a uns três meses atrás começou um medo em mim fora do normal. Tenho me...

Prezado paciente, você está sofrendo. Antes de tudo é isso o que está acontecendo. Algo ocorreu de muito intenso que desencadeou esse medo fora do normal e a persecutoriedade que relata. Você não conseguirá controlar seus pensamentos dessa forma como que está tentando. Esse tipo de tentativa será em vão. O mais indicado é que procure ajuda de um psicólogo e/ou um psiquiatra urgente. Esses pensamentos são involuntários, não dependem de você, e tendem a aumentar com o passar do tempo caso o motivo desencadeante não seja tratado com o devido cuidado. Um bom processo psicoterápico lhe ajudará a restabelecer o curso normal de sua vida. Portanto, não busque apenas um auxilio medicamentoso, pois ele ajudará na redução dos sintomas mas não atingirá a causa do que te faz sofrer. Estou a disposição para o que precisar. Abraços!

Olá,
Os sintomas que você descreve, apesar de demonstrarem parte do seu sofrimento não são suficientes para caracterizar um síndrome ou dar um diagnóstico. Patologias diversas - de ansiosas a psicóticas - podem se apresentar dessa maneira. A depender de sua idade, sua história pessoal e outros sintomas associados que uma boa entrevista clínica pode encontrar, um diagnóstico poderá ser feito e um tratamento definido. Marque uma consulta com Profissional da Saúde Mental para que possa receber ajuda adequada.
Grande abraço!

Seria importante você procurar um profissional para entender o que desencadeou esses pensamentos persecutórios. Vejo que eles estão te trazendo sofrimento e em alguns casos podem até trazer prejuízos às suas rotinas, pois embora tenta controlá-los, não esta tendo muito sucesso. Acredito que o mais adequado seja buscar uma ajuda, com Psicólogo ou Psiquiatra.

Boa sorte

Como os colegas disseram, não é possível fornecer um diagnóstico online. É fundamental que consulte um especialista seja ele psicólogo ou psiquiatra. Para os sintomas descritos por você, a Terapia Cognitivo-Comportamental é a mais indicada. Vejo que atravessa um grande sofrimento e tenho observado resultados muito positivos com as terapias cognitivas, especialmente com o advento de técnicas de mindfulness. Espero ter ajudado. Um forte abraço!

Olá,
A conduta mais correta é procurar um profissional para que este possa fazer um diagnóstico corretamente. O psicólogo (cognitivo comportamental) irá fazer o levantamento dos sintomas e se necessário poderá encaminhar para um psiquiatra.

À disposição.

Não se pode fazer um diagnóstico apenas com as informações que você passou, o processo diagnóstico é mais complexo. Posso te ajudar sugerindo um tratamento para o que você descreveu. Nesse caso, acho importante que você busque um tratamento psiquiátrico juntamente com um psicológico. Devido aos sintomas que você descreveu e o nível de sofrimento que você me passou em seu pequeno texto, acho importante uma intervenção interdisciplinar, profissionais que trabalhem em conjunto. O psiquiatra vai avaliar como pode te ajudar. Minha área é a psicologia, e sei que a terapia pode te ajudar muito trabalhando suas questões emocionais que estão no fundo desses pensamentos, da sensação de perseguição e desse sentimento de medo constante. O trabalho emocional vai te ajudar a elaborar essas questões e aliviar o seu sofrimento.

Pois bem, o diagnóstico não pode ser dado online. É necessário a sua presença com o psiquiatra e psicólogo. No entanto, mesmo como o diagnóstico em mãos sugiro procurar também um psicólogo da abordagem EMDR que tem apresentado resultados excelentes com todos os problemas psicológicos e transtornos. Essa terapia proporciona a melhora significativa de todos esses quadros. Ultimamente as pesquisas avançam em doenças mais sérias, como esquizofrenia e bipolaridade. Em ambas doenças tem reduzido o uso da medicação e melhorado todos os sintomas. Seu problema tem solução. Não desista. Quiser pesquisa mais sobre EMDR no site "EMDR Brasil". Abraço

Olá. Tentar controlar os pensamentos é um caminho, mas fica difícil se você não compreender os motivos e o que desencadeia estas sensações ruins. Algo que faz parte da sua experiencia de vida está influenciando. Ideal que você procure ajuda para auxilia-lo neste processo. Tente e retome sua vida saudável, para ser feliz

