmo é o processo terapêutico: o quanto você deseja esse vestibular? Está certo dessa carreira?

Olá. para seu caso tambem seria recomendado acompanhamento com um psicólogo para trabalhar questões emocionais e ansiedade.

Sem dúvida alguma o acompanhamento psicológico, é indicado e se necessário o uso de medicamentos também.Porém é necessário uma avaliação para detectar o que melhor se adequará a você .Lembrando que, em alguns casos a medicação não é necessária.

A Terapia Cognitiva Comportamental por si só é muito eficaz para o tratamento do TDAH, porem, em alguns casos é necessário o uso de medicação, pois esse transtorno pode estar associado a outros problemas. Mas é importante a avaliação de um psicólogo, para verificar caso a caso, pois ele é o profissional que trabalha de forma ampla toda dificuldade enfrentada no dia a dia por uma pessoa com TDAH, como dificuldade de concentração, inquietação, desorganização e todos os sentimentos que esses sintomas causam.

Ver as 219 perguntas sobre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)?

Nossos especialistas responderam 219 perguntas sobre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.