É preciso que você vá a um psicólogo para entender o surgimento desse medo, pois com certeza ele veio por alguma razão. A partir disso, iniciar o processo psicoterapêutico. Infelizmente não tenho como te dizer o que aconteceu com você por esse pequeno relato. É preciso uma avaliação pessoal com bastante calma. Procure um psicólogo, ele vai poder te ajudar! Abraços

Olá! Para compreender esse medo, procure um Psicólogo para entender tais causas. Este profissional o ajuda-rá a entender quais os pensamentos que estão provocando esta emoção( medo). Tente procurar imediatamente para ter uma vida mais saudável. Grande Abraço.

Olá. A análise o ajudará a descobrir o que está por trás dessas sensações involuntárias e invasivas. Procure um profissional. Bloquear esses pensamentos só trará mais danos psicológicos e inúmeros sintomas. O processo analítico investigará o inconsciente e os materiais manifestos, produzindo associações que beneficiará na condução a partir de uma organização de sentido.Abraços

Olá, a psicanálise pode ajudá-lo! Procure um bom profissional o mais rapido possivel.Talvez vc nem precise recorrer aos medicamentos. Freud falou desses sintomas em um de seus muitos trabalhos publicados " o mal estar da civilização".São os impactos
dos laços socias sobre o sujeito. Se permita a uma boa analise!Tenho certeza que vc obterá soluções e também, muitos ganhos. Abraço e sucesso.

Estou de acordo com a colega, é necessário procurar um especialista porque o que está sentindo pode ser transtorno de pânico e é urgente tratar.
abraços

O reconhecimento das suas preocupações estarem além do normal indicam a necessidade de uma avaliação. Delírios de perseguição podem indicar alguns diagnósticos, oriento que busque auxilio de um profissional, também é importante falar disso com algum familiar para obter apoio e orientação.

Prezado,
O que descreve como sintomas não é suficiente para firmar um diagnóstico, porém posso afirmar que tais sintomas pode ter desencadeado por alguma situação vivida em sua vida, mas é extremamente importante fazer uma anamnese detalhada para melhor orientação.
Busque ajuda, não deixe que este sofrimento intensifique.
Espero ter ajudado.
Maria Tanea.

Concordo com os profissionais acima e entendo que pelo relato torna-se difícil fechar um diagnóstico. É preciso saber outras informações de quando isso começou, se foi a primeira vez, o conteúdo desses pensamentos, a frequencia com que isso ocorre, acontece quando vc está sozinho ou acompanhado, enfim varias informações que são uteis para saber o que ocorre com você. Procure ajuda profissional e também medicamentosa para ajudar a entender esse momento e caso precise de remédios para reduzir os sintomas.

Prezado, algum acontecimento ou pensamento, que pode ter sido importante, ou mesmo aparentemente sem importância, fez aparecer este seu medo e culpa mesmo que involuntários. Algo "saiu", digamos assim, de seus pensamentos mais profundos, e se manifestou desta maneira. Apesar de assustador, isto lhe dá a oportunidade de buscar ajuda clínica com um psicólogo ou psicanalista e enfrentar esta situação, e com esforço e dedicação poderá certamente sair dela melhor e mais forte para a vida.
Abraço.

Como todos os colegas falaram não será sozinho ou nomeado por um diagnóstico que solucionará o que está acontecendo com você. Precisa de um profissional para iniciar um tratamento.

Olá! Primeiramente, seria irresponsabilidade de nossa parte tentar fechar um diagnóstico apenas com esses dados. Nesse caso, é importante analisar uma série de questões como: em quais situações esse medo exacerbado ocorre? com que frequência acontece? envolve outros tipos de sintomas? quanto tempo dura? passou por alguma situação traumática nos últimos tempos? dentre outros fatores. O mais indicado é passar por uma avaliação com um psicólogo de confiança. Em alguns casos pode ser necessário um acompanhamento psiquiátrico associado à psicoterapia, mas só uma avaliação detalhada poderá indicar o melhor caminho para o seu caso. Grande abraço!

Ver as 78 perguntas sobre Transtorno De Pânico

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Transtorno De Pânico?

Nossos especialistas responderam 78 perguntas sobre Transtorno De Pânico.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.